Pienza

Pienza, a jóia do Val d’Órcia na Toscana

Viajar pela Toscana é se encantar com inúmeros lugares que parecem ter saído de um filme. Tá, eu sei que essa frase é manjada. Você provavelmente já leu algo do tipo em outro lugar. Mas não consigo pensar em nada mais fácil de resumir uma viagem por essa região da Itália do que isso. Além de vinícolas e parreiras em cada canto, vilarejos charmosos se fazem presente e completam o cenário dos sonhos. Dentre tantos lindos e cheios de história, uma cidade medieval planejada chama a atenção em meio ao Val d’Órcia. Embora seja pequena, Pienza tem tamanho o suficiente para surpreender. Foi assim conosco e possivelmente também será com você. (até rimou! haha)

Pienza
As ruas de Pienza ainda vazias, antes da maioria dos viajantes chegarem…

 

Pienza: uma cidade medieval planejada em meio ao Val d’Órcia

Para início de conversa, deixa eu te explicar o que é o Val d’Órcia. Sabe aquela Toscana que você viu nos filmes? Então, é nessa região que você terá o gostinho de estar em algumas locações de Hollywood ou em um cartão postal. O Val d’Órcia é um vale com altas colinas, assim como um nome sugere, e com uma das paisagens mais bonitas que eu já vi. Até mesmo se você for no inverno, como nós fomos, ficará impressionado com a beleza do lugar. Além disso, castelos, vilarejos e uma excelente culinária te esperam de braços abertos. Afinal, estamos em uma das regiões mais cenográficas do país. E como se isso não bastasse, estamos na Itália, terra de excelentes vinhos e maravilhosas pastas.

Val d'Órcia
Vista para a região do Val d’Órcia

As cidades principais do Val d’Órcia são Pienza, Montalcino, San Quirico d’Órcia, Radicofone e Castiglioni d’Órcia. Infelizmente nós conhecemos somente as três primeiras, mas ao todo, mais de dez cidades e municípios estão nesse vale. O que isso significa? Que teremos que voltar mais algumas vezes para ver tudo com mais calma. Já que uma vez só na Toscana nunca é o suficiente para ver tudo. rs. Mas enfim, vamos ao assunto principal e motivo pelo qual você está lendo esse post: a cidade de Pienza.

Pienza
Não é muito difícil ser feliz na Toscana haha

 

Utilizamos a cidade de Siena como base para conhecer Pienza e outras cidades do Val d’Órcia pois além dela ser uma cidade um pouco maior, a oferta de hotéis e restaurantes também é melhor. Em Siena ficamos hospedados em um ótimo apartamento bem pertinho do centro histórico e com um preço muito bom. Mas há inúmeras boas opções na cidade, inclusive há várias com cancelamento gratuito. Se ainda assim você quiser ter o gostinho de se hospedar em Pienza, confira as melhores opções na cidade… tem alguns cantinhos bem aconchegantes!

 

 

A história de Pienza

Em 1996 Pienza foi incluída na lista de Patrimônio Mundial da Unesco, mas sua história começa muitos anos antes disso. Inicialmente, Pienza sequer tinha esse nome e muito menos essa fama. Porém, no ano de 1405, nascia no borgo medieval de Corsignano um cara chamado Eneas Silvio Piccolomini. E foi ele o responsável por transformar Corsignano em Pienza. Mas a história não acaba aí e ainda acrescento que é bem interessante.

Pienza
Toda estrutura medieval de Pienza
-> Você sabia que o seguro viagem é obrigatório para quem visita a Europa? Apesar de muita gente não saber, é necessário um seguro com apólice de 30 mil euros para entrar no Espaço Schengen. Faça um comparativo entre os melhores seguros do mercado com a Seguros Promo. Você verá as melhores tarifas disponíveis e ainda tem 5% de desconto usando o código CARIOCA5

Em 1458 Eneas se torna Papa e passa a usar o nome de Pio II. Ora, daí já dá pra ter uma ideia de onde vem o nome Pienza, né? Mas não somente por isso. Pio II foi o responsável em transformar completamente a cidade para os moldes renascentistas vigentes na época. É possível ver a influência do Renascimento em pontos principais de Pienza, como a Duomo da cidade e o Palazzo Piccolomini, por exemplo.

