Atualizado em 18 de julho de 2020

Bolzano, em italiano, ou Bozen, em alemão, pode chamar como você preferir. Você entenderá bem melhor o porquê de eu ter começado esse artigo falando dessa forma assim que chegar na cidade. No entanto, vou adiantar a história. Essas terras que hoje em dia são da Itália já fizeram parte do Império Austro-Húngaro. Por isso, o idioma alemão, assim como o italiano, se faz presente em todas as ruas, placas e esquinas, mesmo após a Primeira Guerra Mundial, quando viraram italianas.

Essa mistura cultural e até mesmo gastronômica é o que faz dessa cidadezinha da região do Trentino-Alto Ádige tão especial. Acrescente a isso a sua localização central que permite conhecer diversos atrativos das Dolomitas e sem dúvidas você terá dias memoráveis de viagem.

Nesse guia você verá (você pode clicar diretamente no assunto que mais te interessar):

Como chegar em Bolzano, na Itália

Bolzano é uma cidade italiana do Trentino-Alto Ádige, uma região que faz fronteira com a Áustria e que também faz parte do Tirol do Sul. Toda essa área se encontra nas Dolomitas, tida por muitos como as montanhas mais bonitas da Itália, repleta de vilarejos, lagos e pistas de esqui. Aqui no blog você encontra tudo o que precisa saber sobre as Dolomitas, nos Alpes Italianos, em um guia super completo do local.

Embora Bolzano possua um aeroporto bem pequeno, atualmente ele opera apenas voos charter e táxi aéreo. Sendo assim, você deverá voar até alguma cidade maior e seguir para Bolzano de carro, trem ou ônibus. A nossa opção foi alugar um carro em Milão e seguir viagem pelas Dolomitas, em um roteiro de 12 dias. Fizemos o aluguel através da RentCars e pagamos parcelado no cartão de crédito, sem cobrança de IOF.

Como chegar em Bolzano saindo de Milão:

O trajeto de carro de Milão para Bolzano leva em torno de 3h30min pelas autoestradas A4, A22/E45. Há trens entre as cidades, porém, é necessário fazer uma baldeação em Verona. Por outro lado, de ônibus você fará uma viagem direta, com cerca de 4h15min de duração.

Como chegar em Bolzano saindo de Veneza:

Saindo de Veneza você levará pouco menos de 3 horas de carro pelas autoestradas E70 e A22/E45. Também há trem direto entre as cidades, com a viagem durando praticamente o mesmo tempo que de carro. Uma terceira opção é o ônibus, que embora seja mais barato, leva em torno de 4 horas para chegar até Bolzano, sendo mais demorado.

Como chegar em Bolzano saindo de Roma

Se você sai de Roma, a viagem já fica um pouco mais longa, durando cerca de 7 horas de carro e passando por diversas cidades como Florença, Bolonha e Verona. Neste caso, é recomendável parar em uma delas para a viagem não ficar muito cansativa.

No entanto, há trem direto saindo da estação Termini, em Roma, que leva mais ou menos 5 horas para chegar em Bolzano. Ou seja, melhor que o carro. Não há ônibus direto entre as cidades, de modo que você deverá fazer uma baldeação em Verona. Se você tem apenas uma conexão na capital, confira quais pontos turísticos visitar durante uma conexão em Roma.

Como chegar em Bolzano saindo de Innsbruck, na Áustria

Como Bolzano se encontra pertinho da fronteira com a Áustria, uma alternativa é chegar na cidade a partir de Innsbruck. De carro a viagem dura cerca de 1h30, e tanto o trem como o ônibus fazem a rota entre as duas em mais ou menos 2 horas de viagem.

Outras opções: Trento e Verona

Outras duas cidades que possuem trem e ônibus direto para Bolzano são Trento e Verona. Enquanto da primeira opção a viagem durará menos de uma hora, da segunda você levará em torno de 2 horas no deslocamento.

Nós chegamos em Bolzano após passarmos dois dias em Trento e recomendamos que você faça o mesmo caso alugue um carro.

