Atualizado em

Berlim é cheia de marcos históricos e para quem gosta do assunto, já é o suficiente para uma viagem de sucesso. Mas além disso, a cidade consegue fazer uma mistura perfeita entre tudo o que tem a oferecer. Se de um lado temos museus, Segunda Guerra Mundial, monumentos e um certo muro, do outro temos parques, gastronomia, cerveja gelada e até mesmo modernidade. Mas não pensem que esses lados não conversam entre si. É justamente essa integração que faz dela um dos lugares mais cosmopolitas do mundo. Por isso, confira o que fazer em Berlim em uma lista com 23 passeios para você aproveitar todo esse mix cultural.

Brandemburg Tor
Berlim à noite também fica incrível

Veja o que fazer em Berlim: passeios para todos os tipos de viajantes

1 – Portão de Brandemburgo – um dos principais ícones da cidade

O Portão de Brandemburgo é um dos pontos turísticos mais visitados da capital alemã e por isso, é considerado um dos ícones de Berlim. Aliás, esse vai ser o souvenir mais fácil de encontrar. rs. Mas voltando ao papo sério, o portão foi inaugurado em 1791 e é a antiga entrada da cidade. O mais interessante é que suas passagens não são simétricas, de forma que a parte central é mais larga e só poderia ser usada pela família real.

É claro que tantas guerras não o deixariam intacto. Durante a Segunda Guerra Mundial, a Deusa da Vitória – estátua que se encontra na parte de cima – foi destruída. Então, o que vemos atualmente é uma cópia da escultura original. Durante a Guerra Fria o portão ficou abandonado e completamente inutilizado. Como o Muro de Berlim passava bem atrás dele, o local ficava cheio de torres de vigilância. Hoje em dia não passam carros por lá e é uma delícia passear por ele e pela Parisierplatz, praça onde se encontra.

2 – Berliner Dom – a Catedral de Berlim

Às margens do Rio Spree, com 114 metros de comprimento e 116 de altura se encontra a maior igreja protestante de Berlim. Sim, isso mesmo. A Berliner Dom não é uma igreja católica como muitos pensam logo de cara. A igreja é simplesmente incrível e olha que quem vos fala não é lá muito fã desse tipo de turismo. Com exceção da Basílica de São Pedro no Vaticano e Catedral de São Vito no Castelo de Praga, poucas são as igrejas que entram na minha lista.

Berliner Dom, a catedral de Berlim
Berliner Dom, a catedral de Berlim

Apesar de não termos entrado, ela é aberta para visitação e todo mundo que já fez esse passeio diz que é bem legal lá dentro. Não entramos porque ela estava em obra – tanto por fora, como por dentro. Então, achamos que nem valia a pena pagar os 7€ do ingresso. Ficamos só do lado de fora tirando fotos e curtindo o visual incrível da cúpula que nem parece que já foi destruída e reconstruída após a Segunda Guerra.

3 – Memorial do Holocausto – impactante e imperdível

O Memorial do Holocausto (ou Memorial aos Judeus Mortos) é um das dicas do que fazer em Berlim que mais impacta e mexe com as pessoas. Foi assim comigo e dificilmente não será com você. Os blocos irregulares de concreto realmente trazem a sensação de intranquilidade que tanto o arquiteto responsável pela obra quis passar. Para quem gosta, tem um museu por lá em uma sala subterrânea.

Memorial do Holocausto Berlim
Memorial do Holocausto, um dos passeios em Berlim que mais mexeu comigo

4 – Reichstag – vista panorâmica de Berlim

O Reichstag é o Parlamento Alemão e além da função política em si, tem uma parte turística bem interessante. Sua cúpula, que é quase uma obra de arte, pode ser visitada e possui uma vista panorâmica de Berlim. Nós visitamos a cúpula dos Reichstag e contamos em um post aqui no blog como foi a experiência.

Reichstag
Reichstag, o Parlamento Alemão

5 – Alexanderplatz e Torre de Tv – praça mais visitada da cidade

A Alexanderplatz é um dos lugares mais movimentados da cidade e muito provavelmente você passará por ela várias vezes durante a sua viagem. De qualquer forma, ela um dos passeios em Berlim que não podem ficar de fora da nossa indicação. Vocês acreditam que a praça é considerada o centro comercial de Berlim desde a Idade Média?

