Atualizado em 17 de abril de 2020

8 de novembro de 1989.
Finalmente caía o muro que dividiu a Alemanha e o resto do mundo em dois lados. Berlim, cidade que representava a maior disputa de poder da época, não estava mais dividida em Oriental e Ocidental. E após anos de separação, sofrimentos e absurdos, muitas famílias e amigos puderam se reencontrar. Hoje, 30 anos após a sua queda, onde ver o Muro de Berlim tal como ele era continua sendo um ponto importante em um roteiro pela capital alemã. E sem dúvidas, foi algo que marcou os nossos dias na cidade.

Conhecer e entender toda a história ligada à Guerra Fria e os desdobramentos da criação de um muro – que era muito mais um símbolo do que um muro em si – dividindo ideologias, nos faz repensar acontecimentos dos dias atuais. Há inúmeros lugares imperdíveis na cidade onde, além de ver o muro, você poderá entender um pouco dessa parte da história.

Fragmentos do Muro de Berlim pela cidade
Fragmentos do Muro de Berlim pela cidade

Antes de saber onde ver o Muro de Berlim, mas falar um pouquinho sobre sua história

Após o término da Segunda Guerra Mundial, os quatro vencedores (Aliados) dividiram o território alemão entre eles. A Alemanha foi divida em 4 zonas e o mesmo aconteceu com Berlim. EUA, Inglaterra e França criaram a zona capitalista de Berlim. A União Soviética (URSS) criou a zona comunista da cidade. A tensão entre as duas zonas aumentou a partir do momento em que o Plano Marshall foi instaurado e o bloco socialista ficou de fora da ajuda econômica que o plano traria aos países capitalistas que participaram da guerra.

Divisão de Berlim após a Segunda Guerra no museu Story of Berlin
Divisão de Berlim após a Segunda Guerra no museu Story of Berlin

Berlim Ocidental sofre, então, um grande bloqueio. Stálin, líder URSS, impediu que qualquer suprimento chegasse até a zona capitalista de Berlim no intuito de fazer com que os aliados desistissem do controle de suas zonas. O bloqueio foi contornado e os alimentos e suprimentos começaram a chegar até Berlim Ocidental através das vias aéreas.

A partir da década de 50 a tensão piorou de vez. Muitas pessoas que viviam nas áreas do bloco oriental se deslocaram para as regiões do bloco ocidental. Na madrugada de 13 de agosto de 1961 o Muro de Berlim foi erguido pela República Democrática Alemã no intuito de evitar o contato da Alemanha Comunista com a Alemanha Capitalista.

Uma curiosidade é que o Muro de Berlim não dividia a cidade ao meio de fato, mas sim circundava toda Berlim Ocidental.

Onde ver o Muro de Berlim

1 – East Side Gallery

Acho que essa é a dica mais famosa de onde ver o Muro de Berlim. A East Side Gallery é uma galeria a céu aberto com mais de 1,3 km de muro revitalizado. Ué, como assim?

East Side Gallery
The Wall Museum – Museu do Muro de Berlim

A East Side Gallery é uma parte do muro que virou museu de arte. São mais de 100 murais pintados por vários artistas diferentes. Sem dúvidas é um dos lugares mais incríveis da cidade!

East Side Galley
Uma pena que muitos deles estejam pichados

2 – Memorial do Muro de Berlim

O Memorial do Muro de Berlim na Bernauer Straße é um dos locais onde mais se pode sentir e entender como era Muro de Berlim. Há barras de ferro representando onde ele se encontrava antes dele ser derrubado. A parte dele que ainda existe se encontra em sua forma real: o cimento nu e cru.

Há uma exposição com painéis e maquetes explicando a história do Muro de Berlim e dá pra entender o quão difícil era conviver com isso.

Há um Centro de Documentação que também pode ser visitado. Foto gentilmente cedida pelo Rodrigo do @rodepelomundo

3 – Topografias do Terror

Essa é uma outra dica bem famosa de onde ver o Muro de Berlim. E claro, pelo nome já sabemos que é um lugar que pode mexer muito com quem o visita. O museu Topografias do Terror é um centro de documentação que conta toda a história do nazismo. O local já foi sede da Polícia Secreta Nazista (Gestapo) e é um passeio imperdível para quem quer conhecer essa parte da história. Apesar de ter achado o ambiente bem pesado, acredito que vale muito a pena ser visitado. Grande parte da área em frente ao local foi preservada, o que significa que existe um bom pedaço do Muro de Berlim por lá. Exatamente do jeitinho que ele era. Falamos um pouco mais sobre os pontos turísticos relacionados à Segunda Guerra em um post com dicas de Berlim.