Para comprar passagens de ônibus entre essas cidades, dê uma olhadinha na Flixbus. Viajamos pelo Leste Europeu com eles e não tivemos problema algum. Para as passagens de trem, compre com a Trenitalia ou a Bahn, caso seu ponto de partida seja a Áustria.

O que fazer em Bolzano, nas Dolomitas

Centro histórico, Piazza Walther e Duomo di Bolzano

Além de ser bem preservado, o centro histórico da cidade é pequeno e fácil de ser conhecido a pé. Por isso, ele é a nossa primeira dica do que fazer em Bolzano. Carros, pedestres e bicicletas andam harmoniosamente pelas ruas. Aliás, as bikes são tradicionais e como há muitas delas, será que podemos considerar Bolzano uma Amsterdam dos Alpes Italianos?

A Piazza Walther é a principal praça da cidade e há diversos bares, restaurantes e lojas nas suas proximidades. Bem pertinho da piazza há a Catedral de Santa Maria Assunta, a Duomo de Bolzano, que chama a atenção e encanta com o seu telhado gótico.

Duomo de Bolzano
Duomo de Bolzano

Piazza delle Erbe

Ainda no centro histórico de Bolzano, não deixe de conhecer a Piazza delle Erbe e seu famoso mercado a céu aberto. Há barracas de frutas e legumes, produtos regionais, algumas vendendo pães artesanais, outras vendendo bolos, temperos, frios e lanches prontos. Você encontrará de tudo um pouco.

Certifique-se também de caminhar pela Via dei Portici, uma rua central destinada às compras, e pela Via Dr. Joseph Streiter, onde era o antigo fosso da primeira aldeia medieval que rodeou a cidade.

Museus

Bolzano possui alguns museus, mas o mais conhecido é o Museu Ötzi,já que é nele que se encontra “um cara” de mesmo nome com 3 mil anos de idade, encontrado nas montanhas próximas da cidade. Como o gelo o conservou por completo, ele foi apelidado de Homem de Gelo.

Há ainda o Museu de Ciências Naturais, com exposições sobre o Tirol do Sul, e o Museu Cívico, com uma coleção de artes que vai desde a Idade Média até os dias atuais.

Museu Arqueológico de Bolzano

Porém, o que mais nos chamou atenção e que infelizmente estava fechado quando estivemos em Bolzano foi o Messner Mountain Museum Firmian. Ele possui uma exposição sobre a relação do homem com a montanha, além disso, está perfeitamente posicionado em um cenário esplêndido, em um castelo no alto dos alpes.

Lago di Carezza

A região das Dolomitas é cheia de lagos incríveis e em breve faremos um post compilando vários. Por sorte, um deles se encontra pertinho de Bolzano, encravado nas montanhas, sendo um dos melhores passeios para se fazer na cidade.

Lago di Carezza
Lago di Carezza

Na maior parte do tempo você encontrará o Lago di Carezza tal qual um espelho, com água verde cristalina. Porém, como o visitamos próximo do inverno, o que encontramos foi um cenário repleto de tons brancos e totalmente congelado. Mas não menos bonito por isso.

É possível acessar o lago, caminhar ao seu redor e fazer piqueniques. No entanto, toda a área estava interditada devido as chuvas que destruíram as suas encostas. Então, só pudemos vê-lo assim, do alto.

Aqui você confere excursões saindo do centro da cidade até o lago e demais lugares ao redor da cidade.

Castelos

Uma sugestão bem cultural do que fazer em Bolzano é conhecer os castelos nos arredores da cidade. O mais próximo do centro é o Castelo Roncolo. Até hoje não se sabe ao certo se ele era um castelo ou uma fortaleza, mas ele é conhecido como Castelo Pintado devido a quantidade de afrescos profanos em suas paredes.

Há também o Castelo do Tirol, que antigamente era a sede dos Condes do Tirol e hoje em dia abriga o Museu de História do Tirol do Sul, com um acervo que conta tudo sobre a história da região.