Alexanderplatz
Alexanderplatz (Foto: Pixabay)

Durante a Segunda Guerra ela foi completamente destruída – aliás, não sei o que ficou em pé em Berlim depois dessa guerra –, e com o Muro e a Guerra Fria, a praça se tornou o centro comercial de Berlim Oriental. A História conta que em 1960 a República Democrática Alemã reformou toda a sua parte, incluindo a Alexanderplatz. Não satisfeitos, em 1969 eles construíram uma enorme Torre de Tv na praça. Era uma forma de demonstrar poder, sabe? A torre tem uma visão panorâmica e hoje em dia é possível visitá-la. Nós visitamos a Torre de TV de Berlim e contamos aqui nesse post se vale mesmo a pena subi-la.

Além da torre, há inúmeros restaurantes, bares, cafés, lojas e shoppings ao redor. Também se destacam um Relógio Mundial, a Fonte de Netuno, a Prefeitura Vermelha e a Igreja Marienkirch. Vale lembrar que a Alexanderplatz já foi palco de muitos protestos, inclusive contra o próprio Muro de Berlim, mas hoje é só um local de curtição, mesmo. Por todas essas coisas, não deixe de incluir na sua lista do que fazer em Berlim.

6 – Tiergarten – um parque no meio de Berlim

O Tiergarten é o segundo maior parque de Berlim e possui nada mais, nada menos que 210 hectares. Para vocês terem uma ideia, isso corresponde a mais de 2 km² de área verde em meio ao centro urbano. O parque compreende uma região que vai desde o Portão de Brandemburgo até a Potsdamer Platz. Lá dentro é possível fazer caminhadas, praticar atividades físicas, andar de pedalinho, fazer piqueniques e etc. Caso a fome ou a sede apareçam, tem restaurante e biergarten também. A famosa Coluna da Vitória se encontra bem no meio do parque, mas ficamos com preguiça de ir até ela. #trabalhamoscomaverdade haha

Tiergarten
Tiergarten, no coração de Berlim

7 – Ilha dos Museus – se você gosta de cultura, aqui é o lugar!

A Ilha dos Museus é literalmente um ilha cheia de museus bem no meio do Rio Spree. Ao todo são 5 e fazem parte do Patrimônio da Unesco. São eles: Altes Museum com sua coleção da família real da Prússia e antiguidades de Roma e Grécia, Alte Nationalgalerie com uma enorme coleção de artes, Neues Museum com itens da pré-história, história antiga e Egito, Bode Museum com esculturas, moedas e artes bizantinas e o super procurado Pergamonmuseum com suas esculturas de antiguidades reproduzidas em tamanho real. É uma excelente dica do que fazer em Berlim se você gosta de passeios culturais.

Ilha dos Museus Berlim
Altes Museum na Ilha dos Museus

8 – East Side Gallery – uma das mais famosas dicas do que fazer em Berlim

O East Side Gallery é um dos passeios em Berlim que nós mais gostamos! Tudo bem que ele é super famoso, cheio de turista e tal, mas o lugar é maneiríssimo. Imaginem mais de 1 km de muro completamente revitalizado de forma que pareça um museu a céu aberto!

East Side Gallery
East Side Gallery

Simplesmente pegaram uma parte do Muro de Berlim e transformaram em obra de arte. Vários artistas deixam suas marcas em um local que um dia não foi tão legal assim. É um painel mais bem feito que o outro! Confira mais sobre essas e outras dicas de onde ver o Muro de Berlim aqui no blog.

9 – Checkpoint Charlie – vá de coração aberto!

De todos os passeios que fizemos em Berlim, achamos esse o mais feito pra turista ver. Mas ainda assim, vale a pena conhecer pelo contexto histórico. O Checkpoint Charlie era um posto militar na fronteira entre Berlim Oriental e Berlim Ocidental. Basicamente, ele servia para registrar membros das Forças Aliadas e diplomatas estrangeiros que passavam por ali. Por lá, a cabine é uma cópia, já que a original se encontra no Museu dos Aliados, e os guardas também não são reais. Aliás, já vale o aviso de que eles cobram pelas fotos, ok? Quem tiver interesse pode visitar o Checkpoint Museum que se encontra na mesma rua.

Check Point Charlie
Checkpoint Charlie e seus atores hehe

10 – Mauerpark – sugestão original do que fazer em Berlim

O Mauerpark ou Parque do Muro é um parque feito na divisão entre as “Berlins” (oriental e ocidental) e por isso o seu nome é realmente o sentido literal da coisa. O parque em si tem uma vibe bastante cool e é totalmente ligado à arte. Há bastante grafite e aos domingos rola o Flohmarket, um famoso mercado de pulgas da região. Esse era um dos passeios que mais queríamos fazer em Berlim. Mas, infelizmente, o mercado só acontece aos domingos e deixamos a cidade em um sábado. Para quem consegue encaixar no roteiro, além das típicas antiguidades e produtos diferentes à venda, há vários artistas de rua se apresentado e acontece até mesmo um karaokê.

