Atualizado em 17 de junho de 2020

Das tantas belezas que a Patagônia tem, Ushuaia é uma delas. A cidade tem cerca de 56 mil habitantes e o apelido de Fim do Mundo é mais do que merecido. Afinal, a capital da Província do Fogo fica bem na pontinha do continente sul-americano. Aliás, por ser considerada a localização mais austral do planeta, ela também é o ponto de partida para a maioria das expedições rumo ao deserto de gelo da Antártida. Mas a verdade é que diante de tantos títulos não falta o que fazer em Ushuaia e as opções são tantas que vão desde aproveitar a boa gastronomia até se aventurar em trilhas com cenários de natureza intocada

Valle Carbajal Ushuaia
Valle Carbajal, um dos mirantes pelas estradas de Ushuaia

Onde fica Ushuaia e como chegar na cidade

Localizada à beira do Canal de Beagle, Ushuaia é uma cidade portuária da Patagônia Argentina, sendo um dos lugares mais visitados da região. Cerca de 3h30min de avião separam Ushuaia de Buenos Aires e essa é uma das formais mais fáceis e rápidas de chegar na cidade. Como não há voos diretos saindo do Brasil, a escala na capital argentina é obrigatória e as duas companhias aéreas que operam essa rota atualmente são Aerolíneas Argentinas e Latam.

Avenida Costanera em Ushuaia
Orla do porto de Ushuaia

Embora seja um trajeto mais lento, também é possível chegar em Ushuaia de ônibus ou com carro alugado. Aliás, dizem ser uma viagem incrível para quem tem mais tempo disponível – ou quiçá para quem pretende economizar através de caronas e ônibus noturno. Já dentro da cidade, como ela é pequena, você pode fazer tudo a pé ou então utilizar os serviços de táxi, remis e transporte público. Aqui você pode conferir como chegar em Ushuaia e como se locomover pela cidade.

Ushuaia vista de cima
Ushuaia vista da janelinha do avião

Há ainda os cruzeiros, que apesar de não serem opções baratas e difundidas, não deixam de ser uma forma de chegar em Ushuaia. Inclusive, alguns navios fazem o percurso até a Antártida. As duas empresas indicadas são Australis e Norwegian Star. A Silversea também opera algumas rotas marítimas, porém, os valores são bem mais altos já que a empresa se designa ultra-luxo.

Quando ir para Ushuaia

Embora o clima de Ushuaia seja sempre ameno, a cidade pode ser visitada o ano todo e tem atrações para todas as estações. Durante o verão os dias são mais longos e a temperatura varia entre 5º e 15º. É a melhor época para quem pretende fazer trekkings mais intensos e ver de perto os pinguins.

Pinguineira
Pinguins na Estância Haberton (Crédito: Brasileiros em Uhsuaia – www.brasileirosemushuaia.com.br)

Por outro lado, durante o inverno os dias são mais curtos e a temperatura por vezes é negativa, variando entre -1º e 6º. Essa é a melhor época para quem pretende praticar esportes de neve e conhecer os centros invernais.

Aliás, Ushuaia possui a temporada de esqui mais longa do continente, se estendendo até início de Outubro. De qualquer forma, mesmo durante o período mais frio do ano é possível fazer os principais passeios da cidade, incluindo alguns trekkings. Nós fomos em pleno inverno e adoramos, só não vimos os pinguins! Rs

Tierra Mayor Ushuaia
Nosso boneco de neve chamado John Snow feito no Centro Invernal Tierra Mayor

VEJA TAMBÉM:
– Roteiro em Ushuaia no inverno
– Restaurantes em Ushuaia: onde comer na cidade
– O que vestir durante o inverno na Patagônia, a época mais fria na região

Quantos dias ficar em Ushuaia

Antes de decidir o que fazer em Ushuaia é necessário primeiro definir quanto dias ficar na cidade. Para fazer os passeios principais, o ideal é ficar pelo menos 4 dias inteiros. No entanto, se além dos passeios você também pretende esquiar, seria interessante adicionar mais alguns dias ao roteiro para fazer tudo com calma. Nós ficamos 7 dias pois reservamos 2 dias apenas para o snowboard e achamos que valeu a pena. Conseguimos fazer os passeios principais e ainda visitamos museus e alguns pontos interessantes da cidade.

