Atualizado em 16 de julho de 2020

O Peru é um destino relativamente barato para viajar. Porém, isso não se aplica a Machu Picchu. Por ser o ponto turístico mais famoso do país – além de ser consagrado mundialmente -, a Cidade Perdida dos Incas possui um custo fixo que se não for compensado de outras formas pode deixar o seu roteiro caríssimo. Por isso, para definir quanto custa uma viagem para Machu Picchu é necessário levar em consideração fatores importantes na hora do planejamento.

Primeiramente, é necessário decidir quantos dias você terá de viagem, como você chegará em Machu Picchu, o tipo de hospedagem que você escolherá e até mesmo como você pretende se alimentar. Frequentará restaurantes? Cozinhará sua própria comida? Pretende fazer outros passeios? Enfim, são muitas nuances na hora de definirmos o custo de uma viagem.

Nesse post falaremos sobre quanto custa viajar para Machu Picchu considerando que o seu destino será somente Cusco e com base no câmbio de 2020. Porém, faremos uma média para viagens de baixo custo, econômicas e de luxo, de modo que atenda a maioria dos leitores.

Vista de Machu Picchu
Uma parte das ruínas de Machu Picchu ainda sob cerração

Quanto custa uma viagem para Machu Picchu: valores baseados no ano de 2020

É importante destacar que para criar esse orçamento estamos levando em conta uma viagem de 4 dias, com voo para Cusco, saindo de grandes capitais do Brasil. Esse é o tempo mínimo necessário para conhecer Machu Picchu com calma. Então, se você pretende ficar mais dias, é só somar mais diárias de hospedagem e conferir o nosso roteiro em Cusco.

Sendo assim, o roteiro seria:

Primeiro dia: voo do Brasil para Cusco (há uma escala obrigatória em Lima, então, tente escolher bons horários de voo)
Segundo dia: aclimatação da altitude em Cusco / dia livre
Terceiro dia: Machu Picchu
Quarto dia: voo de Cusco para o Brasil

Observações importantes: câmbio referente a julho de 2020

1 dólar = R$5,30
1 sol peruano = R$1,50

Para facilitar, dividimos a matéria por índices e você pode clicar diretamente no que mais te interessar ou ler o guia completo.

  1. Passagem aérea
  2. Transfer do aeroporto para o centro da cidade
  3. Custo com a hospedagem
    3.1 – Baixo custo
    3.2 – Econômica
    3.3 – Luxo
  4. Deslocamento até Machu Picchu
    4.1 – Trem de Cusco para Águas Calientes
    4.2 – Ônibus de Águas Calientes para o parque
    4.3 – Quanto custam as trilhas para Machu Picchu
  5. Ingresso para Machu Picchu
  6. Custo com alimentação
  7. Quanto custa um seguro viagem para o Peru
  8. Tabela de custo total de uma viagem para Machu Picchu
    8.1 – Viagem de baixo custo
    8.2 – Viagem econômica
    8.3 – Viagem de luxo

Custos detalhados de uma viagem para Machu Picchu

1 – Passagem aérea

Como não há voo direto do Brasil para Cusco, obrigatoriamente você terá que fazer uma escala na capital do Peru, em Lima. Saindo de grandes cidades como Rio de Janeiro ou São Paulo você encontra o trecho RJ/SP – Lima – Cusco – Lima – RJ/SP na faixa de R$1.500,00. Porém, nós já vimos promoções por menos R$1.000,00.

Se você pretende estender a sua viagem e ficar alguns dias na capital, confira o que fazer em Lima.

2 – Transfer/táxi do aeroporto para o centro de Cusco

Do aeroporto de Cusco até o centro da cidade são cerca de 20 minutos de carro. Há Uber operando no local e o trajeto até a Plaza de Armas, um dos pontos centrais da cidade, custa mais ou menos R$30,00.

