Atualizado em 20 de dezembro de 2020

Terra de montanhas, trilhas, lagos magníficos, animais selvagens e geleiras, a Patagônia Argentina é uma das regiões mais emblemáticas da América do Sul.

Cercada de ecoturismo, beleza natural, gastronomia impecável e cidades charmosas, certamente não faltam atrativos em uma viagem pela Patagônia. E nós, apaixonados que somos por esse pedacinho da América Latina, vamos te dizer tudo o que fazer na Patagônia Argentina para você se apaixonar também.

Principais cidades para você visitar em uma viagem para a Patagônia Argentina

Quando falamos em Patagônia Argentina as cidades mais clássicas como Ushuaia, El Calafate e El Chaltén vêm logo à cabeça. Esse é um dos roteiros mais percorridos na região.

Espere encontrar paisagens inóspitas, trilhas e travessias desafiadoras, geleiras famosas mundo afora e os tão fofinhos Pinguins de Magalhães.

Ainda em uma perspectiva mais selvagem, Puerto Madryn, Trelew e a Península Valdes oferecem a oportunidade única de apreciar a vida marinha em seu habitat natural.

Há também Bariloche, San Martín de Los Andes, Villa La Angostura, Esquel e El Bolsón. E apesar delas serem muito procuradas para o esqui, também fazem parte da Patagônia Argentina. Então, além das atividades de neve, essas cidades são perfeitas para o ecoturismo.

Isla Victoria em Bariloche, na Patagônia Argentina
Isla Victoria em Bariloche, na Patagônia Argentina

Verão ou inverno? Quando visitar a Patagônia Argentina

Escolher quando visitar a região depende muito do que você está buscando na sua viagem à Patagônia Argentina.

Durante o verão, de novembro a março, é a melhor época para fazer as trilhas e aproveitar os lagos. Nós visitamos San Martin de Los Andes e Bariloche no verão e adoramos. No entanto, o auge do turismo nessas cidades é durante o inverno. Nessa época há bastante neve e as pistas de esqui lotam de pessoas em busca de aventura.

Por outro lado, a alta temporada em Ushuaia e El Calafate é no verão. Nesses meses a neve já está indo embora e as trilhas ficam perfeitas. Você pode caminhar em geleiras e os pinguins também dão as caras. Porém, nós estivemos em Ushuaia no inverno e amamos! Fizemos vários passeios e ainda aproveitamos a neve em Ushuaia.

Ou seja, as estações do ano na Patagônia acompanham as nossas aqui do Brasil. Mas de qualquer forma, há muito o que fazer na Patagônia Argentina no verão ou no inverno.

Ushuaia durante o inverno da Patagônia Argentina
Ushuaia durante o inverno da Patagônia Argentina

O que fazer na Patagônia Argentina: melhores passeios e atrações na região

Uma viagem para a Patagônia Argentina te apresenta um mundo de possibilidades. São tantas atividades e lugares incríveis que fica até difícil listar tudo em um post só.

Mas fizemos a nossa listinha de melhores passeios na Patagônia Argentina para te ajudar a já sonhar com aquele roteiro especial. Ah, e todos os passeios que fizemos com agência foram feitos com a Brasileiros em Ushuaia. Então, fica aqui o desconto que eles oferecem para os nossos leitores. =)

TODOS OS LEITORES DO CARIOCA SEM FRONTEIRAS TÊM 5% DE DESCONTO EM QUALQUER PASSEIO COM A BRASILEIROS EM USHUAIA E PARCELAMENTO EM ATÉ 12X NO CARTÃO, BASTA DIGITAR O NOSSO CUPOM NA HORA DA COMPRA.

CUPOM: CARIOCASEMFRONTEIRAS
PEGUE AQUI O SEU DESCONTO!

1 – Navegação pelo Canal de Beagle e Farol del Fin del Mundo

Um dos passeios mais famosos em Ushuaia é também a nossa primeira dica do que fazer na Patagônia Argentina.

A Navegação pelo Canal de Beagle te levará pelos mares do Fim do Mundo. Ou melhor, pelos mares de Ushuaia. Você poderá ver lobos marinhos, diversas espécies de aves e o Farol del Fin del Mundo. Além do mais, dependendo da época do ano, você também poderá observar os Pinguins de Magalhães.