TODOS OS LEITORES DO CARIOCA SEM FRONTEIRAS TÊM 5% DE DESCONTO EM QUALQUER PASSEIO COM A BRASILEIROS EM USHUAIA E PARCELAMENTO EM ATÉ 12X NO CARTÃO, BASTA DIGITAR O NOSSO CUPOM.

CUPOM: CARIOCASEMFRONTEIRAS
PEGUE AQUI O SEU DESCONTO!

Hospedagem em Ushuaia

Como Ushuaia é relativamente pequena, a maioria das hospedagens se encontram no centro, nos arredores das ruas Avenida San Martin e Avenida Maipu, as principais da cidade. No entanto, os preços nessa região podem não ser tão atrativos, mas há alguns locais com um bom custo x benefício, como o Los Naranjos e o Hostel Yakush, por exemplo.

Uma opção a considerar é sair um pouquinho – só um pouquinho mesmo – desse entorno caso você queira economizar. Foi o que nós fizemos e não nos arrependemos. Ficamos na Posada del Fin del Mundo, distante cerca de 15 à 20 minutos de caminhada da Avenida San Martin. A pousada é simples, mas muito aconchegante. Ela fica em uma pequena ladeira, pouquíssimo íngreme, e a caminhada até o centro era sempre muito tranquila. Além disso, como a maioria das agências de turismo pegam e deixam de volta no hotel, só nos deslocávamos a noite, quando íamos jantar.

Vale ressaltar que Ushuaia é uma cidade segura, então não há problemas em andar por suas ruas de noite. No nosso artigo sobre onde ficar em Ushuaia você pode ler mais dicas de pousadas, hostels e hotéis, inclusive de luxo. Além disso, também há vários apartamentos disponíveis para aluguel através do Airbnb. Aliás, através desse link nós te damos até 179 reais de desconto na sua primeira reserva pela plataforma

O que fazer em Ushuaia: principais passeios

Navegação pelo Canal de Beagle

A Navegação pelo Canal de Beagle é um dos passeios mais tradicionais em Ushuaia, além de ser um dos mais versáteis. Como ele pode ser feito tanto no turno da manhã como no da tarde, é fácil de encaixar na maioria dos roteiros. O trajeto mais comum passa pela Isla de Los Lobos, Isla de Los Pasajos, Isla Bridge e pelo Farol del Fin del Mundo. Durante o verão ainda é possível combiná-lo com a Isla Martillo e caminhar entre os pinguins. Nós fizemos a Navegação pelo Canal de Beagle na parte da manhã e contamos nossa experiência nesse post aqui.

Farol del Fin del Mundo em Ushuaia
Navegação pelo Canal de Beagle, uma ótima dica do que fazer em Ushuaia

Parque Nacional Tierra del Fuego

O Parque Nacional da Terra do Fogo é um dos mais importantes da região e oferece muitas trilhas, lagos e paisagens naturais fantásticas. Durante o verão é possível percorrer a Senda Costera, uma trilha de 8 km que se inicia na Bahía Enseada, onde se encontra o famoso Correio do Fim do Mundo, e se encerra no Lago Roca.

Por outro lado, durante o inverno é possível percorrer algumas trilhas menores, curtir o parque todo branquinho e conhecer alguns de seus pontos separadamente. Além disso, é possível combinar esse passeio com uma voltinha no Tren del Fin del Mundo, o histórico trem que que levava os presos do antigo presídio de Ushuaia para cortar lenha no parque. Você pode ler o relato sobre a nossa visita ao Parque Nacional da Terra do Fogo durante o inverno aqui.

