Atualizado em

Enquanto uns amam conhecê-lo, outros o chamam de dispensável, superestimado. Divergências à parte, o Parque Nacional Tierra del Fuego é um dos grandes atrativos de Ushuaia. E sem querer tomar partido, mas já tomando, nós somos do primeiro time, daqueles que o visitaram e adoraram, mesmo cheio de neve, em pleno inverno patagônico.

Neste artigo contaremos sobre como é conhecer o Parque Nacional Tierra del Fuego em pleno inverno, mas também daremos todas as dicas necessárias para visitá-lo em outras épocas do ano.

Parque Nacional Tierra del Fuego
Parque Nacional Tierra del Fuego em Ushuaia

O Parque Nacional Tierra del Fuego, em Ushuaia

Criado em 1960, o Parque Nacional Tierra del Fuego se encontra a 12 km de Ushuaia e possui cerca de 70 mil hectares. Além de estar à beira do Canal de Beagle ele também possui uma pequena porção que se encontra em terras chilenas. Inclusive, algumas das montanhas que você verá por lá são chilenas, mas falaremos sobre isso mais pra frente.

No parque você terá a oportunidade de fazer trilhas, conhecer lagos e apreciar um pouco mais da fauna e flora da região, independente da época em que você visitá-lo.

Como chegar no Parque Nacional Tierra del Fuego

O Parque Nacional Tierra del Fuego se encontra na Ruta Nacional nº 3. Aliás, ela é considerada a ruta mais austral do mundo e se encerra justamente no parque, o que também faz dele o parque mais austral do mundo.

Carro

Você pode chegar no parque com um carro alugado e essa é a melhor opção caso você queira fazer tudo no seu ritmo, de acordo com o seu roteiro. No entanto, vale ressaltar que se tratando do inverno, é necessário estar atento às condições da estrada, além de ser obrigatório o uso de correntes de neve nos pneus.

Transfer e transporte regular

Também é possível contratar um serviço de transfer e vans regulares que saem do centro de Ushuaia. No geral, os valores variam entre 800 e 900 pesos ida e volta, por pessoa, e os horários mudam de acordo com a época do ano. Se informe direitinho assim que chegar na cidade. A maioria dos hotéis também sabem passar essa informação.

Agência de turismo

Nós somos super adeptos de fazer tudo por nossa conta, porém, consideramos que a melhor forma de conhecer o Parque Nacional Tierra del Fuego durante o inverno é contratando um passeio. Primeiro porque não é necessário se preocupar com a neve nas estradas e segundo porque a agência te levará diretamente até alguns pontos principais, sem ser necessário caminhar na neve e/ou na lama. Durante o verão, possivelmente iríamos por conta própria porque faríamos as trilhas abertas com mais calma. De qualquer forma, essa opção é excelente para quem quer mais comodidade, independente da época do ano.

Nós fizemos esse e outros passeios na cidade com a Brasileiros em Ushuaia e não temos o que reclamar do serviço.

TODOS OS LEITORES DO CARIOCA SEM FRONTEIRAS TÊM 5% DE DESCONTO EM QUALQUER PASSEIO COM A BRASILEIROS EM USHUAIA E PARCELAMENTO EM ATÉ 12X NO CARTÃO, BASTA DIGITAR O NOSSO CUPOM.

CUPOM: CARIOCASEMFRONTEIRAS
PEGUE AQUI O SEU DESCONTO!

Tren del Fin del Mundo no Parque Nacional Tierra del Fuego

Também é possível chegar no parque de trem. Sim, isso mesmo. Através do Trem do Fim do Mundo você chega no Parque Nacional Tierra del Fuego de um jeito um pouco mais turístico, porém, tradicional.

Trem do Fim do Mundo
Trem do Fim do Mundo

Esse era o trem que levava os presos do Presídio de Ushuaia para trabalhar nos bosques. É possível conjugá-lo com uma excursão até o parque, onde a empresa deixa os turistas na estação de trem e encontra com eles novamente na entrada no parque.

