Atualizado em

Vocês sabiam que essa pontinha do continente é a cidade com a maior temporada de neve da América do Sul? Com temperaturas que costumam ser bem baixas até mesmo no verão, não é muito difícil encontrar neve em Ushuaia durante a época mais fria do ano. Mas apesar do termômetro quase sempre abaixo de zero, te garanto que não faltarão atividades para você curtir o inverno por lá. E com certeza você além de se divertir, ainda se encantará com o cenário que é deslumbrante! Nós ficamos uma semana em Ushuaia e vamos dar a dicas de como e onde você pode curtir todo esse visual branquinho na cidade.

Glaciar Martial Ushuaia
Neve no Glaciar Martial em Ushuaia

Quando tem neve em Ushuaia

Ushuaia costuma ter temperaturas bem baixas durante todo o ano. Isso é certo. No entanto, não quer dizer que você encontrará neve o ano inteiro e o tempo todo. Por isso, caso o objetivo máximo da sua viagem seja curtir a neve em Ushuaia, praticar esportes como esqui e snowboard ou simplesmente aproveitar a cidade toda nevada, o ideal é que você planeje a sua visita durante a temporada de inverno. Ou seja, de junho até setembro. Mas, pode ser que você dê sorte e pegue neve fora dessa época também, porque de vez em quando acontece. Mas mesmo assim, não é o suficiente para praticar esportes de neve.

E onde tem neve em Ushuaia?

Inicialmente a resposta que vem à cabeça é: tem neve em tudo quanto é canto. Sério, isso não é um exagero. Ushuaia durante o inverno é sinônimo de neve em todos os lugares, assim como também é sinônimo de frio. Mas isso não será um problema se você souber como se vestir de forma adequada em temperaturas amenas. Além do mais, todos os lugares têm aquecedores. Então nem precisa se preocupar com isso…

Ruas de Ushuaia
Completamente apaixonado por essas ruas!

Além das montanhas ficarem nevadas da base ao topo, as ruas também ficam cheias de neve. Ao mesmo tempo, os jardins das casas também ficam bem branquinhos e até mesmo a neve em cima dos carros deixa tudo ainda mais especial. Sei lá, mas para uma snow lover como eu é fascinante ver a cidade desse jeito. Eu acho tudo simplesmente encantador e provavelmente essa é sempre a melhor época do ano para mim.

Ruas de Ushuaia
Fazendo a mocinha hahaha

Mas vamos deixar meus devaneios de lado porque se você entrou nesse post é porque quer saber onde tem neve em Ushuaia e onde curti-la. Então, vamos ao que interessa!

1 -Esqui e Snowboard no Cerro Castor e no Glaciar Martial: melhor opção para curtir e se aventurar na neve em Ushuaia

Ushuaia possui dois centros de esqui e snowboard: Cerro Castor e Glaciar Martial.

O Cerro Castor é o maior e mais famoso centro de esqui da cidade e por isso é o mais procurado. O local possui nada mais nada menos que 31 pistas de esqui de níveis diversos. Além disso, a qualidade da neve é tão boa que muitas pistas são homologadas pela Federação Internacional de Esqui. Sabe a famosa neve powder, bem fofinha, objeto de desejo dos esquiadores? Então, lá tem! E caso você tenha um nível avançado no esporte, é lá que você irá se deliciar.

Cerro Castor (Créditos: www.cerrocastor.com)

O centro de esqui também possui 12 meios de elevação, entre teleféricos e magic carpet, e duas lojas para aluguel de equipamentos. Os inciantes no esporte também podem contratar aulas com os instrutores. Além do mais, são 7 restaurantes e lanchonetes com vista para as montanhas. E como se não bastasse isso tudo, ainda tem wifi liberado na base da estação e em toda vila. Ou seja, é o tipo de lugar que você irá passar o dia inteiro sem passar perrengues, além de alguns tombos e quedas. rs

Sem dúvidas toda essa estrutura possui um precinho não tão camarada. O passe de um dia na alta temporada custa em torno de 250 reais só para esquiar. Isso sem contar o aluguel dos equipamentos que com toda a certeza também não são nada baratos. Nós não fomos até o Cerro Castor e ele não foi nossa escolha para o snowboard (#nomoney). Logo, isso nos leva ao próximo tópico. rs

Foto: www.cerrocastor.com

Snowboard no Glaciar Martial

É no Glaciar Martial que fica o centro de esqui do povoado e foi lá que praticamos snowboard. Nossa escolha foi puramente estratégica e claro que vou explicar o porquê. Mas em primeiro lugar, saiba que o grande motivo é o norte da maioria dos viajantes que voam de classe econômica: a economia. rs