Tren del Fin del Mundo
Tren del Fin del Mundo no Parque Nacional Tierra del Fuego

Glaciar Martial

Localizado no Cerro Martial, o Glaciar Martial é uma das geleiras eternas mais visitadas em Ushuaia, principalmente por ser uma das que possuem o acesso mais fácil. Distante cerca de 7 km do centro da cidade, você pode chegar até o Cerro Martial de táxi ou remis. A partir de sua base você pode escolher entre pegar o teleférico ou seguir por uma trilha até o Glaciar Martial, que apesar de ser um pouco íngreme, dizem valer muito a pena.

Nós estivemos no Glaciar Martial em pleno inverno e justamente no período em que o teleférico não estava funcionando. Como havia muita neve, não quisemos fazer a trilha e aproveitamos para curtir a sua base. Aliás, há uma pista de esqui gratuita no local, onde você só paga pelo aluguel dos equipamentos ou pelas aulas particulares. Nós explicamos melhor no artigo sobre onde curtir a neve em Ushuaia. Ah! Não posso esquecer de falar que o Glaciar Martial é casa do charmoso hotel Cumbres del Martial e de uma casa de chá pra lá de aconchegante.

Glaciar Martial
Snow no Glaciar Martial

Off road pelos Lagos Fagnano e Escondido

Conhecer os Lagos Fagnano e Escondido é outra dica imperdível do que fazer em Ushuaia. Para tal, existem os passeios mais básicos, que te levam diretamente aos lagos com paradas em alguns mirantes pelo caminho, e existe também um mais completo e um pouquinho mais radical, que é feito através de um veículo 4×4.

Off road em Ushuaia
Off Road pelos lagos em Ushuaia

Nós fizemos a versão 4×4 e embora não seja tão baratinha, recomendamos demais. Além de passar por lugares incríveis e até mesmo dentro dos lagos, o passeio se encerra com um belo de um lanche em uma cabana na beira do Lago Fagnano. Contamos a nossa experiência no Off road pelos Lagos Fagnano e Escondido nesse post aqui.

Laguna Esmeralda

Ainda na nossa lista do que fazer em Ushuaia, a Laguna Esmeralda não pode ficar de fora. Afinal, esse é um dos trekkings mais procurados na cidade. Completamente dentro das montanhas e com suas águas verdes, a laguna é uma atração imperdível tanto no verão como no inverno. A única diferença é que na época mais fria do ano ela fica completamente congelada e você pode até mesmo andar sobre suas águas. Nós ficamos com preguiça de fazer essa trilha – o que nos gera um grande arrependimento até hoje -, mas os nossos amigos do Casalventura fizeram o trekking da Laguna Esmeralda e contaram a experiência aqui.

Laguna Esmeralda (Créditos: Brasileiros em Ushuaia)

DICA ESPERTA:
Para quem terá pouco tempo na cidade é possível fazer um passeio chamado MEGA TOUR que engloba o Parque Nacional, o Glaciar Martial e o Ice Bar da cidade. Esse tour pode ser feito tanto no INVERNO, como no VERÃO.

O que fazer em Ushuaia: passeios extras caso você tenha mais tempo (e uma folguinha no orçamento)

Cerro Castor

O Cerro Castor é a principal estação de esqui de Ushuaia e por isso, se você pretende visitar a cidade durante o inverno, vale a pena conhecer todo o complexo e se aventurar no esqui ou snowboard. Ao contrário da pista de esqui do Glaciar Martial, aqui é necessário pagar um passe para esquiar. No site oficial você pode consultar os valores atualizados

Cerro Castor (Créditos: www.cerrocastor.com)

Centro Invernal Tierra Mayor

Ushuaia conta com diversos centros invernais onde você pode ter um dia inteirinho de muita diversão. A maioria deles oferece moto de neve, quadriciclos, raquetes de neve para caminhadas, trenós, esqui cross country e mais. Dentre tantos, indicamos o Tierra Mayor porque foi o único que nós visitamos. Por lá andamos de moto de neve e almoçamos um dos cordeiros patagônicos mais gostosos da viagem. Contamos como foi conhecer o centro invernal Tierra Mayor nesse post aqui. Vale ressaltar que diversas empresas oferecem esse passeio e suas variações, Inclusive, algumas oferecem até mesmo opções noturnas desse tour.

