Atualizado em

Pequena, com clima de montanha e um lago para chamar de seu. É, até que essa é uma boa forma de descrever rapidamente San Martín de Los Andes. Mas esse vilarejo da Patagônia Argentina tem muito mais para oferecer. Desde o centro turístico até seus passeios de ecoturismo, há tanto o que fazer em San Martín de Los Andes que você não se deve deixar enganar pelo clima calmo e por vezes bucólico que o local oferece. Reduto de bons restaurantes, reservas ecológicas, parques nacionais, praia e muita neve durante o inverno, a cidade é um destino de sucesso para quem viaja pela região. Então, confira tudo o que você precisa saber para não deixar nada de fora do seu roteiro.

Lago Lacar em San Martin de Los Andes
Lago Lácar em San Martín de Los Andes

Sobre San Martín de Los Andes

Localizada na província de Neuquén, na Patagônia Argentina, San Martín de Los Andes tem uma localização privilegiada. Encravada nas montanhas, a cidade se encontra distante cerca de 160 km de Bariloche e a 184 km de Pucón, no Sul do Chile. Ou seja, é um pit stop perfeito para um roteiro pelos Lago Andinos do Chile e da Argentina. Mas além disso, San Martín de Los Andes tem vida própria e pode ser facilmente um destino de viagem tanto para quem quer curtir a neve como para quem viaja durante o verão. E, ainda por cima, é porta de entrada para alguns dos mais famosos passeios da região.

Ao contrário da sua vizinha Bariloche, que já tem um certo quê de cidade grande, San Martín tem pouco mais de 30 mil habitantes e por isso é um prato cheio para quem gosta de aventura, natureza e um pouquinho de calmaria, mesmo na alta temporada.

O que fazer em San Martín de Los Andes

Apesar de não termos tido tempo para fazer tudo, confira abaixo algumas das principais dicas do que fazer em San Martín de Los Andes e já comece a se encantar antes mesmo de viajar! rs

Centrinho de San Martín de Los Andes

O centrinho é uma graça, a começar pela sua arquitetura. Totalmente padronizadas a fim de manter as tradições, as construções de San Martín são baixas, independente de suas localizações. Você não verá casas altas ou prédios de muitos andares, o que de certa forma dá um ar de acolhimento e cidade pequena.

Rua de San Martin de Los Andes
Centrinho de San Martín de Los Andes

Suas principais ruas são a Avenida San Martín e General Villegas, onde você encontrará muitos hotéis, restaurantes e lojas. Além disso, as praças da cidade são um charme e por vezes abrigam as tradicionais feirinhas de rua.

Lago Lácar

O Lago Lácar é um dos cartões postais da cidade e de fato, há bastante motivo para isso, pois ele é lindo que só! A partir dele você pode fazer alguns passeios de barco, como para Quila Quina, uma das praias de lago da região. Há ainda aluguel de caiaque, canoa e stand up paddle para quem curte esses esportes. Quem gosta de ficar mais tranquilo curtindo um momento relax pode aproveitar a orla do lago para uma caminhada ou então o deck de madeira para um fim de tarde. Vale lembrar que durante o verão essas águas ficam cheias de banhistas curtindo o calor.

Deck no Lago Lácar
Deck ótimo para um fim de tarde no lago

Praias de lago

Uma coisa que tem muito nas cidades da Patagônia Argentina são as praias de lago e algumas têm uma estrutura tão completa que contam até mesmo com camping. E claro, em San Martín de Los Andes não é muito diferente. Entre elas, as mais indicadas são a Quila Quina, Hua Hum e Playa Catritre. Nós visitamos a Playa Catritre e contamos tudo aqui.

Playa Catritre em San Martin de Los Andes
Playa Catritre

Parque Nacional Lanín

San Martín de Los Andes é uma das portas de entrada do Parque Nacional Lanín, um dos mais bonitos da região, com mais de 400 mil hectares protegidos da floresta patagônica. Casa do belíssimo Lago Huechulafquen – entre tantos outros -, o parque ainda conta com um morador muito famoso e um tanto quanto imponente: o Vulcão Lanín, um dos mais ativos do continente. Lá dentro é possível fazer diversas trilhas, além de passeios de barco com vistas incríveis para o vulcão. A entrada no parque nacional custa 80 pesos argentinos. Para maiores informações, consulte o site oficial.