 

A cidade de Florença é o berço do Renascimento e conhecê-la vale muito a pena, até mesmo para quem não curte muito História da Arte. #nósaqui! Nós curtimos tanto a cidade que fizemos um roteiro a pé incrível por lá. E de quebra, ainda assistimos um pôr do sol sensacional que com certeza está na lista dos mais bonitos que nós já vimos por aí.

 

 

E o que fazer em Pienza?

Acho que Pienza é um ótimo local para você aproveitar a famosa cultura italiana do dolce far niente. No Português simples e claro, a doçura de não fazer nada. Mas não pensem que é chegar na cidade e fazer simplesmente nada. Em resumo, é aproveitar a cidade com calma, caminhar e apreciar cada canto sem pressa. Principalmente se o seu roteiro não estiver corrido – é bem interessante que não esteja.

Logo após ver os edifícios principais da cidade (que não são muitos) na Piazza Pio II, vá em direção às ruazinhas que além de serem as mais famosa, são as mais charmosas de Pienza. Caminhe pela Via dell’Amore, Via del Bacio e Via della Fortuna. Em seguida, se delicie com um mirante com vista para o Val d’Órcia, ainda mais se o tempo estiver aberto. Nós não tivemos tanta sorte, já que nessa hora uma chuvinha fina começou a cair. Mas ainda assim, achamos a vista sensacional! Por fim, para finalizar a delícia de não fazer nada, aproveite um bom vinho e uma boa pasta em alguma cantina da cidade.

Como nós estivemos em Pienza na parte da manhã, acabamos não conhecendo nenhum restaurante. Mas é claro que não ficaríamos de estômago vazio o dia inteiro. Logo em seguida seguimos viagem em direção à Montalcino, outro vilarejo lindo da Toscana. Por lá, nós almoçamos em uma ótima cantina que além de ter uma comida maravilhosa, tinha um ótimo preço. Com toda a certeza recomendo que você também dê essa esticadinha.

 

Pienza
Será que rola amor em Pienza? s2

 

Como chegar

Embora algumas pessoas conheçam Pienza partindo de Florença, acreditamos que a cidade de Siena seja a melhor base para fazer esse passeio. Até mesmo porque saindo de Florença você levará quase duas horas de carro, enquanto de Siena o trajeto dura um pouco mais de 50 minutos. Da mesma forma, o trajeto de ônibus é bem mais complicado tendo Florença como base, já que além do tempo de deslocamento ser maior, ainda haverá a necessidade de fazer baldeação em Siena. Por outro lado, a linha de ônibus 112 faz o trajeto Siena x Montepulciano, com parada em Pienza. Apenas vale ressaltar que esse ônibus não opera aos domingos e feriados.

 

Fizemos toda a nossa viagem pela Toscana de carro. Como sempre, fizemos nossa reserva através da RentCars. O bom de reservar através deles é que o valor total é cobrado em reais e sem IOF. Além disso, ainda podemos parcelar no cartão de crédito. Faça a sua cotação e garanta os melhores preços.

 

 

♦PLANEJE A SUA VIAGEM♦

 

  • Reserve a sua hospedagem através do Booking e garanta as melhores tarifas. Fique tranquilo porque reservando através do nosso blog você não pagará nenhuma taxa extra. E além disso ainda nos ajuda a mantê-lo no ar, criando cada vez mais conteúdos gratuitos e de qualidade.
  • Alugue o seu carro com até 60% de desconto. Parcele no cartão de crédito sem cobrança de IOF pela RentCars. Além disso, todo o valor é gerado em reais.
  • Ganhe 5% de desconto no seu seguro viagem usando o cupom CARIOCA5 em pagamentos à vista na Seguros Promo. Ou então, parcele em 12 vezes sem juros no cartão de crédito.

 

Compartilhar

Dhebora Sancho

Carioca de nascimento. Educadora Física de profissão. Viajante de coração. Apaixonada pelas coisas simples da vida e intrigada pelas complexas. Costuma dizer que adora um sol, mas não dispensa os dias nublados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

* Checkbox GDPR / Regulamento Geral de Proteção de Dados do Usuário

*

Concordo / I agree