MauerPark
MauerPark, o Parque do Muro em Berlim

11 – Potsdamer Platz – arranha-céus e modernidade

Acredito que a Potsdamer Platz seja um dos locais mais modernos da cidade. Pensem em uma praça com prédios espelhados, shoppings, cinemas, hotéis caros e até uma calçada da fama por perto… então! Inclusive é lá que se encontra o Sony Center, um complexo com tudo isso daí que eu falei, mais escritórios, lojas, flats e uma arquitetura um tanto quanto diferenciada. Como durante a Guerra Fria a praça ficou bem no meio da divisão entre americanos e soviéticos, uma parte do Muro de Berlim passou por lá e deixou lembranças.

Potsdamer Platz
A super moderna Potsdamer Platz

12 – The Story Of Berlin – para entender Berlim com bastante interatividade

O The Story of Berlin é um museu bastante interativo que conta a história da Berlim desde os tempos mais antigos até os dias de hoje. São mais de 20 salas que falam desde a época da Prússia e Napoleão até a cidade na sua forma mais atual. Nós adoramos o museu e indicamos demais que você encaixe no seu roteiro.

The Story of Berlin
Entrada do museu The Story of Berlin

13 – Prater Biergarten – hora de uma boa cerveja alemã!

Um dica imperdível do que fazer em Berlim é conhecer algum biergarten. Sim, os famosos jardins de cerveja estão por toda parte e há inúmeros deles para você que curte um roteiro digamos que um tanto quanto… etílico. Dentre vários indicamos o Prater Biergarten, o mais antigo e em um bairro bastante descolado da cidade. Falamos um pouco mais sobre ele no post em um post sobre biergartens e bares em Berlim.

14 – Topografia do Terror – chocante, porém, imperdível

O museu Topografia do Terror se encontra em um local bastante icônico: a antiga sede da Polícia Secreta Nazista, do Comando da SS e do Serviço de Segurança Nazista. O local conta uma exposição grandiosa contando como foi a atuação desses órgãos durante o Holocausto. Além disso, também há um pedaço original do Muro de Berlim por lá. Para quem gosta das histórias sobre a Segunda Guerra Mundial, é um prato cheio. Aliás, aqui no blog tem um post com dicas de Berlim para quem quer saber mais sobre esse período da história.

15 – Markethalle – cultura e gastronomia locais

O Markethalle é um dos mercados centrais da cidade e por isso é um dos passeios em Berlim feitos especialmente para quem curte esse tipo de lugar. Como nós adoramos ver um pouco mais sobre a gastronomia e cultura locais, sempre tentamos encaixar um mercado central em nosso roteiro.

Markthalle Berlim
Original German Food? Tamo dentro! hehe

16 – Bunker de Guerra – as entranhas de Berlim

Que tal entrar em um bunker de guerra? Já que Berlim tem essa parte histórica triste, existem alguns passeios voltados para quem quer conhecer de perto um pouquinho desse lado. Nós vistamos um bunker da Segunda Guerra Mundial e outro da Guerra Fria e indicamos demais ambos os passeios. Contamos tudo em um post sobre como é conhecer um bunker em Berlim.

bunker da Guerra Fria Berlim
Dormitório de um bunker da Guerra Fria

17 – Bebelplatz – praça histórica que merece a sua visita

A Bebelplatz é uma praça bastante emblemática, já que foi lá o palco da queima de livros feita pelos estudantes e simpatizantes do governo nazista. Em 1933 diversos livros que eram contrários ao “espírito alemão” foram retirados da biblioteca da Universidade de Humboldt e foram queimados em praça pública. Hoje em dia o local conta com um memorial chamado de Memorial da Queima dos Livros.

Bebelplatz
Bebelplatz

18 – Cevejarias – uma das melhores partes!

Já que a cerveja alemã é tão famosa, por que não conhecer uma cervejaria? Assim como os biergartens, há inúmeras espalhadas pela cidade. Algumas permitem visitas na parte da produção, enquanto outras funcionam mais como restaurantes. Independente do seu estilo de viagem, tente encaixar pelo menos uma em seu roteiro. Nós fomos no turistão e não nos arrependemos. Conhecemos a Hofbräuhaus e comemos e bebemos super bem!

