Atualizado em

Terra das uvas, do vinho, do charme e de papéis de parede do Windows, não resta dúvidas de que a Toscana é um dos lugares mais visitados da Itália. Com cidades e vilarejos medievais, história, agroturismo e uma gastronomia de peso, o difícil mesmo é escolher onde se hospedar, quantos dias ficar e o que fazer em meio a tantas opções maravilhosas. Por isso, vamos sugerir 3 ideias de roteiro na Toscana para quem pretende viajar pela região pela primeira vez e que servem tanto para quem tem poucos dias, como para quem tem um tempinho a mais. 

Pienza, um dos vilarejos medievais da Toscana
Pienza, um dos vilarejos medievais da Toscana

Roteiro na Toscana: para quem vai ficar pouco tempo, para quem tem mais dias de viagem e para quem vai de carro


1 – Roteiro na Toscana: 3 dias com base em Florença

Vamos começar a nossa sugestão com o básico para quem vai pela primeira vez e não estará de carro alugado: a cidade de Florença. Como ela é a mais fácil de ser atingida via transporte público (cerca uma hora e trinta de trem de Roma) e tem uma localização estratégica para conhecer toda a região, Florença costuma ser a porta de entrada para qualquer roteiro na Toscana.

Florença, cidade imperdível para colocar no seu roteiro na Toscana
Florença, cidade imperdível para colocar no seu roteiro na Toscana

Recheada de arte e história, visitar Florença vai muito além de vinhos e gastronomia. Mas como estamos na Toscana, na impede que em três dias você conheça pelo menos uma vinícola da região. Então, vamos ao roteiro!

Veja mais:
– Visita ao Coliseu: os subterrâneos e os anéis superiores de uma das 7 maravilhas do mundo
– Roma: Fórum Romano e Palatino: 6 dicas essenciais para a sua visita
– Basílica de São Pedro no Vaticano: tudo o que você precisa saber para programar a sua visita

Dia 1

Tire o dia para fazer um tour a pé pela cidade. Visite os pontos principais como a Duomo de Florença, a Ponte Vecchio, Palazzo Vecchio, a Piazza della Signoria, entre outros. (Veja mais: O que fazer em Florença em um roteiro a pé pelos principais pontos da cidade)

Dia 2

Aproveite o segundo dia para para fazer um bate e volta até Pisa para conhecer a fotogênica Torre de Pisa. Ou então, que tal um passeio ate Chianti? Caso você queira ter um gostinho da vibe das vinícolas da região, essa é uma boa pedida! Para chegar em Pisa basta pegar um trem na estação Ferroviária Santa Maria Novella e em cerca de uma hora você chegará na cidade. Já para ir até Chianti o trajeto de trem é um pouco mais curto e dura cerca de 45 minutos, mas no entanto, se você quiser um algo mais voltado para a degustação de vinhos, talvez seja interessante contratar um tour de 1 dia por algumas vinícolas de Chianti

Torre de Pisa (Foto: Wikimedia)

Dia 3

Tire seu último dia em Florença para aproveitar um pouco mais da cidade. Duas boas opções são visitar a Galleria Uffizi (compre seu ingresso antecipadamente, não esqueça!) e finalizar o dia com um pôr do sol incrível na Piazzale Michelângelo.

Piazzale Michelângelo Florença
Pôr do sol na Piazzale Michelângelo
-> Dica de hospedagem em Florença: Como Florença é uma cidade bastante turística, hospedagem é o que não falta por lá. Nós ficamos em um apartamento alugado através do Booking bem pertinho da Duomo de Florença. Além da localização excelente, já que podíamos conhecer toda a cidade a pé, o apartamento ainda era bem estruturado e todo completinho. Mas caso seu estilo seja mais de se hospedar em hotéis, o próprio site do Booking conta com inúmeras opções com ótimo custo x benefício. Fique tranquilo pois o processo de reserva é bastante seguro! =)

2 – Roteiro na Toscana: 5 dias com base em Florença + 2 bate e voltas

Com 5 dias de viagem disponíveis já dá pra brincar um pouquinho com o seu roteiro na Toscana. Tanto de transporte público como com carro alugado, você pode manter a sugestão do tópico anterior de três dias com base em Florença e ainda pode acrescentar mais dois bate e voltas para outras cidades da região.