Também há empresas de transfer, que embora sejam mais caras, te dão a possibilidade de já deixar tudo programado, gerando mais comodidade.

3 – Custo com a hospedagem

Como Cusco recebe muitos turistas o ano inteiro, existem todos os tipos de hospedagem na cidade, das mais caras às mais baratas. No entanto, quanto mais central for o hotel, mais caro ele será. Ainda assim, é possível encontrar boas opções no centro.

Plaza de Armas de Cusco

A escolha da hospedagem é um fator determinante para orçar quanto custa uma viagem para Machu Picchu, já que esse é um item que pode sair muito caro dependendo do seu estilo de viagem.

Hospedagem de baixo custo: quartos compartilhados em hostels

No centro de Cusco há excelentes hostels com camas em quartos coletivos a partir de R$40,00 por pessoa a diária. Porém, de acordo com as comodidades e serviços oferecidos você pode encontrar uma faixa de preço de R$40,00 a R$100,00 pela cama. Algumas sugestões:

Blacky Hostel – a partir de R$40,00

Loki Hostel – a partir de R$43,00

Brothers Hostel – a partir de R$48,00

Ecopackers Hostels – a partir de R$53,00

Dragonfly Hostel – a partir de R$55,00

Econômica: quartos privativos em hostels ou pousadas

Devido à grande oferta de hospedagem na cidade, tanto os hostels como as pousadas oferecem quartos privativos com valores econômicos. Essa pode ser uma boa opção caso você esteja viajando acompanhado. É possível achar ótimas acomodações a partir de R$160,00 a diária para um quarto duplo. Porém, a faixa de preço local para um estilo econômico varia entre R$160,00 e R$300,00 a diária. Algumas sugestões:

Hotel Oblitas – a partir de R$160,00

La Posada del Viajero – a partir de R$191,00

La Casona Real – a partir de R$250,00

Milhouse Hostel – a partir de R$300,00

Pariwana Hostel – a partir de R$300,00

Quando estivemos na cidade ficamos no Milhouse Hostel e no La Posada del Viajero. Gostamos dos dois e falamos mais sobre eles em um post com dicas de onde ficar em Cusco. Também conhecemos o serviço do Pariwana Hostel Santiago, no Chile, e adoramos.

Luxo: hotéis 5 estrelas

Se você procura hotéis estrelados, Cusco possui hotéis 5 estrelas com diárias a partir de R$800,00 para o quarto duplo. Algumas sugestões:

Casa Andina Premium – a partir de R$800,00

Jw Marriott El Convento – a partir de R$890,00

Palacio del Inka – a partir de R$1.000,00

Belmond Palacio Nazarenas – a partir de R$2.000,00

4 – Deslocamento até Machu Picchu

Ao calcular quanto custa viajar para Machu Picchu você perceberá que o gasto com deslocamento comprometerá boa parte do seu orçamento. A má notícia é que aqui não há muito como fugir dos preços praticados, já que os trens para a Cidade Perdida dos Incas de fato são caros, além de serem em dólar. Porém, a boa notícia é que se você comprar com antecedência pode conseguir algum desconto.

Cidade Inca de Machu Picchu

Quanto custa o trem de Cusco até Águas Calientes

O trem é a maneira mais fácil e rápida de chegar em Machu Picchu, ainda mais para quem tem pouco tempo em Cusco.

A Peru Rail e a Inca Rail fazem o trajeto da estação de trem Poroy, em Cusco, até Águas Calientes, porta de entrada de Machu Picchu. As passagens custam em média 140 dólares por pessoa, ida e volta, na categoria padrão. Ou seja, algo em torno de R$740,00 no câmbio atual. Puxado, né?

Existem outras categorias luxuosas de trem, como a Hiram Bingham, oferecida pela Peru Rail, onde as passagens chegam a custar 1.000 dólares e incluem refeições, bebidas e entretenimento a bordo.

