Atualizado em

Siena é uma dos lugares mais interessantes da Toscana. Justamente por isso ela também costuma ser um dos locais mais escolhidos como base para conhecer a região. Uma vez que já havíamos passado alguns dias em Florença, a cidade foi o nosso ponto de partida para conhecer outros vilarejos medievais que não poderiam ficar de fora do nosso roteiro. Nós aproveitamos a nossa estadia para fazer alguns bate e voltas imperdíveis na Toscana. Mas apesar de ser encantadora, Siena é uma cidade pequena. Em um dia você pode conhecer praticamente todos os pontos turísticos mais famosos. É claro que sempre há novidades e passeios diferentes para quem pretende ficar um pouco mais. Mas como ficamos apenas duas noites, vamos sugerir o que fazer em Siena se você tem pouco tempo disponível.

Antes de saber o que fazer em Siena, um pouquinho da história e da nossa logística na cidade

A história da cidade começa a ser contada a partir da Mitologia Romana e dos filhos de Remo – aquele cara que junto com seu irmão Rômulo está diretamente ligado à fundação de Roma. Senio e Ascanio, descendentes diretos de Remo, fundaram Siena. E é por causa deles que você verá inúmeras estátuas da famosa Loba Capitolina espalhadas pelas ruas.

Loba Capitolina
Estátua da famosa Loba Capitolina

Siena possui mais de 800 anos e seu apogeu foi entre 1260 e 1348. Com certeza todos esses anos renderam muitas histórias. Entre elas, se destacam a antiga rivalidade com a sua vizinha Florença e a triste época em que a cidade foi devastada pela Peste Negra, em 1348. Hoje em dia, suas ruas históricas e medievais recebem turistas do mundo todo que ficam encantados com tamanha preservação.

Siena
Ruas de Siena

Logística do nosso roteiro por Siena

O nosso roteiro de carro pela Toscana incluía alguns dias em Florença e alguns outros em Siena. Nós ficamos em Siena por duas noites e três dias e optamos por nos hospedar em um apartamento super bem localizado, pertinho do centro histórico. Em um dia conhecemos a cidade toda a pé. Já nos demais dias aproveitamos para conhecer Montalcino, Montepulciano, Pienza, Monteriggioni e San Gimignano. Provavelmente você também irá conhecer várias cidades. Portanto, monte direitinho a sua base para não perder tempo com deslocamentos.

Fizemos todo o nosso roteiro pela Toscana com um carro alugado e não tivemos problema algum. As estradas são boas, tranquilas, além de serem cinematográficas. Fizemos o aluguel através da RentCars, ainda no Brasil. A empresa é super segura, com bons preços e o valor total já aparece pra gente em reais e sem cobrança de IOF. Ainda é possível pagar parcelado no cartão de crédito. Bastante fácil e prático.

VEJA TAMBÉM:

-O que fazer em San Gimignano, uma das cidades mais medievais da Toscana
-Pienza, a jóia do Val d’Órcia na Toscana
-O que fazer em Florença em um roteiro a pé pelos principais pontos da cidade
-Montalcino e Montepulciano, dois ótimos bate e voltas saindo de Siena

Confira o que fazer em Siena: passeios imperdíveis e dicas de restaurantes

1 – Se encantar com Piazza del Campo

A Piazza del Campo é a principal praça de Siena e justamente por isso, ela fica bem no centro da cidade. Ela é enorme e no seu entorno há inúmeros restaurantes, lojas e cafés. Além disso, alguns edifícios importantes também se encontram nessa praça.

Piazza del Campo
A foto é de GoPro, mas a Piazza del Campo é grande mesmo!

É aqui que você irá encontrar o imponente Palazzo Público. O palácio é a prefeitura da cidade desde 1930 e abriga o Museu Cívico. Também é dentro dele que se encontra a entrada para a torre mais alta de Siena, a Torre del Mangia (ou Torre do Sino – 10€ a entrada). A torre possui 102 metros, é tão alta quanto a Duomo de Siena! É possível chegar em seu topo após subir 400 degraus e dizem que a vista é incrível. Nós optamos por não subir pois já iríamos nos cansar um pouquinho subindo as escadas de um outro mirante. Mas falamos sobre isso mais pra frente.