Dia 4

Uma boa sugestão para esse dia é fazer um bate e volta até Siena. Para chegar em Siena partindo de Florença basta pegar um ônibus na rodoviária e em menos de uma hora e meia você estará em uma das cidades mais medievais da Toscana. Chegando lá, não deixa de conhecer a Piazza del Campo, o Facciatone e a Duomo di Siena. (Veja mais – O que fazer em Siena: 6 passeios imperdíveis na cidade e 2 dicas extras). Se você ainda tiver pique e tempo sobrando pode pegar um ônibus de Siena até San Gimignano e conhecer a famosa cidade com torres medievais. Caso contrário, deixe para conhecê-la no dia seguinte.

Dia 5

Se você conseguiu fazer o combo Siena + San Gimignano no dia anterior pode aproveitar esse dia para conhecer outras cidades da Toscana como Cortona e Arezzo, também facilmente acessíveis de trem. Caso o seu quinto dia de viagem seja o dia de voltar para casa nós aconselhamos que você inverta a ordem dos passeios e deixe esse dia reservado para algum passeio em Florença, mesmo.

Cortona
Cortona (Foto: Wikimedia)
-> Você sabia que o seguro saúde é obrigatório para quem visita a Europa? Não se arrisque de viajar sem o seguro e ficar barrado na imigração ou pior ainda, de precisar de auxílio médico e não ter um seguro disponível. Nós sempre compramos o nosso seguro viagem através da Seguros Promo. Nunca tivemos problemas com a empresa e sempre os indicamos justamente porque oferecem seguros bons e confiáveis. É exatamente por isso que eles são parceiros aqui no blog! =) A parte boa nessa história é que todo leitor do Carioca Sem Fronteiras tem um desconto de 5% utilizando o cupom CARIOCA5.

3 – Roteiro na Toscana: 7 ou mais dias com base em Florença + Siena + uma cidade

Chegamos na melhor parte, pelo menos pra mim! rs. Se você tem mais dias disponíveis para fazer o seu roteiro na Toscana o ideal é que você alugue um carro. Nós fizemos exatamente isso e passamos 7 dias nessa região maravilhosa. Dessa forma conseguimos otimizar os nossos deslocamentos, conhecer mais cidades e até mesmo visitar uma vinícola por conta própria. Bom, então vamos ao roteiro? Os 3 primeiros dias em Florença podem ser mantidos, a partir daí vamos sugerir as opções com base no que fizemos e no que poderia ser feito.

-> Uma boa dica para aluguel de carros no exterior é fazer a sua reserva através da RentCars. Eles comparam as melhores seguradoras, carros e preços e além disso, você não paga o IOF. Um outro ponto positivo é que eles oferecem uma opção para pagamento online e ainda por cima costumam oferecer o parcelamento no cartão de crédito. Ou seja, você não tem sustos na hora de pagar a conta.

Dia 4

Pegue a estrada cedo em direção a Siena, aproveite para conhecer a cidade e jantar em algum lugar especial.

-> Hospedagem em Siena: Siena é uma cidade pequena e dificilmente você estará hospedado longe do centro histórico. No entanto, quanto mais perto, melhor, né? rs. Nós ficamos em um apartamento bem perto do centrinho da cidade e fazíamos tudo a pé numa boa. O apartamento era bem grande e bastante moderno. Super recomendamos! Também fizemos a nossa reserva através do Booking e por lá você consegue achar desde hotéis e apartamentos, até hostels mais em conta

Dia 5

Vamos fazer um bate e volta pela região? Dia de conhecer algumas cidades incríveis da Toscana e famoso Val d’Órcia. Siga em direção a Montepulciano, um burgo medieval que fica no alto de uma colina. Após passear um pouco por suas ruas, siga em direção a Pienza, considerada uma das cidades mais charmosas do Val d’Órcia. Em seguida termine o seu dia degustando um bom vinho Brunello na cidade de Montalcino. Mas não se esqueça que alguém tem que ser o motorista da rodada, ok? (Veja mais – Montalcino e Montepulciano, dois ótimos bate e voltas partindo de Siena / Veja também: Pienza, a jóia do Val d’Órcia na Toscana)