Parque Nacional Lanín – Foto: Civitatis

Rota dos 7 lagos

A Rota dos 7 Lagos é um percurso pela rodovia 40 que liga as cidades de San Martín de Los Andes e Villa La Angostura. Famoso por ser um dos trajetos mais bonitos dessa região, ao longo do caminho você passará por lagos fantásticos, mirantes e até mesmo uma cachoeira. Nós fizemos essa rota por conta própria, com carro alugado, e adoramos! No entanto, diversas agências de turismo a oferecem (confira aqui o preço), e algumas ainda oferecem a opção de parcelamento no cartão, e caso você não esteja dirigindo, é uma excelente opção!

Lago Espejo Grande na Rota dos 7 Lagos
Lago Espejo Grande na Rota dos 7 Lagos

ALUGUEL DE CARRO EM SAN MARTÍN DE LOS ANDES:

Nossa viagem incluiu San Martín de Los Andes, Villa La Angostura e Bariloche. Para nos deslocarmos entre as cidades optamos por alugar um carro e termos mais comodidade. Alugamos através da RentCars, ainda no Brasil, pagamos online de forma parcelada no cartão de crédito, em reais e sem a cobrança de IOF. Não tivemos problema algum durante a viagem.

Cerro Chapelco

Se você está em San Martín de Los Andes e quer esquiar, corra para o Cerro Chapelco! O centro de esqui conta com 28 pistas e 12 meios de elevação, além de outras atividades de inverno como passeios de trenó, moto de neve e caminhadas com raquetes. Para quem nunca esquiou, é possível contratar aulas antes de se jogar na montanha, assim como eles também oferecem aluguel de roupas de neve. Há ainda lanchonete, bar, restaurante, chocolateria e até food truck por lá. Ou seja, é um passeio completo. Há ônibus regulares que saem do terminal de ônibus da cidade até o cerro, mas se você quiser também pode contratar algum transfer.

Chapelco Ski Resort – Foto: Chapelco Ski Resort

Mirante Arrayán

O Mirante Arrayán é uma das dicas do que fazer em San Martín de Los Andes se você quer ter uma vista incrível da cidade sem fazer muito esforço. Quer dizer, isso se você estiver de carro, porque se estiver a pé terá que percorrer uma subida em uma estradinha de barro até lá. rs. São dois mirantes, distantes poucos metros um do outro. O visual para o Lago Lácar e para a cidade é lindo e com certeza vale a visita! Caso você queira um pouco de comodidade, algumas empresas vendem esse tour combinado com o Cerro Chapelco.

Bem pertinho dali se encontra a Casa de Té Arrayan, uma casa de chá e cafeteria muito charmosa, mas que infelizmente estava fechada no dia da nossa visita. Além da cafeteria, o local conta com um pequeno hotel super exclusivo, com poucos quartos.

Casa de Te Arrayán
Casa de Te Arrayán

Chapelco Golf

Apesar de não sermos fãs, quem gosta de golfe encontra um refúgio em San Martín de Los Andes. Além do campo de golf em si, o Chapelco Golf tem um resort 5 estrelas capaz de deixar qualquer um de queixo caído. Aliás, aqui é uma boa opção de hospedagem caso você seja adepto ao turismo de luxo.

Chapelco Golf Resort – Foto: Chapelco Golf Resort

Onde ficar em San Martín de Los Andes

Ficamos hospedados em dois locais diferentes na cidade, primeiro no Hotel Turismo e depois no Manke Apart & Suites. Apesar de bem simples, o Hotel Turismo possui tarifas atrativas, principalmente porque inclui o café da manhã. No entanto, não espere nada de luxo, pois faz o estilo basicão mesmo. Por outro lado, embora esteja um pouco mais distante do centro, o Manke Suites possui apartamentos completos e equipados, e ainda conta com uma piscina aquecida para os hóspedes.

