Atualizado em 21 de junho de 2020

Algumas características fazem de Pienza, na Toscana, um vilarejo único. A primeira delas é que ela é a única cidade planejada do Século XV e quiçá esse seja um dos seus grandes diferenciais. A segunda é que ela está em uma das regiões mais bonitas da província.

O fato é que a beleza de Pienza vai além dessas definições, sendo praticamente impossível não se apaixonar por esse antigo burgo medieval.

Pienza
Pienza

Pienza e seu título de Cidade Ideal

Localizada a quase 500 metros acima do nível do mar e no meio do Val d’Órcia, uma das áreas mais bonitas da Toscana, Pienza está na lista de Patrimônio Mundial da Unesco desde 1996. Porém, sua história é antiga e para contar um dos seus principais capítulos nós precisamos voltar até o ano de 1405.

Val d'Órcia
Vista para o Val d’Órcia

Nesta época em que Pienza ainda se chamava Corsignano, um cara de nome Eneas Silvio Piccolomini nascia na cidade. Alguns anos depois, em 1458, ele se tornou Papa e adotou o nome de Pio II. Após longos anos distante de sua cidade de origem, Pio II a encontrou um tanto quanto abandonada e decidiu que era hora de restaurá-la.

Para isso, ele chamou Bernardo Rossellino, um artista renascentista, para reformar completamente o local. Rossellino moldou o burgo medieval para os moldes renascentistas da época, de forma que o lugar virasse uma cidade ideal, um modelo urbanístico do Renascimento. Por consequência, Corsignano passou e se chamar Pienza em homenagem a Pio II.

Em 1464 Pio II morreu de repente e a reconstrução foi interrompida. Desde então, Pienza estagnou, parou no tempo, de tal modo que até hoje em dia ela se mantém intacta, assim como era antigamente.

O que fazer em Pienza em 1 dia

Pienza é uma cidade pequena, então, em poucas horas você consegue ver os seus principais pontos turísticos.

Porta al Amurello e Corso Rossellino

Você começará pela Porta Amurello, a principal entrada do burgo medieval. Em seguida, caminhe pela Corso Rossellino, a principal rua de Pienza. Cheia de lojas, bares e restaurantes, ela é uma rua só de pedestres.

Piazza Pio II

Ao caminhar pela Corso Rosselino você chegará na Piazza Pio II, a principal praça do vilarejo, onde é possível perceber muito da arquitetura renascentista. Nela existem alguns edifícios importantes e históricos, como a Catedral Santa Maria Assunta, a Duomo di Pienza.

Também é na praça que se encontra o Palazzo Piccolomini, que durante anos pertenceu aos herdeiros de Pio II, além de ter sido sua residência de veraneio. O palácio foi cenário do famoso filme Romeo & Giulietta em 1968 e hoje em dia é possível visitá-lo. Aliás, o seu terraço possui vista para as colinas da Toscana e para o Monte Amiata, um vulcão extinto da região.

Ainda na praça você verá o Palazzo Comunale, que é a prefeitura da cidade, e o Palazzo Borgia, onde funciona o Museu Diocesano. Nesse museu há uma coleção de obras de artes medievais e modernas de Pienza. Para saber mais sobre ele, consulte o site oficial.

Via dell’Amore, Via della Fortuna e Via del Bacio

Não deixe de passear pela Via dell’Amore, Via della Fortuna e Via del Bacio, consideradas as ruas mais charmosas de Pienza.

Aliás, nessas ruas há um mirante espetacular para o Val d’Órcia, sendo um dos mais bonitos que nós vimos na viagem. Além disso, se o tempo estiver bom, também será possível avistar o Monte Amiata. Infelizmente, como visitamos a Toscana durante o inverno, pegamos alguns dias de chuva e o cenário estava um pouco nebuloso. Mas ainda assim, de tirar o chapéu!

Neste post aqui você confere porque não deve desistir da sua viagem caso só tenha o período do inverno para conhecer a Toscana.

Como chegar em Pienza saindo de Siena e de Florença

Pienza é uma excelente alternativa para se conhecer a partir de Siena (saiba mais sobre Siena aqui), ainda mais porque há ônibus direto entre as cidades. Como nós estávamos viajando de carro alugado, levamos pouco mais de 50 minutos no trajeto. Nós fizemos todo o nosso roteiro pela Toscana em um carro alugado pela RentCars, onde pudemos pagar parcelado e sem a cobrança de IOF. Leia mais sobre como montar um roteiro na Toscana.

Saindo de Siena de carro você deverá pegar a SR2 até Pienza, não tem erro. Se optar pelo transporte público, pegue o ônibus 112, que faz a rota Siena x Montepulciano, mas ele não opera domingos e feriados. Aliás, Montepulciano também é uma cidade na Toscana que vale a pena conhecer. Saiba mais sobre Montepulciano aqui.

Se você está em Florença e pretende fazer esse passeio de carro, o caminho é um pouco mais longo. A viagem durará cerca de 1h40min e você deverá seguir pela A1/E35, depois pegar a SP327, seguida pela SP15 e SP146. É só jogar no GPS que não tem erro. Por outro lado, se quiser ir de ônibus deverá tomar uma condução até Siena e então, outra para Pienza.

Fazendo uma excursão

Se tanto o carro alugado como o transporte público não se encaixam no que você precisa, é possível contratar uma excursão até Pienza. Saindo de Siena, há tours que passam por Pienza, Montalcino e Montepulciano com direito à degustação de vinhos. Veja mais sobre o tour aqui.