Palazzo Publico
O edifício imponente do Palazzo Publico com a Torre del Mangia à tira colo

-> Você também pode gostar:
Dolomitas, tudo o que você precisa saber sobre essa região dos Alpes Italianos
– Lago di Braies, um dos mais incríveis das Dolomitas e da Itália
– Piazzale Michelângelo e a vista mais bonita de Florença
-Monteriggioni, de fortaleza na Toscana a cenário de video game

Palio de Siena na Pizza del Campo

Como se não bastasse ser importante por abrigar prédios históricos, a Piazza del Campo sedia uma das festas mais famosas da região: o Palio di Siena. O palio é uma festa religiosa em homenagem a Nossa Senhora e ocorre anualmente nos meses de julho e agosto. A festa consiste em uma corrida de cavalos, onde 17 contradas (bairros) da cidade disputam entre si quem dá a volta mais rápida ao redor da praça. Mas não pensem que é um torneio bobo. Cada contrada tem um brasão e a rivalidade entre elas é tão grande que é possível vê-los espalhados pelas ruas demarcando suas áreas.

Palazzo Publico Siena
Interior do Palazzo Publico

2 – Admirar a Duomo di Siena

A Duomo di Siena é um outro ponto muito visitado da cidade. Com a sua fachada de mármore colorido, ela pode inicialmente não chamar tanta atenção. Mas basta um olhar mais atento para se encantar com os seus detalhes, principalmente com os seus moisaicos.

O interior da catedral possui esculturas de artistas importantes como Michelangelo e Donatello, por exemplo. Como nós não curtimos muito visitar igrejas e nossa cota já havia se encerrado na Basílica de São Pedro no Vaticano, – que é incrível – acabamos nem entrando. Mas para quem pretende visitar o interior, é possível comprar um bilhete que dá direito a visitar a Cripta da catedral, o Batistério e o Museu dell’Opera, além da Duomo de fato. Caso você goste desse tipo de passeio, sem dúvidas vale a pena comprar o combo online. Até porque, ele sai mais barato do que se você comprar as entradas de forma separada e você ainda economizará o tempo das filas.

Duomo di Siena
Queria uma foto sem ninguém em frente da Duomo di Siena, mas é uma tarefa difícil rs

3 – Conhecer o Museu dell’Opera Metropolitana

O Museu dell’Opera é o que sobrou de uma obra de expansão da Duomo di Siena. A princípio, a ideia inicial era era tornar a catedral a maior igreja existente na época. Apesar da obra nunca ter terminado, o espaço foi utilizado para a criação de um museu que guarda os tesouros da igreja e alguns objetos que seriam utilizados em sua fachada. Nós conhecemos esse museu por um motivo muito específico, mas ele acabou sendo uma grande surpresa. Embora tenhamos gostado do acervo, nossa visita tinha um alvo mais especial. É só ler mais um pouquinho que você irá entender o porquê. rs. Para maiores informações sobre preços e horários, consulte o site oficial.

Museu dell'Opera Metropolitana
Interior do Museu dell’Opera Metropolitana com objetos que seriam usado na expansão da Duomo

Você sabia que o seguro viagem essencial para quem visita a Europa? Apesar de muita gente não saber, é obrigatório ter um seguro com apólice de no mínimo 30 mil euros para entrar nos países signatários do Tratado de Schengen – a Itália é um deles. Explicamos tudo com mais detalhes no post -> Seguro Viagem Europa: é necessário? Quanto custa? Como comprar barato?
Através da Seguros Promo e da Real Seguros, empresas que são parceiras do blog e onde sempre fechamos o nossos seguros, conseguimos desconto para todos os leitores do Carioca!

DESCONTO NA SEGUROS PROMO

PEGUE SEU DESCONTO DE SEGURO VIAGEM NA REAL SEGUROS

4 – Apreciar a paisagem do alto do Facciatone

Lembram que eu falei que conhecemos o Museu dell’Opera por um motivo muito específico? Então… para se chegar no alto do Facciatone é necessário passar por dentro do museu. Afinal, ele sim era o nosso alvo nessa visita.