Manke Apart and Suites
Piscina aquecida do Manke Apart

Outras opções com bom custo x benefício na cidade são o Le Chatelet, Hosteria del Esquiador, El Recodo e Hotel Antiguos. Quem prefere se hospedar em hostels pode contar com o Puma Hostel, Sherpa Hostel, Bike Hostel e Alhue Patagonia Hostel. Entretanto, se você procura uma hospedagem diferenciada em San Martín de Los Andes confira o Rio Hermoso Hotel de Montaña, Loi Suites Chapelco Hotel, Patagonia Plaza Hotel e Casona del Alto. Além da rede hoteleira, San Martín de Los Andes também conta com muitos apartamentos para alugar pelo AirBnb e através desse link nós te damos até 179 reais de desconto na primeira reserva pela plataforma.

Dicas de restaurantes em San Martín de Los Andes

Como ficamos poucos dias na cidade e em alguns deles ficamos o dia inteiro fora, acabamos não conhecendo muitos restaurantes por lá. Mas os poucos que visitamos gostamos bastante e vamos indicar aqui.

Ku de Los Andes

Tudo bem que o nome do restaurante é uma piada certa. Mas, acreditem: o Ku de Los Andes é um ótimo restaurante em San Martín de Los Andes. O forte da casa são as carnes e claro, eles cobram um preço por isso. Certamente existem lugares mais caros na cidade, mas ainda assim, eles possuem um precinho mais elevado. Nós adoramos tanto a comida como o ambiente… que por sinal, é um graça!

La Creperie

Tá, eu sei que a especialidade do La Creperie são os crepes, no entanto, nós fomos na contramão e pedimos uma coisa nada a ver com isso: wok de frango com vegetais! hahaha. Apesar disso, vimos MUITOS crepes sendo servidos e preciso confessar que fiquei na vontade. O lugar é bem charmosinho e faz o estilo café & restaurante. Como era pertinho de um dos hotéis que nos hospedamos, acabou sendo o nosso primeiro almoço na cidade.

Wok de frango com vegetais no La Creperie
Wok de frango com vegetais

Don Florencio

O Don Florencio também é uma boa dica de restaurante em San Martín de Los Andes caso você queira comer carne. O cardápio conta com todos os tipos de cortes, além do tradicional cordeiro patagônico. Aliás, ele foi a nossa escolha e estava tão bem servido que nós até dividimos um prato só. Infelizmente a fome foi a maior que paciência para a blogueiragem e por isso acabamos nem tirando foto. hehe

Nonino Cerveceria

O Nonino é um lugar famoso em San Martín de Los Andes pela qualidade das suas empanadas. Agora eles contam com uma filial na Avenida San Martín que funciona também como cervejaria. Além das famosas empanadas, eles servem sanduíches e pratos mais básico. Almoçamos lá em nosso último dia na cidade e gostamos, principalmente porque os precinhos são bem camaradas. É… nós também não tiramos fotos! rs

Mamuschka

O Mamuschka é uma chocolateria que também vende sorvetes artesanais e foi esse último o motivo da nossa visita! Sério, gente! Que negócio gostoso! rs. Provamos um de Nutella que estava sensacional! Aliás, eles contam com lojas em outras cidades como, por exemplo, em Bariloche, El Calafate, Buenos Aires e Villa La Angostura.

Sorvete do Mamuschka
Sorvete do Mamuschka

Quantos dias ficar

Em três dias você consegue ver os principais pontos da cidade com calma. No entanto, para fazer trilhas, esquiar ou então outros tipos de esportes de aventura, recomendo pelo menos uns cinco dias. Desta forma você conseguirá aproveitar tudo sem muita correria.

NÃO ESQUEÇA DO SEU SEGURO VIAGEM!

Viaje despreocupado e não esqueça de contratar o seu seguro viagem antes de ir para San Martín de Los Andes, principalmente se você pretende praticar esportes de aventura e/ou neve. O seguro te dará cobertura caso você necessite de algum atendimento médico e além disso, ainda pode te dar assistência em caso de extravio de bagagem e demais percalços. Para orçar o seu, indicamos sempre a Real Seguros. Eles trabalham com as melhores seguradores e oferecem muita flexibilidade no pagamento.