Castelo do Tirol
Castelo do Tirol

Soprabolzano

Um passeio bem legal para se fazer saindo de Bolzano é visitar a região de Soprabolzano. Do centro da cidade sai um teleférico chamado Funivia del Renon que faz o caminho em 12 minutos. Por lá você irá encontrar as Pirâmides de Terra, estruturas naturais formadas a mais de 25 mil anos, e o Corno del Renon, um parque a céu aberto com vistas espetaculares. Em Soprabolzano a influência austro-húngara é ainda mais forte e dizem que o pôr do sol de lá é um dos mais bonitos dos Alpes Italianos.

Soprabolzano
Soprabolzano vista de longe

Vinícolas

Nem só da Toscana vivem os vinhos Italianos. Bolzano é uma grande produtora de vinho, principalmente do branco. De longe você verá vários parreirais nas encostas da cidade e há vinícolas renomadas que você pode visitar. Uma das mais indicadas para fazer degustação é a Loacker Winery.

Bolzano
Parreirais em Bolzano

Bate e volta para outros atrativos das Dolomitas

Aproveite que você está em uma cidade central e conheça outros atrativos das Dolomitas. Você pode ir até o Lago di Braies, um dos mais famosos e bonitos dessas montanhas, ou até o Val di Funes, onde há várias trilhas rodeadas por paisagens cinematográficas.

Se você não estiver de carro, há tours de um dia inteiro saindo de Bolzano para o Lago di Braies e para Tre Cime di Lavaredo.

Val di Funes Italia
Val di Funes

O que fazer em Bolzano no inverno

Embora não haja nenhuma estação de esqui dentro da cidade, Bolzano no inverno é sinônimo de neve. Aliás, a cidade é uma boa base para conhecer alguns excelentes pontos de esqui das Dolomitas, conforme explicamos melhor abaixo. =)

Durante o inverno, algumas agências de turismo também oferecem passeios com motos e trenós de neve pelas montanhas das Dolomitas. Consulte a disponibilidade aqui.

Passo di Costalunga e Alpe di Siusi

O Passo di Costalunga está a apenas 40 minutos de carro de Bolzano e oferece 40 pistas de esqui na região de Carezza, sendo 8 delas pistas pretas. Além disso, há 15 teleféricos, parques de neve para adultos e crianças e refúgios alpinos.

Passo di Costalunga
Passo di Costalunga

Em contrapartida, o Alpe di Siusi, considerado um dos melhores lugares para esquiar nas Dolomitas, tem seu teleférico a apenas 30 minutos de Bolzano, se tornando uma ótima alternativa também.

Alpe di Siusi

Mercado de Natal de Bolzano

Outro passeio imperdível durante o inverno em Bolzano é o Mercado de Natal. Ele é tão famoso que é considerado um dos melhores da Itália e do Tirol do Sul.

O Mercado de Natal de Bolzano acontece na Piazza Walther, porém, é possível encontrar barracas espalhadas por toda a cidade. Do final de novembro até início de janeiro você poderá se deliciar com as comidas típicas, o vinho brulé e a linda decoração natalina. Inclusive, é uma boa oportunidade de comprar souvenirs de natal.

Confesso que eu tinha o sonho de ver um Mercado de Natal e fiquei emocionada quando vi todas as luzes se acenderem.

Hotéis em Bolzano: onde ficar na cidade

Nós ficamos na Villa Jasmine Guesthouse, bem pertinho do centro histórico de Bolzano, com ótimo custo x benefício. Nosso quarto era um estúdio completo, muito confortável, com cozinha e todos os utensílios necessários para cozinhar. Enfim, nós recomendamos a hospedagem.

Também ficamos uma noite no hotel Ottenkellerhof, que embora fique mais distante do centro, é bem avaliado, possui acomodações confortáveis e um café da manhã muito bom.

Outras opções com tarifas atrativas no centro são o Argentieri Guesthouse, o Goethe Guesthouse e o apartamento Arcade.