Centro Invernal Tierra Mayor
Moto de neve no Tierra Mayor

Passeio de helicóptero

O passeio de helicóptero em Ushuaia é um dos mais caros na cidade – senão o mais caro, na verdade. Há vários tipos de sobrevoos, porém o mais indicado é um que pousa no meio dos Andes com a direito a um brinde de espumante. Nós não fizemos o sobrevoo, mas todo mundo que faz diz que vale cada centavo. Bom, quem sabe quando tivermos alguns centavos a mais? Rs

Créditos: Brasileiros em Ushuaia – www.brasileirosemushuaia.com.br

O que fazer em Ushuaia: centro da cidade e arredores

Avenida San Martín e Avenida Maipu

A Avenida San Martin e a Avenida Maipú são as principais ruas de Ushuaia. É nessa região que se concentram a maioria dos restaurantes, lojas, cafeterias e bares. Inclusive, também é nesses arredores que você encontrará alguns cassinos e um Duty Free. Apesar das ruas de Ushuaia não serem as mais charmosas da Patagônia, vale muito a pena dar uma voltinha com calma pelo centro da cidade.

Museu Marítimo e Museu do Presídio de Ushuaia

Hoje em dia a antiga prisão de Ushuaia abriga o Museu Marítimo e o Museu do Presídio. Até 1947 o edifício serviu fielmente à sua participação na segurança pública local, quando então foi desativado. Tombado Monumento Histórico Nacional em 1997, uma parte de sua ala manteve seus moldes tal qual era antigamente, e é possível vermos como era a vida dos detentos. O edifício ainda abriga o Museu Antártico de Ushuaia e o Museu de Arte Marinha de Ushuaia, então há alas com exposições que contam histórias dos naufrágios ocorridos na região, assim como conta sobre os navios que já passaram por aquelas bandas. No site oficial você consegue ver todas as informações sobre horários de funcionamento e taxas de entrada.

Museu do Presídio de Ushuaia
Museu do Presídio

Avenida Costanera

Finalizando a nossa lista do que fazer em Ushuaia, porém não menos importante, aproveite para caminhar na Avenida Costanera. Afinal, é nela que se encontra a tão fotogênica Placa del Fin del Mundo.

 Placa del Fin del Mundo Ushuaia

Além disso, você caminhará com o Canal de Beagle e as montanhas ao seu lado, o que torna o passeio bem mais gostoso. Essa é a região do Porto, então você verá diversos navios ancorados, inclusive o HMS Justice Saint Christopher que naufragou por ali. Se quiser andar mais um pouquinho, vá até a Plaza Isla Malvinas e não se esqueça de tirar uma foto no letreiro da cidade.

Onde comer e o que comer em Ushuaia

Além de possuir muitos atrativos naturais, Ushuaia também tem uma gastronomia atraente, principalmente se levarmos em conta que estamos falando da culinária argentina, que já é uma delícia por si só. Dos pratos típicos locais, destacam-se a centolla (o caranguejo gigante), a merluza negra e o cordeiro patagônico, nosso preferido dessa lista. Porém, não podemos esquecer das tradicionais empanadas, medialunas, bifes de chorizo e dos icônicos vinhos, que são queridinhos no país inteiro. Aliás, aqui você confere quais são as comidas típicas da Argentina.

Nós temos um post completo aqui no blog com dicas de onde comer em Ushuaia, onde listamos 10 opções que nós testamos. Mas segue abaixo uma pequena lista com os nossos lugares preferidos:

Preciso de seguro viagem para conhecer Ushuaia?