PEGUE SEU DESCONTO DE SEGURO VIAGEM NA REAL SEGUROS

Quando ir

San Martín de Los Andes pode ser visitada em qualquer época do ano, mas as principais temporadas são o inverno em primeiro lugar, seguido do verão. Fora de temporada a cidade continua funcionando, entretanto, alguns locais fecham para férias. Vale ressaltar que é nessa época que você encontrará as tarifas baixas, enquanto de julho até setembro, durante o inverno, encontrará as mais caras. Nós fomos durante o verão e apesar de termos pego uma frente fria, curtimos bastante, principalmente porque conseguimos pegar alguns preços mais em conta.

Como chegar em San Martín de Los Andes

San Martín de Los Andes conta com o Aeroporto Aviador Carlos Campos, mais conhecido como Aeroporto de Chapelco. Saindo do Brasil, a Aerolineas Argentinas faz o percurso até ele com uma escala em Buenos Aires (foi a nossa escolha). De lá até o centro da cidade é bem pertinho e não dá nem 20 minutos. Há vários táxis e transfers no local, caso você não esteja com carro alugado.

Estrada saindo do aeroporto de San Martín de Los Andes
Saindo do aeroporto de San Martín de Los Andes

Quem chega por Bariloche também consegue acessar facilmente a cidade tanto de carro como de ônibus. O trajeto de automóvel é bem tranquilo e dura em torno de 3 horas, boa parte podendo ser feita pela Rota dos 7 Lagos, na Ruta 40. Ao longo do caminho há algumas cidades que valem a parada e até o pernoite, como Villa La Angostura, por exemplo. As empresas Via Bariloche e Albus fazem a rota de ônibus.

Também há ônibus de Buenos Aires até San Martín de Los Andes, mas se preparem para mais de 20 horas de estrada. As empresas que operam essa rota são a Via Bariloche, El Valle e Nueva Chevallier. Por outro lado, há quem queira fazer uma super road trip pela Argentina. Saindo de Buenos Aires de carro são mais ou menos 18 horas de estrada através da Rota 5 e 152, mas certifique-se da segurança das estradas durante o auge do inverno.

Como se deslocar na cidade

Como San Martín de Los Andes é bem pequena a melhor forma de se deslocar pela cidade é a pé. Mas, quem se hospeda mais distante do centro e não está com carro alugado pode optar por táxis ou remis, pois ambos possuem bons preços. Vale ressaltar que do Terminal de Ônibus de San Martín de Los Andes saem ônibus para alguns pontos turísticos da região, como para a Playa Catritre durante o verão, por exemplo. Todavia, vale se informar direitinho quando você chegar lá.

Tem mais dicas do que fazer em San Martín de Los Andes? Deixa um comentário pra gente! =)

SIGA AS NOSSAS REDES SOCIAIS E NOS ACOMPANHE EM TEMPO REAL =)
– Instagram: @cariocasemfronteiras
– Facebook: /cariocasemfronteiras

  • Reserve a sua hospedagem através do Booking e garanta as melhores tarifas. Fique tranquilo porque reservando através do nosso blog você não pagará nenhuma taxa extra. E além disso ainda nos ajuda a mantê-lo no ar, criando cada vez mais conteúdos gratuitos e de qualidade.
  • Reserve seus hostels através do Hostelworld e garanta a sua hospedagem nos melhores hostels do mundo.
  • Reserve um apartamento através do AirBnb e ganhe até 179 reais em crédito na sua primeira reserva pelo site.
  • Compre seu seguro viagem com a Real Seguros e tenha os maiores descontos e as melhores formas de pagamento, inclusive parcelando em várias vezes no cartão de crédito
  • Reserve os melhores passeios e experiências com a Get Your Guide e com a Civitatis.
  • Alugue o seu carro com até 60% de desconto. Parcele no cartão e sem cobrança de IOF pela RentCars. Além disso, todo o valor é gerado em reais.
  • Viaje conectado! Compre seu chip de celular da Yes Brasil com internet 4G para usar no exterior.
  • Compre seus ingressos antecipados através da Tiqets e evite filas nas atrações mais famosas do mundo.

Author

Carioca de nascimento. Educadora Física de profissão. Viajante de coração. Apaixonada pelas coisas simples da vida e intrigada pelas complexas. Costuma dizer que adora um sol, mas não dispensa os dias nublados.

Write A Comment