Entretanto, se o seu orçamento estiver mais folgado, dê uma olhada no Castel Hörtenberg, no Hotel Greif e no Parkhotel Laurin, os 5 e 4 estrelas da cidade.

Em todo o caso, Bolzano possui apartamentos e casas para alugar no Airbnb e através desse link aqui nós te damos até 179 reais de desconto na sua primeira reserva pela plataforma.

Onde comer em Bolzano

Como há muita influência do Império Austro-húngaro na gastronomia, Bolzano possui muitos restaurantes com comida tipicamente alemã, além de várias cervejarias. Nós, que não somos bobos nem nada, fomos em algumas delas e adoramos!

Paulaner Stuben

Tradicional, o bar da Paulaner é um dos mais famosos em Bolzano. A cervejaria alemã montou um point que vive sempre cheio na cidade. Por isso, se quiser uma mesa, chegue cedo.

Nós pedimos 6 cervejas, uma bruschetta e dois pratos de costela que poderia ser apenas um se soubéssemos que viria tão bem servido. Rs. A conta deu €64.

Batzen Bräu

A Batzen Bräu é uma cervejaria local muito badalada. Aliás, ela consegue ficar mais cheia que a Paulaner, o que significa que você também deve chegar cedo. O ambiente é super descolado e as cervejas são maravilhosas. No entanto, vale ressaltar que o público é mais jovem.

Não lembro quantas cervejas nós bebemos (foram algumas haha), mas pedimos um joelho de porco, um hambúrguer e uma chicken wings. Estava tudo muito gosto, mas a conta deu em torno de €80. Ou seja, cara para um padrão mais econômico.

Dönerland by Skampini

Após deixarmos os rins nas cervejarias, tiramos um dia para comer um Kebab. Acabamos nem tirando foto de nada, mas recebemos a indicação desse lugar e adoramos.

De Bolzano para onde?

Se você tem mais dias livres, que tal estender a sua viagem e conhecer outras cidades das Dolomitas próximas de Bolzano? Trento está bem pertinho e é uma cidade cheia de história e beleza natural. A partir dela você pode visitar o Lago di Tenno e o Lago di Tovel.

Cortina d’Ampezzo se encontra apenas a 2 horas de carro de Bolzano e além de ser considerada a Rainha das Dolomitas, a cidade ainda é o ponto de partida para fazer a trilha para Tre Cime di Lavaredo e para visitar o Lago di Misurina.

SIGA AS NOSSAS REDES SOCIAIS E NOS ACOMPANHE EM TEMPO REAL =)
Instagram: @cariocasemfronteiras
Facebook: /cariocasemfronteiras

Autor

Carioca de nascimento. Educadora Física de profissão. Viajante de coração. Apaixonada pelas coisas simples da vida e intrigada pelas complexas. Costuma dizer que adora um sol, mas não dispensa os dias nublados.

12 Comments

  1. Diego cestaro Responder

    Muito legal esse post. Vai me ajudar muito na viagem que quero fazer

  2. Adorei as dicas sobre Bolzano.
    Que coisa linda esse Lago di Carezza, mesmo assim, congelado!
    Ah, e cheguei a salivar de ver a foto dessa cerveja bem preta 😛

  3. Muito interessante essa mistura de culturas nessa região da Itália que deu uma característica única a Bolzano. Adorei saber do inverno por lá com neve, fiquei com mais vontade ainda de conhecer, rs.

    • Acho que a mistura de culturas é uma das coisas mais sensacionais dessa região da Itália. Dá ainda mais graça ao lugar.

  4. Angela C S Anna Responder

    passei rapidamente por bolzano quando fui para os dolomitas, vi alguns lagos como o lago di braies e misurina e tambos estavam congelados huaehaheu eu morei um tempo numa vila perto de trento e falavam alemão lá também

  5. Bolzano parece ser um lugar lindo de conhecer. Adoro essas dicas, porque gosto de colocar outras cidades no meu roteiro quando estou em um país diferente.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.