Glaciar Martial Ushuaia
Pausa para foto

Quando decidimos ir pra Ushuaia queríamos fazer pelo menos dois dias de snowboard. E embora isso fosse um item que jamais sairia do nosso roteiro, sabíamos que não era algo barato. Pesquisa vai, pesquisa vem, enfim chegamos a conclusão de que o Cerro Castor era muito caro para o nosso planejamento. Nós já teríamos que pagar o aluguel do equipamento e o passe de esqui para dois dias. Além disso, também teríamos que contratar pelo menos uma aula de snow, visto que o meu único contato com esportes de neve havia sido no Snowland de Gramado e o Rafael ainda não havia praticado. Ou seja, nosso contato era beirando o zero.

Neve em Ushuaia
Snowboard e neve em Ushuaia, no Glaciar Martial

 

Glaciar Martial
Snow no Glaciar Martial
A estrutura do Glaciar Martial

No Glaciar Martial você paga somente o aluguel do equipamento e das roupas, caso você não os tenha. Como nós já as tínhamos, não precisamos gastar com isso. Como também não é necessário pagar nenhum tipo de passe, é uma ótima opção para os iniciantes. Mas nem tente comparar a estrutura de lá com o Cerro Castor. O local conta apenas com um lift para a pista principal e um “fora de pista” para quem já domina o esporte. Na base também há uma pequena pista para quem está começando, onde acontecem as aulas de esqui/snow. Apesar da estação ser bem menor, nós curtimos muito e indicamos de olhos fechados para quem quer economizar ou nunca teve contato com uma prancha de snowboard na vida.

Snowboard Glaciar Martial
Quem vê até pensa que sou uma snowboarder hahaha

Por lá também tem uma lanchonete, um restaurante e uma casa de chá que é uma atração à parte (falamos mais sobre ela no post Restaurantes em Ushuaia: 10 excelentes opções para comer na cidade). Além disso, todo o entorno é lindo e com certeza vai render um monte de fotos! Enfim, mesmo que você não pretenda esquiar tire pelo menos um dia para curtir a neve no Glaciar Martial.

Glaciar Martial
Entrada para o restaurantes e casa de chá
Dica de hospedagem para o seu roteiro: inicialmente havíamos escolhido um hotel mais distante do centro para os nossos dias em Ushuaia. Porém, como as ruas ficam com muita neve, achamos melhor escolher algo um pouco mais perto. A questão é que hospedagem em Ushuaia é algo bem caro. Foi aí que encontramos a Posada del Fin del Mundo, com cerca de 20 minutos de caminhada até a rua principal, café da manhã, chá e bolos a tarde, com um precinho justo. Mas como Ushuaia é uma cidade cheia de hotéis de todos os tipos, fizemos um post com diversos deles! Há dicas que vão desde os melhores hotéis 5 estrelas da cidade, até os hostels mais econômicos.
Valores no Glaciar Martial

Nós fizemos dois dias inteiros de snow. Chegamos lá de manhã e saímos só no final da tarde. Nesses dois dias fizemos duas aulas e achamos que valeu muito a pena, principalmente pelo preço. Em síntese, o aluguel do equipamento de snowboard custa na faixa de 750 pesos e o de esqui na faixa de 670 pesos, ambos valores para alta temporada (valores de 2019). Ou seja, o aluguel sai bem menos de 100 reais para ambos os esportes e ainda por cima, sobra uma graninha extra para a aula. Caso você precise de informações sobre valores consulte o site oficial aqui.

Glaciar Martial
O entorno é uma graça. Com neve pra todos os lados
Embora o seguro viagem não seja um item obrigatório para quem viaja para a Argentina, a contratação de um seguro é algo de suma importância durante qualquer viagem. Ainda mais se o seu roteiro incluir algum tipo de esporte de aventura. Nós sempre fazemos o nosso seguro através da Seguros Promo pois sempre encontramos ótimas opções de preço. Faça um comparativo entre os melhores seguros do mercado através da Seguros Promo. Você verá as melhores tarifas disponíveis e ainda tem 5% de desconto usando o código CARIOCA5

FAÇA A SUA COTAÇÃO E GANHE 5% DE DESCONTO COM O CUPOM CARIOCA5

2 – Centros Invernais

Outro lugar para curtir a neve em Ushuaia é em algum Centro Invernal. Ao todo, são 11 deles espalhados pela cidade, onde você pode fazer desde patinação no gelo à travessias de esqui. Ou seja, não faltam opções para você escolher!