Hofbräuhaus em Berlim
A melhor parte da Hofbräuhaus

19 – Gendarmenmarkt – a praça mais bonita de Berlim

A Gendarmenmarkt é uma praça bem no centro histórico de Berlim considerada por muitos como a mais bonita da cidade. Esse título se dá por três edifícios extremamente imponentes. São eles: Konzerthaus, a casa de concertos, e as quase idênticas Französischer Dom (Catedral Francesa) e Deutscher Dom (Catedral Alemã). Inicialmente a praça foi criada para ser um mercado, mas ao longo dos anos ganhou cafés, restaurantes, hotéis de luxo e lojas. Não esqueça de incluir no seu roteiro na hora de escolher o que fazer em Berlim.

Gendarmenmarkt
A Casa de Concertos de Berlim e suas duas igrejas quase gêmeas

20 – Lanchonetes de Currywurst – bom, bonito e barato

Como os alemães entendem muito de carne de porco, obviamente um dos seus pratos principais tem essa base. E como a gente não nega comida, sem dúvidas provamos bastante coisa! rs. Comemos o famoso Currywurst e foi amor à primeira vista! Por isso, meus amigos, provem! Essas salsichas com molho à base de curry, ketchup e batata frita realmente são de comer rezando. (Veja mais em Onde comer em Berlim gastando pouco)

Curry Mitte
Esse é o famoso Currywurst

21 – Kurfürstendamm – uma avenida com tudo o que tem direito

A Kurfürstendamm foi uma das ruas mais importantes de Berlim Ocidental pois ela era basicamente seu centro durante a Guerra Fria. Várias lojas e empresas foram construídas por lá nessa época justamente para ajudar na reconstrução pós guerra e além disso, a rua foi a queridinha de intelectuais e artistas. Hoje em dia a rua é um grande centro comercial e você achará de tudo, desde teatros até lojas caras.

Kufürstendamm
Avenida Kufürstendamm

22 – DDR Museum – um dos melhores museus de Berlim

O DDR Museum também foi um dos museus que nós mais gostamos na cidade. De todos os passeios em Berlim, é lá que você terá uma ideia mais clara de como era a vida na Alemanha Oriental. O museu é COMPLETAMENTE interativo e retrata de forma real como as pessoas viviam na parte da cidade regida pela União Soviética. Gostei tanto desse lugar que acho até que merece um post só pra ele no futuro. A propósito, a maioria dos lugares que cobram entrada citados nesse post dão descontos para quem tem o Berlin Welcome Card. Explicamos direitinho como é o funcionamento desse cartão no post Transporte público em Berlim: como funciona o Berlin Welcome Card.

DDR Museum Berlim
Entrada do DDR Museu em Berlim

23 – Palácio de Charlottenburg – história e beleza em um só lugar

O Palácio de Charlottenburg é o maior de Berlim e ele foi construído para ser a residência de verão da rainha Sophie Charlotte, segunda esposa de Friedrich III, rei da Prússia. A visita é guiada através de audioguia e se dentro do palácio o que encanta são os salões luxuosos, do lado de fora os jardins também não fazem feio. São incríveis e tem até um lago pra completar o cenário.

Palácio de Charlottenburg em Berlim
Palácio de Charlottenburg em Berlim

E aí? Tem mais dicas do que fazer em Berlim? Deixa a sua sugestão pra gente aqui nos comentários! =)

♦PLANEJE A SUA VIAGEM♦

  • Reserve a sua hospedagem através do Booking e garanta as melhores tarifas. Fique tranquilo porque reservando através do nosso blog você não pagará nenhuma taxa extra. E além disso ainda nos ajuda a mantê-lo no ar, criando cada vez mais conteúdos gratuitos e de qualidade.
  • Reserve seus hostels através do Hostelworld e garanta a sua hospedagem nos melhores hostels do mundo.
  • Reserve um apartamento através do AirBnb e ganhe até 179 reais em crédito na sua primeira reserva pelo site.
  • Compre seu seguro viagem com a Real Seguros e tenha os maiores descontos e as melhores formas de pagamento, inclusive parcelando em várias vezes no cartão de crédito
  • Reserve os melhores passeios e experiências com a Get Your Guide e com a Civitatis.
  • Alugue o seu carro com até 60% de desconto. Parcele no cartão e sem cobrança de IOF pela RentCars. Além disso, todo o valor é gerado em reais.
  • Viaje conectado! Compre seu chip de celular da Yes Brasil com internet 4G para usar no exterior.
  • Compre seus ingressos antecipados através da Tiqets e evite filas nas atrações mais famosas do mundo.

Author

Carioca de nascimento. Educadora Física de profissão. Viajante de coração. Apaixonada pelas coisas simples da vida e intrigada pelas complexas. Costuma dizer que adora um sol, mas não dispensa os dias nublados.

Write A Comment