Embora tenhamos contratado o passeio com uma agência, optamos por não fazer esse percurso de trem. Já tínhamos lido alguns relatos na internet e acabamos não nos interessando tanto. Então, ficamos ali pela área da estação caminhando e tirando fotos. Quando nossos companheiros de tour embarcaram no trem, seguimos com a van até a estação final do trem, próxima da entrada do parque.

Ali aproveitamos para descer da van e fazer mais fotos. Afinal, havia tanta neve e nós nunca tínhamos visto tanta neve junta assim! Rs.

Estação de desembarque Tren del Fin del Mundo
Muita neve na estação de desembarque do Trem do Fim do Mundo, próximo da entrada do Parque Nacional Tierra del Fuego

Atrativos no Parque Nacional Tierra del Fuego em Ushuaia

Bahia Lapataia

A primeira parada do passeio foi na Baía Lapataia. Assim que a van estaciona somos recebidos por uma placa indicando o final da Ruta 3. Em seguida, pegamos uma pequena trilha suspensa até o Mirador Lapataia, de onde podemos observar montanhas, animais, a Bahia Lapataia e o Canal de Beagle. (leia mais sobre a navegação pelo Canal de Beagle)

Centro Alakush

Em seguida fomos até o Centro de Visitantes Alakush. Pelo caminho passamos por uma castoreira, mas como estava chovendo nesse momento, preferimos não descer.

Centro de Visitantes Alakush
Centro de Visitantes Alakush (Foto: www.centroalakush.com.ar)

O centro de visitantes possui restaurante e lanchonete, além de uma loja de souvenir. Comemos algumas empanadas, talvez as mais caras da viagem, e continuamos o passeio. Ainda dentro do Alakush, é possível ver exposições sobre as antigas tribos da região e sobre a fauna e a flora do parque. Mas o melhor de tudo é o mirante que tem lá dentro! Não deixem de subir porque a vista que se tem para o Parque Nacional Tierra del Fuego é incrível!

Mirante Parque Nacional Tierra del Fuego
Mirante dentro do Alakush

Lago Roca

No entanto, o melhor ainda estava por vir. A última parada do passeio foi no Lago Roca, eleito por nós a atração mais bonita que vistamos nesse dia.

Também chamado de Lago Acigami, trata-se de um lago de origem glacial e suas águas são divididas entre a Argentina e o Chile. Aliás, lembram das montanhas chilenas que citei no início desse texto? Então, as montanhas que vemos ao fundo do Lago Roca já se encontram em território chileno e embora pareçam estar próximas de nós, elas estão bem distantes!

Lago Roca Parque Nacional Tierra del Fuego
Lago Roca

Trilhas do Parque Nacional Tierra del Fuego

Como estávamos no meio de um roteiro em Ushuaia no inverno, todas as trilhas estavam fechadas, com exceção da Baía Lapataia. Porém, o parque conta com mais de 40 km de trilhas de todos as distâncias e níveis. Entre as mais procuradas encontram-se a Senda Costera, Cerro Guanaco, Pampa Alta e Hito XXIV.

Aliás, dessas quatro a mais turística é a Senda Costera. Com nível médio, a trilha possui 8km de extensão e é famosa por abrigar o Correio do Fim do Mundo, onde muita gente aproveita para carimbar o passaporte.

É possível se hospedar dentro do parque?

Sim. Há quatro áreas de camping dentro do parque:

  • Río Pipo
  • Enseada
  • Laguna Verde e Cauquenas
  • Laguna del Caminante

Para maiores informações sobre camping, aconselhamos que você consulte o site oficial e baixe o manual do visitante. Além dos campings, não há nenhum outro tipo de hospedagem dentro do parque. Desta forma, se esse não for o seu estilo de viagem, o ideal é que você se hospede em Ushuaia. Nós ficamos na Posada del Fin do Mundo, a 20 minutos a pé do centro turístico e gostamos bastante, mas temos um artigo aqui no blog com diversas dicas de onde ficar em Ushuaia.

Qual é a melhor época para visitar o Parque Nacional Tierra del Fuego?