Farol del Fin del Mundo no Canal de Beagle
Farol del Fin del Mundo no Canal de Beagle

2 – Glaciar Perito Moreno

Cenário impactante, o Glaciar Perito Moreno é um dos maiores do mundo. Além disso, ele também é uma das maiores reservas de água doce do nosso planeta.

Você pode apreciar toda a imponência dos seus 60 metros de altura e 5 km de extensão do alto das passarelas do Parque Nacional dos Glaciares, em El Calafate. Mas te garanto que o melhor mesmo é ver tudo bem de pertinho. Você pode fazer o trekking no Glaciar Perito Moreno e ter a experiência única de caminhar sobre uma geleira.

Glaciar Perito Moreno
Glaciar Perito Moreno

3 – Lago Nahuel Huapi e Isla Victoria

O maior e principal lago de Bariloche também é um dos grandes atrativos da Patagônia Argentina. Que tal aproveitar as suas praias ou se meter em um barco e fazer algum passeio? Um dos passeios de barco mais procurados no Lago Nahuel Huapi é para a Isla Victoria e para o Bosque de Arrayanes.

A Isla Victoria é a maior ilha do lago. Ela é cheia de trilhas, praias azul turquesa e uma área de preservação arqueológica. Já o Bosque de Arrayanes abriga uma imensidão de árvores Arrayan que só existe em forma arbórea na Patagônia Argentina. Dizem por aí que a Disney se inspirou nesse bosque para criar o filme Bambi.

Isla Victoria na Patagônia Argetina
Isla Victoria

4 – Rota dos 7 Lagos

Uma das estradas mais cinematográficas da Argentina revela uma paisagem que garante mais do que os sete lagos de seu nome. Localizada entre Villa La Angostura e San Martin de Los Andes, a Rota dos 7 Lagos é daquele tipo passeio que merece ser feito com calma. Suas atrações se dividem entre lagos cristalinos, cachoeira e montanhas perfeitas.

Lago Espejo na Rota dos 7 Lagos
Lago Espejo na Rota dos 7 Lagos

5 – Laguna de Los Tres e Fitz Roy

Presente em praticamente todas as listas sobre o que fazer na Patagônia Argentina, o trekking até a Laguna de Los Tres e base do Monte Fitz Roy é uma grande atração que você verá em El Chaltén.

A trilha é bem longa! Mas os 25 km de caminhada garantem um cenário icônico. Não é à toa que a vista estampa diversos cartões postais.

Laguna de Los Tres e Monte Fitz Roy (Foto: Brasileiros em Ushuaia)

6 – Lago Fagnano e Lago Escondido 

Duas joias, o Lago Fagnano e o Lago Escondido são os mais famosos de Ushuaia. Um passeio até eles ainda te dará a oportunidade de conhecer mirantes espetaculares. Entre eles, o Valle Carbajal, que há anos já foi um pequeno glaciar, e o Paso Garibaldi com sua vista que até hoje nos arranca suspiros.

Além disso, na modalidade off-road desse passeio você pode conhecer uma castoreira e ver mais de perto esses animaizinhos que não são nada comuns para nós.

Mirante para os lagos Fagnano e Escondido na Patagônia Argentina
Mirante para os lagos Fagnano e Escondido

7 – Circuito Chico

O Circuito Chico é um tradicional tour em Bariloche. De um jeito simples e belo esse passeio consegue mostrar de forma autêntica um pouco das belezas da Patagônia Argentina.

A cereja do bolo fica por conta do Cerro Campanário. O seu visual é digno de documentário de ecoturismo. Lindo de verdade!

Cerro Campanario no Circuito Chico
Cerro Campanario no Circuito Chico

8 – Laguna Torre

El Chaltén não é chamada de Capital Argentina do Trekking à toa. Além da trilha para a Laguna de Los Tres, há várias outras na pequena cidade. A trilha para a Laguna Torre é uma delas e merece um destaque.

Aos pés do Cerro Torre, a Laguna Torre também é uma representante e tanto da Patagônia Argentina. E se você a visitar em um dia de céu aberto, poderá ver o espelho perfeito das montanhas em suas águas.