Quanto custa o ônibus de Águas Calientes até Machu Picchu

Ao chegar em Águas Calientes ainda é necessário a última parte do trajeto até Machu Picchu, que pode ser feito de ônibus ou a pé. Quem decide caminhar até a entrada do parque enfrentará um longo caminho de subida, mas economizará 24 dólares do ônibus (ida e volta), cerca de R$127,00. Nós optamos pelo ônibus e achamos que valeu a pena.

Vale a pena se hospedar em Águas Calientes?

Se você tem poucos dias de viagem, como o exemplo de 4 dias que estamos dando aqui, não vale a pena. Porém, se o seu roteiro é mais longo, é um caso se pensar.

Em caso de mais dias livres, uma logística muito comum é aproveitar o passeio para o Vale Sagrado dos Incas que passa por Ollantaytambo, onde também há trens para Águas Calientes e por vezes mais baratos, e de lá seguir viagem. Nesse caso, vale a pena fazer isso caso você queira visitar Machu Picchu nas primeiras horas da manhã. Dessa forma, você pernoita em Águas Calientes e pega os primeiros ônibus para o parque.

Há hotéis em Águas Calientes com quartos duplos na faixa de R$140,00 a diária e camas em quartos coletivos a partir de R$70,00 a diária por pessoa. Você pode conferi-los aqui.

Trilhas Inca ou Salkantay

Apesar de termos conhecido Machu Picchu através do combo trem + ônibus, frequentemente recebemos dúvidas sobre quanto custa uma viagem para Machu Picchu incluindo a Trilha Inca ou a Trilha Salkantay. Embora o foco do post não seja esse, vamos deixar os valores por alto para vocês terem uma noção, mas não vamos incluí-los na tabela com o valor final. Porém, tenham em mente que caso queiram fazer uma das duas trilhas, deverão ter mais dias livres de viagem e comprá-las com antecedência.

Trilha Inca – a partir de 499 dólares por pessoa

Trilha Salkantay – a partir de 375 dólares por pessoa

Caminho Inca (Foto: Get Your Guide)

5 – Quanto custa o ingresso para Machu Picchu

Outro item que não há muita variação na hora de definir quanto custa uma viagem para Machu Picchu é o ingresso do parque. Os valores são fixos e podem ser comprados antecipadamente no site oficial do governo.

Hoje em dia, o ingresso básico para Machu Picchu custa 152 soles, ou seja, algo em torno de R$230,00 por pessoa. Se você quiser subir Huayna Picchu (aquela montanha no fundo das fotos panorâmicas), o valor sobe para mais ou menos R$303,00 (cerca de 200 soles).

Mirante em Machu Picchu
Huayna Picchu ao fundo

Vale lembrar que de acordo com as novas regras de visitação do parque não é mais permitido que o visitante passe o dia inteiro lá dentro. Então, obrigatoriamente você deverá escolher um turno para a sua visita no ato da compra.

Nós não tivemos nenhum tipo de problema para efetuar a compra pelo site oficial, porém, há relatos de pessoas que não conseguiram fazer o pagamento com o cartão de crédito. Se você quer mais comodidade na hora de comprar o seu ingresso para Machu Picchu, algumas agências são habilitadas para o venderem, mas com uma cobrança de taxa. Você pode consultar o valor aqui.

Guia para conhecer Machu Picchu

Ainda de acordo com as novas regras de visitação, é obrigatório fazer a visita na presença de um guia, que pode ser compartilhado ou não. Os guias compartilhados para grupos pequenos custam em média R$133,00 por pessoa (25 dólares), enquanto os privados custam em torno de R$420,00 a R$550,00 (80 a 100 dólares), dependendo do seu poder de negociação.

6 – Preço dos restaurantes em Cusco

A gastronomia de Cusco é muito forte e abriga tanto restaurantes mais refinados como lugares mais simples que servem o bom e velho PF (prato feito). A parte boa é que mesmo os estabelecimentos mais requintados não possuem valores estratosféricos, principalmente se compararmos com restaurantes do mesmo estilo no Rio de Janeiro e São Paulo.