Montepulciano
Montepulciano é bem fotogênica, não acham? rs

Dia 6

Dia de fazer mais um bate e volta a partir de Siena. Aproveite para conhecer San Gimignano e uma vinícola tradicional familiar. Mas antes, uma paradinha no caminho para visitar um vilarejo que é tão medieval que já foi até cenário de jogo. Embora seja bem pequena, a cidade fortificada de Monteriggioni é tão fotogênica que é difícil dizer o que é mais charmoso por lá. (Veja mais: Monteriggioni, de fortaleza na Toscana a cenário de video game)

Continue a viagem em direção a San Gimignano e suas torres. Andar pelas ruas dessa cidade já é a grande atração em si. Foi de longe um dos meus lugares preferidos na Toscana! Suba em alguma torre, aproveite os mirantes e não deixe de provar algum gelato na Piazza della Cisterna. (Veja mais: O que fazer em San Gimignano, uma das cidades mais medievais da Toscana)

San Gimignano
Piazza della Cisterna em San Gimignano

Encerre o dia com uma bela degustação de vinhos em uma vinícola familiar. Nós fizemos um passeio pela Vinícola Fontaleoni que dava direito a degustação, almoço e tour pelo lugar. Adoramos e contamos tudo no post Vinícola na Toscana: degustação em uma vinícola familiar em San Gimignano.

Vinícola Fontaleoni
Vinícola Fontaleoni

Dia 7

Se você tem o seu último dia de roteiro na Toscana completamente livre, que tal fazer um pouco de agroturismo pela região? Uma boa sugestão é se hospedar em algum dos hotéis especializados no assunto e passar um típico dia à la Comer, Rezar e Amar (o filme, mesmo rs). Infelizmente nosso último dia de viagem era o dia de voltar para o Brasil. Por isso, tínhamos que chegar em Florença e pegar o voo a noite. Mas sem dúvidas um dia voltaremos para curtir a Toscana dessa forma.

♦PLANEJE A SUA VIAGEM♦

    • Reserve a sua hospedagem através do Booking e garanta as melhores tarifas. Fique tranquilo porque reservando através do nosso blog você não pagará nenhuma taxa extra. E além disso ainda nos ajuda a mantê-lo no ar, criando cada vez mais conteúdos gratuitos e de qualidade.
    • Alugue o seu carro com até 60% de desconto. Parcele no cartão de crédito sem cobrança de IOF pela RentCars. Além disso, todo o valor é gerado em reais.
    • Ganhe 5% de desconto no seu seguro viagem usando o cupom CARIOCA5 em pagamentos à vista na 

Author

Carioca de nascimento. Educadora Física de profissão. Viajante de coração. Apaixonada pelas coisas simples da vida e intrigada pelas complexas. Costuma dizer que adora um sol, mas não dispensa os dias nublados.

5 Comments

  1. Pingback: Dolomitas, tudo o que você precisa saber sobre os Alpes Italianos

  2. Pingback: Lago di Braies, um dos mais incríveis das Dolomitas e da Itália

  3. Pingback: Restaurantes em Florença, veja 5 dicas de onde comer bem na cidade

  4. Olá queridos, eu e meu esposo iremos esse ano a Itália e nos hospedaremos de início em Roma, iremos ficar uns 3 dias lá e depois partiremos para Florença, onde teremos uns 6 dias para curtir a toscana, e depois disso voltaremos para Roma para pegar voo e voltar ao Brasil.

    Adorei as dicas de vcs sobre o que fazer e onde em ir todos os dias, estava muito perdida porque eu normalmente planejo a viagem toda para mim e eu esposo, sempre procuro onde ir e etc… mas como é nossa primeira viagem internacional estava temerosa.

    Agradeço as dicas.

    • Oi, Catarina! Que bom que o nosso post te ajudou! Vocês vão amar essa viagem! Depois voltem para nos contar como foi =) Aproveitem! Beijos!

Write A Comment