Laguna Torre (Foto: Brasileiros em Ushuaia)

9 – Puerto Pirâmides e Baleias

Assim como muitos pesquisadores vão até a Patagônia em busca de vida selvagem, turistas também procuram a região pelo mesmo motivo. Por isso, uma das maiores dicas do que fazer na Patagônia Argentina é conhecer sua abundante vida marinha na forma mais natural que existe.

A cidade de Puerto Madryn é um ponto de partida perfeito para fazer passeios até Puerto Pirâmides. Por lá você pode avistar baleias, corvos, elefantes e leões marinhos, além dos Pinguins de Magalhães.

Baleias na Patagônia Argentina (Foto: Brasileiros em Ushuaia)

10 – Tour gastronômico

A gastronomia patagônica é impecável. Então, jamais poderíamos encerrar essa lista sobre o que fazer na Patagônia sem citar alguns itens marcantes dessa culinária. Aliás, já adiantamos que provavelmente você terminará a sua viagem com alguns quilos a mais.

Não deixe de provar os deliciosos cordeiros patagônicos, os frutos do mar como centollas, os clamados chocolates e os pratos quentes típicos como cazuelas. Ah, e não se esqueça das taças de vinho! Além disso, as cervejas artesanais também são bem presentes em toda a Patagônia Argentina.

LEIA MAIS:

– Onde comer em Ushuaia: dicas de restaurantes na cidade

– Veja dicas de onde comer em El Calafate

– Conheça a Cervejaria Patagônia em Bariloche

– Confira as melhores comidas típicas da Argentina

Como montar o seu roteiro pela Patagônia Argentina

Montar um roteiro pela Patagônia Argentina não é fácil. Afinal, são várias cidades para você conhecer e a distância entre elas não é das mais curtas.

Em muitos casos será praticamente impossível conhecer tudo em uma viagem só. Quer dizer, a não ser que você fique pouquíssimo tempo em cada lugar. Mas nós não recomendamos isso porque você vai acabar não aproveitando bem a viagem.

Então, a melhor forma de montar o seu roteiro é priorizar as cidades que se encontram mais próximas uma da outra, de acordo com os passeios que são essenciais para você. No entanto, leve em consideração que talvez seja necessário se deslocar entre elas de avião.

Algumas sugestões de roteiro na Patagônia Argentina

  • Ushuaia + El Calafate + El Chaltén: para quem quer trilhas, geleiras e lagos
  • Bariloche + Villa La Angostura + San Martin de Los Andes: para quem quer lagos, cidades charmosas e esqui
  • Trelew + Puerto Madryn + Península Valdes: para quem quer ver vida selvagem e muitos animais marinhos
  • Bariloche + Esquel + Puerto Madryn: para quem quer unir esqui, cidades charmosas e vida selvagem

Preciso de seguro viagem internacional em uma viagem para a Patagônia Argentina?

O seguro viagem internacional não é obrigatório para entrar na Argentina. Mas para nós, ele é indispensável em uma viagem para a Patagônia Argentina.

Se você pretende fazer trilhas, esportes radicais ou até mesmo brincar na neve, o seguro te dará assistência e cobertura caso você precise de atendimento médico emergencial. E, acredite, imprevistos acontecem. Mas ninguém quer estragar a viagem correndo atrás de médico ou tendo gastos alarmantes com hospitais e exames, certo? Ainda mais em locais mais afastados como a Patagônia. Ou seja, é melhor não correr o risco.

Sempre indicamos e fechamos os nossos com a Real Seguros. Eles trabalham com ótimas seguradoras e você compra o seu seguro online, de forma bem fácil. Além disso, todos os nossos leitores têm descontos no site.

Pegue aqui o seu desconto de seguro viagem e parcele em até 12x no cartão de crédito =)

SIGA AS NOSSAS REDES SOCIAIS E NOS ACOMPANHE EM TEMPO REAL =)
Instagram: @cariocasemfronteiras
Facebook: /cariocasemfronteiras

Autor

Carioca de nascimento. Educadora Física de profissão. Viajante de coração. Apaixonada pelas coisas simples da vida e intrigada pelas complexas. Costuma dizer que adora um sol, mas não dispensa os dias nublados.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.