Tierra Mayor
Tierra Mayor

Entre eles, os mais famosos são os centros Tierra Mayor, Las Cotorras e Valle de Lobos. Isso sem contar os centros de esqui que já falei ali em cima. Você pode escolher um deles e fazer várias atividades de inverno tais como passeios de trenó, caminhadas com raquetes de neve, andar de quadriciclo ou pilotar moto de neve, por exemplo. Se você quiser pode também fazer o seu boneco de neve e tá tudo certo. Tá, o nosso ficou feio, eu sei. Mas era o que tinha no momento! haha. Nós escolhemos o Tierra Mayor e alugamos uma moto de neve. Foi uma experiência super legal! Ainda mais porque nunca havíamos feito nada parecido antes.

Tierra Mayor
Nossa tentativa de boneco de neve haha
Apesar de termos praticado o snowboard por conta própria, todos os nossos outros passeios em Ushuaia foram contratados através da Brasileiros em Ushuaia. Além deles terem o atendimento em português, a oferta de atividades é tão grande que a gente fica com vontade de fazer tudo quanto é tipo de passeio. E o melhor é que ainda é possível reservar tudo pela internet e parcelar em 12x no cartão de crédito.

E onde mais posso curtir a neve na cidade?

Olha, sem pestanejar eu diria que curtir a neve na própria cidade também é uma das coisas mais legais de se fazer. Fica tudo tão lindo que dá vontade de parar toda hora para tirar fotos. Acho que os filmes de Hollywood contribuíram ainda mais para eu me encantar com Ushuaia durante o inverno! Haha

♦PLANEJE A SUA VIAGEM♦

  • Reserve a sua hospedagem através do Booking e garanta as melhores tarifas. Fique tranquilo porque reservando através do nosso blog você não pagará nenhuma taxa extra. E além disso ainda nos ajuda a mantê-lo no ar, criando cada vez mais conteúdos gratuitos e de qualidade.
  • Alugue o seu carro com até 60% de desconto. Parcele no cartão e sem cobrança de IOF pela RentCars. Além disso, todo o valor é gerado em reais.
  • Viaje conectado! Compre seu chip de celular da Yes Brasil com internet 4G para usar no exterior.
  • Compre seus ingressos antecipados através da Tiqets e evite filas nas atrações mais famosas do mundo.
  • Reserve os melhores passeios e experiências com a Get Your Guide.

Compartilhar
Autor

Carioca de nascimento. Educadora Física de profissão. Viajante de coração. Apaixonada pelas coisas simples da vida e intrigada pelas complexas. Costuma dizer que adora um sol, mas não dispensa os dias nublados.

25 Comentários

  1. O frio não assusta nãaaao! Eu adoro! E tenho muita vontade de conhecer Ushuaia e ver a neve de pertinho, nunca vi….rs.
    Adorei as dicas dos centros invernais, nem sabia que existiam…hehe.
    Beijos!
    Amei o post!

  2. Ah.. que delícia de post e de lugar!
    Sempre que penso em ir para Ushuaia (que até hoje não entendo por que não fui…rs), procuro em ir quando estiver menos frio, mas agora vou rever meus conceitos…

  3. Excelente post. Visitei no verão e rever a cidade toda nevada foi sensacional. Uma experiência totalmente diferente e que deu um gostinho de querer revisitar. Obrigado! Grande beijo.

  4. que máximo! minha mae acabou de voltar do Ushuaia e El Calafate e AMOU! voltou super recomendando, fiquei cheia de vontade vendo as fotos dela e agora mais ainda com esse post!

  5. Gabriela Alvarenga Responder

    Minha BFF tá em Ushuaia neste instante e está amando. Ainda bem que tem os relatos de vocês porque ela morre de preguiçada dar dicas, rs.

  6. Pensa em um lugar lindo ? pois é… apaixonada por Ushuaia. Estive na Patagônia mas não consegui conhecer, espero poder retornar em breve. Obrigada pelas dicas valiosas. Parabén pelo post bjss

  7. Ah que lindo!!! Eu também adoro neve <3
    Amei as dicas, amiga! Juro que o lugar nunca esteve na minha listinha, mas me encantou. Até mesmo o fato de ter essa estação de esqui mais "acessível" para os iniciantes me animou 🙂
    As fotos estão lindas e adorei vocês modelando durante a descida kkkk
    Beijinhos

  8. A Patagônia é incrível mesmo! Engraçado que as pessoas pensam que não tem muito o que fazer na neve, mas há sempre muitas atividades organizadas, as pessoas que moram lá sempre se divertem!