Facciatone Siena
Por fora, esse é o Facciatone

O Facciatone nada mais é do que a fachada inacabada da expansão da Duomo di Siena. Imagino que lendo essa frase pode parecer pouco atraente, certo? Errado. A vista do Facciatone é simplesmente incrível! E por mais que seja um pouco cansativo subir sua apertada escada em caracol, o visual vale cada voltinha de subida. Em outras palavras, se você não ficar tonto subindo, certamente ficará com o cenário lá de cima. É lindo!

Facciatone
E que tal essa vista do Facciatone?
Facciatone
E do Facciatone ainda dá pra ver vários detalhes da Duomo di Siena

Como o acesso é limitado a uma quantidade de pessoas por vez, provavelmente você irá encontrar uma pequena fila antes de subir. Mas fique tranquilo, pois a espera não costuma ser longa demais. Em suma, nós esperamos cerca de 15 à 20 minutos até chegar a nossa vez.

Facciatone
Uma dica para conseguir uma foto sozinho no Facciatone é esperar todos descerem assim que o vigia chamarem e você ficar por último

5 – Visitar a Fortezza Medicea

Embora não tenhamos conhecido a Fortezza Medicea, acho mais que justo ela estar na nossa lista como sugestão do que fazer em Siena. Nós queríamos muito ter conhecido esse lugar porque dizem que além de ser bem bonito, tem uma vista sensacional. Mas nosso dia acabou ficando corrido e não deu tempo.

A fortaleza foi construída entre os anos de 1561 e 1563 por Cosimo I di Medici. Nessa época, Siena estava sob o domínio da família Medici de Florença e o forte foi construído no intuito de impedir que a cidade retomasse o poder. Atualmente o local funciona como um jardim público.

Fortezza Medicea
Fortezza Medicea (Foto: www.sienaonline.it.com)

6 – Se perder nas ruas medievais da cidade

Como se não bastasse se encantar com os pontos turísticos principais de Siena, outra coisa que você não pode deixar de fazer é se perder pelas suas ruas medievais. É cada cantinho tão gostoso que você certamente nem verá a hora passar.

O que fazer em Siena
O que fazer em Siena? se perca pelas ruas!

Ande sem pressa pelas vielas, conheça as lojas de produtos locais e se encante com com alguns artistas de rua tocando em algumas esquinas. Enfim, reserve um tempo para apreciar a pequena cidade com calma. Se você quiser ter informações mais específicas sobre a cidade, considere fazer um tour guiado a pé por Siena. Há alguns bem curtinhos, com 2 horas de duração e preços justos.

Siena
Siena é incrível!

De Siena para onde?

Como falamos lá no início do post, estávamos com carro alugado e aproveitamos para conhecer outros vilarejos medievais usando Siena como base. Mas, caso você não esteja de carro, existem algumas excursões bem legais saindo da cidade. Confira algumas sugestões interessantes:

Dica de onde ficar em Siena

Ficamos hospedados em um ótimo apartamento, bem pertinho do centro histórico. Em Siena há diversas opções de apartamentos e estúdios e você pode conferir vários deles no Booking. Mas se você prefere um hotel, confira o B&B I Tetti di Siena e o Hotel Italia, muito bem avaliados e com preços justos. Se você quer algum lugar com o selo de 5 estrelas, dê uma olhada no Grand Hotel Continental Siena. Por outro lado, outra opção para aluguéis de apartamento com a possibilidade de parcelamento é o AirBnb. Já usamos a plataforma em outras viagens e adoramos! Através desse link te damos até 179 reais de DESCONTO na sua primeira reserva. =)

Onde comer em Siena: dicas extras

Caso a fome apareça, dê uma paradinha para recarregar as energias e encher a barriga. Afinal, estamos na Itália, não é mesmo? Como nós conhecemos dois lugares que super valem a nossa indicação, vamos contar aqui pra vocês.