Em restaurantes mais simples, de baixo custo e comida regional, é possível encontrar pratos de R$20,00 a R$25,00, algo em torno de 15 soles. Por outro lado, em um restaurante econômico, mas com uma variedade maior de cardápio você encontrará menus com direito a entrada, almoço e sobremesa por R$35,00 a R$40,00, cerca de 30 soles.

Entretanto, em restaurantes de luxo uma refeição fica na faixa de R$55,00 a R$65,00. Ou seja, ainda assim, nada muito fora do padrão.

Aqui no blog temos um post com mais de 10 sugestões de onde comer em Cusco.

7 – Quanto custa um seguro viagem para o Peru

Para saber exatamente quanto custa viajar para Machu Picchu é necessário não deixar de fora o seu seguro viagem para o Peru, ainda mais se tratando de Cusco, onde muitas pessoas sofrem com o mal de altitude ou podem ter problemas com o diferente tempero da comida (eu aqui rs).

Considerando um roteiro de 4 dias, você não gastará mais de R$50,00 em um bom plano com direito a cobertura médica emergencial, assistência em caso de cancelamento e extravio de bagagem e até mesmo assistência odontológica. Ou seja, é um valor muito abaixo do que você teria que desembolsar caso tivesse alguma emergência.

Você pode comparar e adquirir os planos das melhores seguradoras do país no site da Real Seguros. Eles oferecem diversos descontos e dão a opção do pagamento parcelado no cartão de crédito.

Pegue aqui o seu desconto de seguro viagem e parcele em até 12x no cartão de crédito =)

Afinal, quanto custa viajar para Machu Picchu em 2020: preço total

Quanto custa uma viagem para Machu Picchu no padrão de baixo custo

PASSAGEM AÉREAR$1500,00
TRANSPORTE DO AEROPORTO PARA O CENTRO DA CIDADE (Uber)R$30,00
HOSPEDAGEM (3 NOITES EM QUARTO COMPARTILHADO)R$120,00
INGRESSO BÁSICO PARA MACHU PICCHU + GUIA COMPARTILHADOR$436,00
TREM DE CUSCO PARA ÁGUAS CALIENTES (Categoria básica)R$740,00
ÔNIBUS DE ÁGUAS CALIENTES ATÉ A ENTRADA DO PARQUER$127,00
REFEIÇÕES EM CUSCO (ALMOÇO + JANTAR)R$160,00
SEGURO VIAGEM PARA 4 DIASR$50,00
TOTALR$3.163,00

Quanto custa uma viagem para Machu Picchu no padrão econômico

PASSAGEM AÉREAR$1500,00
TRANSPORTE DO AEROPORTO PARA O CENTRO DA CIDADE (Uber)R$30,00
HOSPEDAGEM (3 NOITES EM QUARTO DUPLO PRIVATIVO)R$480,00
INGRESSO BÁSICO PARA MACHU PICCHU + GUIA COMPARTILHADOR$436,00
TREM DE CUSCO PARA ÁGUAS CALIENTES (Categoria básica)R$740,00
ÔNIBUS DE ÁGUAS CALIENTES ATÉ A ENTRADA DO PARQUER$127,00
REFEIÇÕES EM CUSCO (ALMOÇO + JANTAR)R$280,00
SEGURO VIAGEM PARA 4 DIASR$50,00
TOTALR$3.643,00