Não, não é obrigatório o seguro viagem para conhecer a Argentina no geral. No entanto, recomendamos que você jamais faça uma viagem internacional sem contratar um, principalmente se o seu roteiro incluir neve, trilhas ou demais esportes. Caso você precise de um médico, os custos com esse serviço costumam ser bem altos no exterior. Então, é melhor viajar prevenido, certo? Explicamos tudo sobre isso no post Seguro Viagem para a Argentina: veja qual é o preço e como escolher o seu. Nós sempre fechamos os nossos através da Real Seguros e indicamos porque eles são confiáveis e possuem ótimos preços e ainda oferecem o parcelamento no cartão. Aliás, todos os nossos leitores têm descontos em todos os seguros oferecidos por eles.

Pegue aqui o seu desconto de seguro viagem e parcele em até 12x no cartão de crédito =)

Você também pode gostar de ler:

E aí? Tem mais dicas do que fazer em Ushuaia? Conta aqui pra gente!

SIGA AS NOSSAS REDES SOCIAIS E NOS ACOMPANHE EM TEMPO REAL =)
– Instagram: @cariocasemfronteiras
– Facebook: /cariocasemfronteiras

♦PLANEJE A SUA VIAGEM♦

  • Confira a nossa página de descontos ativos e economize agora na sua viagem!
  • Reserve a sua hospedagem através do Booking e garanta as melhores tarifas. Fique tranquilo porque reservando através do nosso blog você não pagará nenhuma taxa extra. E além disso ainda nos ajuda a mantê-lo no ar, criando cada vez mais conteúdos gratuitos e de qualidade.
  • Reserve seus hostels através do Hostelworld e garanta a sua hospedagem nos melhores hostels do mundo.
  • Reserve uma casa ou apartamento através do AirBnb e ganhe até 350 reais em crédito na sua primeira reserva pelo site.
  • Compre seu seguro viagem com a Real Seguros e tenha os maiores descontos e as melhores formas de pagamento, inclusive parcelando em várias vezes no cartão de crédito
  • Reserve os melhores passeios e experiências com a Get Your Guide e com a Civitatis.
  • Alugue o seu carro com até 60% de desconto. Parcele no cartão e sem cobrança de IOF pela RentCars. Além disso, todo o valor é gerado em reais.
  • Viaje conectado! Compre seu chip de celular Viaje Conectado da Yes Brasil com internet 4G para usar no exterior.
  • Compre seus equipamentos fotográficos e roupas de inverno com a Amazon.
  • Compre seus ingressos antecipados através da Tiqets e evite filas nas atrações mais famosas do mundo.
Autor

Carioca de nascimento. Educadora Física de profissão. Viajante de coração. Apaixonada pelas coisas simples da vida e intrigada pelas complexas. Costuma dizer que adora um sol, mas não dispensa os dias nublados.

33 Comments

  1. Fiquei com muita vontade de ir ao ushuaia agora! Realmente, essas montanhas com neve no topo devem ser maravilhosas… ja imagino dormir e acordar com essa vista!

    • Dhebora Sancho Responder

      Somos suspeitos pois amamos esse tipo de vista! hahaha

  2. Caramba quanta informação boa! Post incrível , não conheço e fiquei com mais vontade de ir 😀 Lindíssimo o fim do mundo! Kkkkkk beijos

  3. Dhebora, o post ficou excelente! Fui há 7 anos para lá e penso em voltar com a Silvia.
    As informações estão super claras e completas! Parabéns!

    • Dhebora Sancho Responder

      Tem pouco tempo que fomos e eu já penso em voltar hahahaha

  4. Conhecer Ushuaia é um dos meus grandes sonhos! A Laguna Esmeralda me faz babar a cada foto que vejo! Incrível!
    Adorei o post! Super completo e cheio de dicas valiosas!
    Beijos

    • Dhebora Sancho Responder

      Pois é! Ficamos arrependidos de não fazer o trekking até a Laguna Esmeralda 🙁

  5. Eu que já tinha amado as suas fotos de Ushuaia no Instagram fiquei ainda mais pilhada pra conhecer a Patagônia. Demais, Dhebora! : ) Quero ir no verão porque decidi que não saio de lá sem dar uma bitoca num pinguim, rsrrs.