1 – Taverna del Capitano

Como resolvemos parar para almoçar quase às 3 horas da tarde, a maioria dos restaurantes estavam fechados. Tamanha foi a nossa surpresa quando encontramos uma típica cantina italiana aberta e ainda por cima, com um ótimo preço!

Taverna del Capitano
A Taverna del Capitano é uma boa opção para um almoço tardio em Siena

Almoçamos na Taverna del Capitano e a comida e o atendimento foram tão bons que achamos legal indicá-los aqui. Estávamos com tanta fome que nem tiramos foto dos pratos. #sorry. Mas segue uma foto da conta de um almoço para 5 pessoas para vocês terem ideia dos preços. Não somente a comida estava em um valor super justo, como também o vinho da casa valia a pena. Meio litro de vinho, por exemplo, saiu por 6 euros.

Tavernal del Capitano
Nota da nossa conta para 5 pessoas

2 – Ristoburger Easy

O que fazer em Siena se você já não aguenta mais comer pasta ou então está viajando com um adolescente? Faça alguma refeição em um restaurante que tenha uma comida mais… cool? haha.

Ristoburger Easy
Até que o hambúrguer do Ristoburger caiu bem

O Ristoburger Easy foi um achado depois de 10 dias de viagem comendo pratos tipicamente italianos e com o meu irmão dizendo que não aguentava mais comer macarrão. #acontece. A lanchonete serve ótimos lanches e hambúrgueres por um bom preço. A qualidade da comida é bem boa e apesar de estar bastante cheia, o atendimento não demorou quase nada.

Ristoburger Easy
Cardápio da lanchonete

E aí? Terá mais tempo na cidade? Conta aqui nos comentários o que fazer em Siena se você tem mais dias disponíveis! =)

SIGA AS NOSSAS REDES SOCIAIS E NOS ACOMPANHE EM TEMPO REAL =)
– Instagram: @cariocasemfronteiras
– Facebook: /cariocasemfronteiras

♦PLANEJE A SUA VIAGEM♦

  • Reserve a sua hospedagem através do Booking e garanta as melhores tarifas. Fique tranquilo porque reservando através do nosso blog você não pagará nenhuma taxa extra. E além disso ainda nos ajuda a mantê-lo no ar, criando cada vez mais conteúdos gratuitos e de qualidade.
  • Reserve seus hostels através do Hostelworld e garanta a sua hospedagem nos melhores hostels do mundo.
  • Reserve um apartamento através do AirBnb e ganhe até 179 reais em crédito na sua primeira reserva pelo site.
  • Compre seu seguro viagem com a Real Seguros e tenha os maiores descontos e as melhores formas de pagamento, inclusive parcelando em várias vezes no cartão de crédito
  • Reserve os melhores passeios e experiências com a Get Your Guide e com a Civitatis.
  • Alugue o seu carro com até 60% de desconto. Parcele no cartão e sem cobrança de IOF pela RentCars. Além disso, todo o valor é gerado em reais.
  • Viaje conectado! Compre seu chip de celular da Yes Brasil com internet 4G para usar no exterior.
  • Compre seus ingressos antecipados através da Tiqets e evite filas nas atrações mais famosas do mundo.

Author

Carioca de nascimento. Educadora Física de profissão. Viajante de coração. Apaixonada pelas coisas simples da vida e intrigada pelas complexas. Costuma dizer que adora um sol, mas não dispensa os dias nublados.

4 Comments

  1. Lucia Maria de Jesus Reply

    Vou à Itália em maio do próximo ano. , Será a terceira vez, mas ainda não conheço Siena; só então vou conhecer. Valeu muito as dicas!

  2. Boa noite! Estarei na Itália em outubro e pretendo passar um dia em Siena. Gostei muito de suas dicas.
    Uma pergunta: na estação de trem de Siena tem guarda-volume?

    • Oi, Jamile! Não estivemos na estação de trem de Siena, então, não sei te dizer. Todas as estações de trem que passamos na Itália tinham… acredito que lá também tenha, mas o ideal seria você confirmar. Uma sugestão é você perguntar pra algum dos hotéis da Toscana onde você ficará hospedada.

Write A Comment