  9. Aiiin, Ushuaia tá na minha lista um tempinho e adorei ler esse post! Me deu mais vontade de riscar a cidade e viajar logo…

  10. Tenho verdadeira paixão por conhecer o Ushuaia e acho que por estar tão perto, acabo deixando pra depois. Foi ótimo ler seu post e me relembrar desse desejo. Já está salvo para consulta posterior.

  11. Nossa, preciso muito tentar mais uma vez esquiar ou andar snowboard 🙂 A primeira vez que tentei não consegui muito e a patroa sofreu bastante… hahaha… preciso convence-la.

  12. Amei o seu post! Super completo! vou para Ushuaia agora em julho no inverno e estava na MAIOR dúvida se eu iria para cerro castor ou para o glaciar esquiar. Eu já sei esquiar, mas meu marido nunca nem viu a neve! hehe..Então no glaciar dá pra esquiar um pouco e se divertir??? Obrigada!

    • Ushuaia no inverno é incrível! Vocês vão curtir demais!!
      Acho que seria legal se vocês fossem um dia no Glaciar e outro no Cerro. Mas no Glaciar dá pra brincar bastante, principalmente iniciantes. Para mais avançados, as opções de pista são poucas, mas dá pra brincar. Rs

  13. Oi, Dhebora! Tudo bem?
    Vcs foram em qual data? Estou me programando para ir na primeira quinzena de junho deste ano, mas estou com medo de não pegar muita neve!
    E quero neve em tuuudo!!!rsrsr pra voltar encantada como vc!
    Vi que o Cerro Castor só abre em 22 de junho, e nessa data já não estarei mais por la. Fiquei com receio de as outras atividades ficarem comprometidas tb….
    Se poder opinar!
    Obrigada!!!

    • Oi, Julia! Nós estivemos na cidade em Setembro (chegamos dia 19) e pegamos bastante neve. As ruas ainda estavam cheias de neve e depois de uns três dias começou o degelo. Olha, acredito que no Glaciar Martial deve ter neve (pelo menos na trilha dele). Ushuaia é meio imprevisível, às vezes neva até no verão haha… então assim, se você já está com tudo comprado, vai na fé! rs Se ainda não tiver comprado, compra um pouco mais pra frente pra garantir.

  14. Olá Dhebora, tudo bem?
    Também sou travel bloger e estou aqui organizando uma trip para o Ushuaia – ainda são planos mas espero tirrá-los do papel em breve :). Fiquei curiosa sobre a quantidade de sol e duração dos dias. Morei alguns anos na Irlanda e no inverno os dias eram bem curtos e sem sol. Como foi a experiencia de vcs no Ushuaia? Atrapalhou o snowboard ou deu para curtir sem problemas?
    Abraços,

    • Oi, Michele! Tudo bem?
      Nós pegamos sol praticamente todos os dias da viagem, tanto em Ushuaia como em El Calafate. E era bem gostoso porque era aquele sol que só fazia figuração, sabe? haha. Os dias demoravam um pouco pra clarear, tanto que os passeios costumavam começar após às 8:30. E anoitecia por volta das 17 horas. Em relação ao snow, não atrapalhou em nada. Inclusive, tive que usar bastante protetor e ainda assim fiquei queimada hehe

  15. Angelica Benelli Responder

    Oi Dhebora, adorei as dicas… estaremos indo para Ushuaia em Julho em seu posto foi super válido. Pergunto, vocês alugaram as motos de neve por conta própria ou foi através de algum pacote de passeio ?

  16. Oi Dhebora!, td bem?
    E os voos? Vc comprou direto ou parou em Buenos Aires? Estou vendo as passagens e todas tem uns horários estranhos, rs. Queria saber o que é melhor, voo direto com parar em Buenos Aires e pegar um voo interno, em termos financeiros…

    • Oi, Leila! Tudo bem e você?
      Olha, não há voos sem escalas para a Patagônia no geral. Nós compramos as passagens pela Aerolíneas, com escala em Buenos Aires. Geralmente os horários são estranhos mesmo, não tem muito o que fazer em relação a isso. Na pior das hipóteses, pegue uma conexão de 24hrs em Buenos Aires e aproveite para uma perninha na cidade rs.

Escreva um comentário