Se você quer conhecer o parque por completo, assim como fazer diversas trilhas, sem dúvidas a melhor época para ir é entre os meses de outubro e abril. Porém, se essa não for a sua finalidade, você pode conhecê-lo em qualquer época do ano, pois a visita valerá a pena. Para conferir outros atrativos da cidade, leia nosso guia sobre o que fazer em Ushuaia.

Informações importantes para a sua visita:

  • A entrada no parque custa 560 pesos argentinos e pode ser paga tanto em dinheiro como no cartão de crédito/débito.
  • Crianças de 6 a 12 anos pagam apenas 90 pesos argentinos.
  • O parque está aberto das 8:00 às 20:00, incluindo finais de semana.
  • Há 50% de desconto na tarifa do parque caso você queira visitá-lo novamente no dia seguinte, porém, o a solicitação de desconto deve ser feita no primeiro dia de visita.
  • Entre os meses de maio e setembro não há cobrança de entrada para nenhum visitante.

Você também pode gostar de ler:

  1. Confira todo o nosso material sobre Ushuaia
  2. Leia todos os artigos sobre a Patagônia Argentina aqui
  3. Veja todos os lugares por onde nós já passamos

SIGA AS NOSSAS REDES SOCIAIS E NOS ACOMPANHE EM TEMPO REAL =)
– Instagram: @cariocasemfronteiras
– Facebook: /cariocasemfronteiras

♦PLANEJE A SUA VIAGEM♦

  • Confira a nossa página de descontos ativos e economize agora na sua viagem!
  • Reserve a sua hospedagem através do Booking e garanta as melhores tarifas. Fique tranquilo porque reservando através do nosso blog você não pagará nenhuma taxa extra. E além disso ainda nos ajuda a mantê-lo no ar, criando cada vez mais conteúdos gratuitos e de qualidade.
  • Reserve seus hostels através do Hostelworld e garanta a sua hospedagem nos melhores hostels do mundo.
  • Reserve um apartamento através do AirBnb e ganhe até 179 reais em crédito na sua primeira reserva pelo site.
  • Compre seu seguro viagem com a Real Seguros e tenha os maiores descontos e as melhores formas de pagamento, inclusive parcelando em várias vezes no cartão de crédito
  • Reserve os melhores passeios e experiências com a Get Your Guide e com a Civitatis.
  • Alugue o seu carro com até 60% de desconto. Parcele no cartão e sem cobrança de IOF pela RentCars. Além disso, todo o valor é gerado em reais.
  • Viaje conectado! Compre seu chip de celular Viaje Conectado da Yes Brasil com internet 4G para usar no exterior.
  • Compre seus ingressos antecipados através da Tiqets e evite filas nas atrações mais famosas do mundo.
Author

Carioca de nascimento. Educadora Física de profissão. Viajante de coração. Apaixonada pelas coisas simples da vida e intrigada pelas complexas. Costuma dizer que adora um sol, mas não dispensa os dias nublados.

22 Comments

  1. Ushuaia é o meu maior sonho de viagem e quero fazer de carro!
    Nunca havia lindo um post com tantos detalhes, na verdade só conheço o Ushuaia através do meu esposo que fez essa viagem há dez anos atrás e fico fascinada com as histórias e fotos dele (ele foi de troller).
    E agora estou fascinada pelas fotos e pelos relatos de vocês!
    Bela viagem! Parabéns!
    Abraços.

  2. Julia Salce Reply

    Amei. Esse lugar deve ser sensacional. As fotos estão lindas. E esse Lago Roca? Maravilhoso um lago e montanhas com neve… apaixonante, deve ter rolado “chuva de fotos”. beijao

  3. Nossa que lugar especial… Sou LOUCA pra conhecer! As dicas estão ótimas e as fotos sensacionais! Obrigada por compartilhar mais sobre esse pedacinho de paraíso!

  4. Que lugar incrível e quanta neve! Ainda não conheço mas já vai fazer parte de uma próxima viagem. As fotos ficaram perfeitas, parabéns! Obrigado por compartilhar suas dicas conosco.