Parte do Muro de Berlim em frente ao museu Topografias do Terror
Parte do Muro de Berlim em frente ao museu Topografias do Terror

DICA DE HOSPEDAGEM EM BERLIM:

Ficamos hospedados no The Circus Hostel e simplesmente amamos o lugar! Ele fica localizado em um excelente ponto do Mitte, um dos melhores bairros da cidade. Além de ter várias opções de transporte público praticamente na porta, também há inúmeros bares e restaurantes nas proximidades. No entanto, caso seu seu estilo de hospedagem seja mais um hotel, há várias opções com cancelamento gratuito no Booking. Aqui no blog fizemos um post com dicas de onde ficar em Berlim e nele listamos os melhores bairros e hotéis da cidade.

4 – Potsdamer Platz

Também é possível ver alguns fragmentos do Muro de Berlim na Potsdamer Platz. No local também há exposições contando um pouco da história.

Onde ver o Muro de Berlim na Potsdamer Platz
Onde ver o Muro de Berlim na Potsdamer Platz

5 – The Story Of Berlin

Muitos não sabem, mas também há pedaços do muro no museu The Story of Berlin. Muito provavelmente esse lugar não será top 3 no seu roteiro de onde ver o Muro de Berlim. Mas como tem muro lá, tem indicação aqui! rs. Vale lembrar que o museu é muito interessantes e lá você poderá ver toda a história de Berlim desde à sua fundação. Inclusive, é possível conhecer um bunker de guerra em seu subsolo.

Fragmentos do Muro de Berlim no museu Story Of Berlim
Fragmentos do Muro de Berlim no museu Story Of Berlim

Outras dicas de onde ver o Muro de Berlim… ou pelo menos por onde ele passava.

Há outros fragmentos do Muro de Berlim espalhados pela cidade. É possível ver alguns deles em parques como o Mauerpark, por exemplo. Mas uma coisa que nos impressionou de verdade foi quando vimos pela primeira vez as marcas do muro no chão.

Nas ruas de Berlim é possível ver a as marcas por onde o muro passava. Foram colocadas placas de metal para simbolizar o local onde o Muro de Berlim se encontrava antes de ser derrubado. É possível ver essas linhas por muitos lugares e certamente não passará despercebido pra você.

Para ver mais passeios imperdíveis na capital alemã, confira o nosso post com 23 dicas do que fazer em Berlim. =)

SIGA AS NOSSAS REDES SOCIAIS E NOS ACOMPANHE EM TEMPO REAL =)
Instagram: @cariocasemfronteiras
Facebook: /cariocasemfronteiras

Autor

Carioca de nascimento. Educadora Física de profissão. Viajante de coração. Apaixonada pelas coisas simples da vida e intrigada pelas complexas. Costuma dizer que adora um sol, mas não dispensa os dias nublados.

7 Comments

  1. Viviane Carneiro Responder

    Deve ser demais ver o Muro de Berlim de perto! Adorei o post e as dicas. Pretendo um dia poder ter a oportunidade de conhecer esse lugar. Bjs

  2. eu acho bem interessante ver esse “caminho do muro” enquanto caminho por Berlim, eh uma loucura pensar como dividiram uma cidade e um pais e as consequencias tanto politicas quanto a propria vida de cada habitante. eh muito maluco! ainda n fui nesse museu do berlin wall, nos outros sim

  3. Aline Aguiar Responder

    Olha, tanta gente escrevendo sobre Berlin só para me deixar com inveja! É uma das minhas cidades favoritas da Europa e suas dicas são ótimas para quem quer conhecer um pouquinho mais sobre a história da cidade. Adorei!!!

  4. Adorei Berlim e a sua história recente, na qual o Muro assume um destaque fundamental. Foi bom ver estas fotos e recordar essa viagem. Abraço.

  5. Pingback: 23 passeios em Berlim para você incluir no seu roteiro

  6. Pingback: O que fazer em Berlim: um tour pela Segunda Guerra Mundial

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.