    • Dhebora Sancho Responder

      hahahahahahaha também queríamos uma foto dando um beijinho num pinguim! Dizem que eles são super amigáveis, Gabi! rs

  6. UAUUU viajeii nesses clicks…. muitoo lindoo!! amo frio e neve !!
    Estive na Patagônia e não deu tempo de conhecer esse pedacinho lindooo!!
    Ameii as dicas bjssssss

  7. Ahh que máximo todas estas dicas!
    A terra do fogo esta na minha lista de prioridades!!!
    Vou usar seu blog de referência!!!
    Obrigado…
    Abraço

  8. viajei_compartilhei Responder

    Adorei o relato e as fotos. Sou louco para conhecer esse “fim de mundo” rs. Abraços

  9. Adorei todas as suas informações, ajudou mto a ter uma ideia do que fazer. Só não encontrei a época que vc foi. Estou pensando em ir no meio de agosto, será que pego neve na cidade?

  10. Diego Di Marco Responder

    Muito bom seu post! Estaremos indo pra lá final do mês agora e estou pesquisando os preços dos transfers e dos passeios.
    Você não comentou nada de valores, tens lembrança de quanto foram? E em que data você foi? A inflação lá parece ser rápida! Então se puder dizer em dólar, agradeço!!!
    Nos interessamos especialmente nas atividades do centro invernal (trenós com cachorros, snow cats, quadricículos…)

    Obrigado e parabéns pelo Blog!

  11. Pingback: Ushuaia - o dia em que fomos ao fim do mundo - Mapa na mão

  12. José Mesquita Responder

    Nossa espetácular, ansiosi estou indo de fim de julho a agosto torcendo para nevar.
    Vocês recomendam alguma agência para tours e algum passeio para fazer por conta?

    • Olá, Jose! Nossa, você vai amar!! Tomara que neve! hehe
      Então, fizemos muitos passeios com a Brasileiros em Ushuaia. Por conta própria fomos até Glaciar Martial, fizemos snowboard e fomos até o centro invernal Tierra Mayor. Tem post disso tudo aqui do blog. Dá uma olhada e vê se você se interessa por algum desses pra fazer por conta própria também.

  13. Camilla Pereira Responder

    Olá. Boa tarde
    Os passeios vc adquiriu em Ushuaia msmo ? Ou foi antecipado?
    Irei agora dia 17/04 e ficarei até 24/04. Compensa adquirir antecipadamente?

  14. Dhebora,

    Fiz varias pesquisas de passeio na internet, e onde encontro preços, acho caríssimo ! parece que uma viagem a Ushuia sai muito mais cara do que uma pra Europa… É isso mesmo ? As vezes desconfio de agencias, nem adoro estar em grupo de excursão…. você acha que da pra fazer os passeios por conta própria, pegando condução do centro ate o parque por exemplo ? e caminhada com pinguins, so temos como ir a bordo de guia e apetrechos de turista ?
    Obrigada.

    • Oi, Luciana! Tudo bem?
      Em geral, Ushuaia é uma cidade cara, mas dá pra se virar. Alguns passeios somente com operadoras, mesmo. Tais como: Pinguineira, Off-road pelos lagos, navegação no Canal de Beagle. No entanto, existem alguns que podem ser feitos por conta própria, entre eles o Parque Nacional, Glaciar Martial, Laguna Esmeralda e centros invernais.

  15. Eduardo Miguel da silva Responder

    Oi, Dhebora!

    Muito bom o blog de vocês. Estamos indo pra Ushuaia em setembro. Gostaria de saber quando vocês estiveram lá, para ter uma referência de atrações e preços também!

    • Oi, Eduardo! Muito obrigada!
      Estivemos por lá tem uns 3 anos, mas ta tudo atualizado com informações de 2019 =)
      Vocês vão curtir bastante a cidade!!

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.