Quanto custa uma viagem para Machu Picchu no padrão luxo

PASSAGEM AÉREAR$1500,00
TRANSPORTE DO AEROPORTO PARA O CENTRO DA CIDADE (Uber)R$30,00
HOSPEDAGEM (3 NOITES EM HOTEL 5 ESTRELAS)R$2.400,00
INGRESSO BÁSICO PARA MACHU PICCHU + GUIA COMPARTILHADOR$723,00
TREM DE CUSCO PARA ÁGUAS CALIENTES (Categoria básica)R$740,00
ÔNIBUS DE ÁGUAS CALIENTES ATÉ A ENTRADA DO PARQUER$127,00
REFEIÇÕES EM CUSCO (ALMOÇO + JANTAR)R$440,00
SEGURO VIAGEM PARA 4 DIASR$50,00
TOTALR$6.010,00

Considerações finais sobre quanto custa viajar para Machu Picchu

É importante frisar que esse valor pode diminuir ou aumentar dependendo do tipo de viagem que você pretende ter. A escolha da hospedagem, da alimentação e até mesmo se você vai trazer lembrancinhas ou não influenciará diretamente no custo total da sua viagem. Ou seja, esse cálculo é somente para você ter uma base de quanto custa uma viagem para Machu Picchu em 2020, levando em consideração o câmbio atual.

Sem dúvidas, Machu Picchu não é um dos destinos mais baratos da América do Sul. No entanto, nós garantimos que é um lugar que vale cada centavo investido!

VEJA TAMBÉM:

-Roteiro em Cusco, incluindo pontos principais como Machu Picchu e o Vale Sagrado
-Conheça os sítios arqueológicos de Maras e Moray

-Saiba como é o city tour em Cusco

SIGA AS NOSSAS REDES SOCIAIS E NOS ACOMPANHE EM TEMPO REAL =)
– Instagram: @cariocasemfronteiras
– Facebook: /cariocasemfronteiras

♦PLANEJE A SUA VIAGEM♦

  • Confira a nossa página de descontos ativos e economize agora na sua viagem!
  • Reserve a sua hospedagem através do Booking e garanta as melhores tarifas. Fique tranquilo porque reservando através do nosso blog você não pagará nenhuma taxa extra. E além disso ainda nos ajuda a mantê-lo no ar, criando cada vez mais conteúdos gratuitos e de qualidade.
  • Reserve seus hostels através do Hostelworld e garanta a sua hospedagem nos melhores hostels do mundo.
  • Reserve um apartamento através do AirBnb e ganhe até 179 reais em crédito na sua primeira reserva pelo site.
  • Compre seu seguro viagem com a Real Seguros e tenha os maiores descontos e as melhores formas de pagamento, inclusive parcelando em várias vezes no cartão de crédito
  • Reserve os melhores passeios e experiências com a Get Your Guide e com a Civitatis.
  • Alugue o seu carro com até 60% de desconto. Parcele no cartão e sem cobrança de IOF pela RentCars. Além disso, todo o valor é gerado em reais.
  • Viaje conectado! Compre seu chip de celular Viaje Conectado da Yes Brasil com internet 4G para usar no exterior.
  • Compre seus equipamentos fotográficos e roupas de inverno com a Amazon.
  • Compre seus ingressos antecipados através da Tiqets e evite filas nas atrações mais famosas do mundo.
Autor

Carioca de nascimento. Educadora Física de profissão. Viajante de coração. Apaixonada pelas coisas simples da vida e intrigada pelas complexas. Costuma dizer que adora um sol, mas não dispensa os dias nublados.

6 Comments

  1. Renata Mufalani de Menezes Responder

    Adorei Dhebs!!
    Dicas maneiríssimas!!
    Agora só me falta arranjar uma empresa confiável pra fazer a trilha INCA!!
    ?

    • Dhebora Sancho Responder

      Ih, tem várias bem legais, Renata!! Depois vou fazer um apanhado geral 😉

  2. Amei demais esse artigo. É a primeira vez que leio todos os detalhes de custo real sobre Machu Picchu, mesmo sabendo que pode sofrer variações nos preços. Arrasou Dhebora! Continue trazendo informações valiosas como essa. Abraços.

Deixe um comentário