  5. Keul Fortes Reply

    Que sonho de viagem! Esse lugar é realmente incrível. Amei as fotos gente. O post ficou super completo e muito explicativo. Obrigada pelas dicas! =)

  6. Fabiana Diniz Reply

    Que passeio e cenário incrível! Amo Parques Nacionais e com seu post dá pra ter uma ideia de como é esse parque que com certeza está na minha lista de desejos de lugares para conhecer. Ótimo relato!

  7. Gente, que post mais incrivel!!! Esse é um dos lugares que sonho conhecer… Com certeza esqueceria do tempo admirando esse lago, com essas montanhas. Um sonho! Adorei as dicas e as lindas fotos. Seu blog está na lista dos meus preferidos. Bjos

  8. Daniela Schneider Reply

    Que fim do mundo incrível e lindo! rsrsrsrs Seu post me encheu de vontade de conhecer essa região! Amei! Parabéns!

  9. Uma bela região que eu venho escutando cada vez mais relatos e isso tem me deixado com muita vontade de conhecer. Espero que esse ano dê certo. Obrigada pelas dicas!

  10. Adorando as dicas de Ushuaia, não vejo a hora de conhecer. Tudo lindo demais!!
    As fotos consegue transmitir aquele gelinho da neve e o quanto é incrível esse lugar. Parabéns pelo post bjss

  11. Débora Savaget Reply

    Fui para Ushuaia em 2015 com meu noivo e fizemos o passeio para o parque de trem com essa agência, que sempre recomendamos, o atendimento deles foi excelente!
    Nós não fomos no inverno, então a paisagem do parque estava bem diferente das suas fotos! Só tenho uma coisa a dizer: Ushuaia é linda em qualquer estação, eu me apaixonei por lá e voltaria outra vez no inverno com certeza!

  12. A vocês sempre mandando bem nas dicas, já ouvi falar bastante de Ushuaia. Esse é o tipo de roteiro que nos agrada muito, se der para acampar melhor ainda, hahahah brincadeira na NEVE deve ser tenso demais. Vamos ver se a gente se planeja para conhecer também. Um grande Abraco.

  13. O Fim do mundo é um sonho antigo. Lembro que quando eu era pequena, passava uma reportagem chamada “Ushuaia Nature” e alem de ter mostrado Ushuaia, ele captava imagens incríveis da nossa natureza. Na época, lembro ter sonhado em conhecer esse fim do mundo. Hoje, temos as condições para ir ; so falta o tempo. Quanto tempo ficaram la ? Qual época acham mais legal ? Sera que tem urso ?

  14. Caroline Rivera Reply

    Uauuu, que lindo. Deu até um friozinho bom!
    Estou babando nas fotos, esse amanhecer é mesmo sensacional!
    Adrei o post, belíssimo destino. Que sonho esse Lago Roca.
    E muito obrigada pelas dicas.
    Beijos

  15. Esse parque é sensacional (aliás, como toda a região da Patagônia). Quando fomos, o visual estava um “pouquinho” diferente do relato e das fotos de vocês, pois fomos no verão. Legal demais poder ver essa diferença.

    Parabéns pelo post e valeu pelas dicas (espero poder voltar lá mais vezes).

  16. Daniela Milagres Reply

    Essas paisagens são de uma beleza ímpar. Apesar de não curtir muito frio, esse é um destino que quero muuuuuito conhecer. A natureza é maravilhosa! Adorei o post.

  17. Lindo parque e bem pertinho de Ushuaia. As fotos ficaram lindas, o parque parece encantador. A publicação está ótima, com muitas informações legais para quem quer visitar. Valeu pelas dicas.

  18. Jacqueline Reply

    Olá estou adorando suas dicas. Gostaria de saber em qual mês vocês foram e que tipo de calçado você usou nos passeios? Obrigado e parabéns!

    • Olá, Jacqueline! Que bom que está curtindo! Nós fomos no mês de setembro, pegamos bastante inverno ainda. Usamos botas de trekking o tempo inteiro. A minha é uma da marca Quechua e comprei na loja Decathlon. Em breve vamos lançar um post específico falando sobre como se vestir por lá. Quando você vai?

Write A Comment