Por outro lado, saindo de Florença há passeios que vão até o antigo burgo medieval e ainda passam por Montalcino e Montepulciano, com direito à degustação de vinhos e queijo pecorino típico de Pienza. Saiba mais sobre o passeio aqui.

VEJA TAMBÉM:

-Como aproveitar suas horas de conexão em Roma
-Confira dicas de onde comer em Florença
-Visite e se encante com uma vinícola familiar na Toscana

Onde comer em Pienza

Ainda que seja pequena, Pienza possui uma seleção interessante de restaurantes. Inclusive, se você puder, não deixe de experimentar o queijo pecorino local, o qual a cidade é reconhecida mundialmente por produzir. Nós visitamos o vilarejo pela manhã, então, apenas conhecemos uma cafeteria, mas vamos deixar algumas sugestões para vocês.

La Posta: uma cafeteria/bar simples em plena Piazza Pio II, sendo uma alternativa para um café e um lanche rápido. Nós paramos nela para tomar capuccino e comer cannoli.

Sette di Vino: osteria bem tradicional na cidade, localizada a cerca de 50 metros da praça principal. Famosa por trabalhar com diversos produtos locais.

La Buca di Enea: distante cerca de 150 metros da Piazza Pio II, o pequeno restaurante serve massas caseiras que costumam encantar os clientes.

La Chiocciola: restaurante especializado em pastas tradicionais e cortes de carne na brasa. Fica um pouquinho mais distante da praça principal, mas ainda assim, bem perto. Afinal, em 5 minutos a pé você chega nele. Rs

Hotéis em Pienza

Se hospedar em Pienza se torna uma opção agradável se você busca hospedagens mais charmosas e principalmente voltadas para o agriturismo. Além disso, algumas pessoas escolhem a cidade como base para conhecer as vinícolas no entorno. Se esse for o seu caso, os melhores hotéis em Pienza são:

Relais Il Chiostro: hotel 4 estrelas localizado a 100 metros da Duomo di Pienza. Seus quartos são clássicos, mas aconchegantes, e a área externa possui piscina, jardim e restaurante com vista panorâmica.

Hotel Residence San Gregorio: também localizado dentro do centro histórico da cidade, esse hotel é mais simples, mas possui acomodações charmosas. Suas tarifas são mais atrativas se comparadas com a opção acima.

B&B Camere La Vite: esse hotel é um dos melhores custo x benefício em Pienza. Possui acomodações mais modestas, mas suas tarifas são justas, o que o torna uma opção econômica sem perder o conforto.

Il Casalino: uma das principais hospedagens especializadas em agriturismo na cidade. Possui quartos bem decorados e uma área externa encantadora com jardim.

Locanda Vesuna: ainda na linha de agriturismo, esse hotel possui quartos aconchegantes, piscina e jardim. Suas tarifas são bem em conta para o que ele oferece.

Para ver todas as hospedagens disponíveis em Pienza, clique aqui. Ou então, alugue uma casa ou apartamento na cidade através do Airbnb. A plataforma oferece acomodações agradáveis e através desse link aqui nós te damos até 179 reais de desconto na sua primeira reserva.

Bom, agora que você já tem todas as informações importantes para conhecer Pienza, só falta planejar o seu roteiro e aproveitar a viagem. Depois volta aqui pra contar pra gente como foi, ok?

Você também pode gostar dessas matérias aqui:

SIGA AS NOSSAS REDES SOCIAIS E NOS ACOMPANHE EM TEMPO REAL =)
– Instagram: @cariocasemfronteiras
– Facebook: /cariocasemfronteiras

♦PLANEJE A SUA VIAGEM♦

  • Confira a nossa página de descontos ativos e economize agora na sua viagem!
  • Reserve a sua hospedagem através do Booking e garanta as melhores tarifas. Fique tranquilo porque reservando através do nosso blog você não pagará nenhuma taxa extra. E além disso ainda nos ajuda a mantê-lo no ar, criando cada vez mais conteúdos gratuitos e de qualidade.
  • Reserve seus hostels através do Hostelworld e garanta a sua hospedagem nos melhores hostels do mundo.
  • Reserve uma casa ou apartamento através do AirBnb e ganhe até 350 reais em crédito na sua primeira reserva pelo site.
  • Compre seu seguro viagem com a Real Seguros e tenha os maiores descontos e as melhores formas de pagamento, inclusive parcelando em várias vezes no cartão de crédito
  • Reserve os melhores passeios e experiências com a Get Your Guide e com a Civitatis.
  • Alugue o seu carro com até 60% de desconto. Parcele no cartão e sem cobrança de IOF pela RentCars. Além disso, todo o valor é gerado em reais.
  • Viaje conectado! Compre seu chip de celular Viaje Conectado da Yes Brasil com internet 4G para usar no exterior.
  • Compre seus equipamentos fotográficos e roupas de inverno com a Amazon.
  • Compre seus ingressos antecipados através da Tiqets e evite filas nas atrações mais famosas do mundo.

SIGA AS NOSSAS REDES SOCIAIS E NOS ACOMPANHE EM TEMPO REAL =)
– Instagram: @cariocasemfronteiras
– Facebook: /cariocasemfronteiras

Autor

Carioca de nascimento. Educadora Física de profissão. Viajante de coração. Apaixonada pelas coisas simples da vida e intrigada pelas complexas. Costuma dizer que adora um sol, mas não dispensa os dias nublados.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.