Atualizado em 12 de agosto de 2020

Inicialmente pode ser que você nem se lembre, mas sem dúvidas já ouviu o seu nome por aí. Assim como outras localidades italianas, Trento tem um passado histórico e inclusive já foi mencionada nos nossos antigos livros do colégio. Conquistada pelos romanos no Século I A.C, a cidade possui beleza arquitetônica, passeios deslumbrantes em seus arredores, museus e muita história pra contar. Por isso, vamos explicar tudo sobre o que fazer em Trento, como chegar e onde ficar na cidade.

Trento Itália
Ruas de Trento

Onde fica Trento, na Itália: sobre a cidade

Localizada no Norte da Itália, a Província Autônoma de Trento é a capital de uma região chamada Trentino-Alto Ádige. Devido a sua localização central e facilidade de acesso, a cidade é uma base perfeita para conhecer alguns parques naturais e estações de esqui dos Alpes Italianos. Além disso, Trento não só faz parte como também se encontra perto de outras principais cidades das Dolomitas, um dos destinos mais bonitos do país.

Ao longo dos séculos, Trento foi um local estratégico militar e também já foi base da arquidiocese na Idade Média. Além disso, ela foi sede do Concílio de Trento de 1545 até 1563 durante a Reforma Católica (ou contrarreforma), o movimento contra a Reforma Protestante que visava reafirmar os dogmas da Igreja Católica. Lembram dos livros de História da época de escola? Rs

No entanto, uma das situações mais marcantes em toda a sua linha do tempo é o fato de que até a Primeira Guerra Mundial Trento sequer fazia parte da Itália. Até então, a cidade era território do Império Austro-Húngaro, ou seja, fazia parte da Áustria. Com o fim da guerra em 1918,Trento se tornou oficialmente italiana, mas ainda mantém algumas de suas origens.

O que fazer em Trento: principais pontos turísticos da cidade

1 – Piazza del Duomo

Começamos as nossas dicas do que fazer em Trento com a Piazza del Duomo, já que é nela que se encontra a Catedral de Trento, uma das construções mais imponentes da cidade. Foi nessa igreja que ocorreram três das reuniões mais importantes do Concílio de Trento

Ao redor da praça existem diversos bares, restaurantes e lojas, e apesar dos preços serem um pouco mais altos nessa área, é um lugar bem legal para um almoço ou um café de fim de tarde.

Além disso, toda quinta-feira acontece um mercado ao ar livre na Piazza del Duomo, mas como estivemos pela cidade em outros dias da semana não pudemos conhecê-lo.

Piazza del Duomo em Trento
Piazza del Duomo e Catedral de Trento

2 – Palazzo Pretorio

Bem ao lado da Catedral de Trento uma enorme torre com relógio prenderá a sua visão. Se trata da Torre Grande do Palazzo Pretorio, onde se encontra o Museu Diocesano e sua enorme coleção de obras religiosas. Aliás, são tantas que atualmente o museu possui mais de 17 mil delas. Se você gosta desse estilo de passeio, sem dúvidas vale a entrada de €7.

Palazzo Pretorio em Trento
Palazzo Pretorio e Torre Grande

3 – Castello del Buonconsiglio e seus jardins

O Castello del Buonconsiglio é uma antiga fortaleza do Século XIII que hoje em dia funciona como um museu. Ao longo dos anos ele sofreu várias alterações em sua estrutura e ganhou um pouco de cada estilo arquitetônico vigente na época.

O castelo também foi palco de acontecimentos do Concílio de Trento e foi sede da resistência italiana contra os austríacos.

É possível visitá-lo e dentro dele se encontra o Museu Provincial d’Arte. O valor da entrada é de €10, no entanto, seus belos jardins são gratuitos! Ou seja, passear pelos jardins do Castello del Buonconsiglio é uma dica gratuita do que fazer em Trento. Saiba mais em seu site oficial.

4 – Via Rodolfo Belenzani

A Via Rodolfo Belenzani é considerada uma das ruas mais bonitas de Trento, senão a mais bonita delas. Ao longo da via existem várias construções com afrescos em suas fachadas capazes de deixar qualquer um de queixo caído, inclusive aqueles que não entendem nada de arte, como nós aqui.

Você verá palacetes com pinturas tanto nas paredes internas como nas externas e alguns deles merecem uma atenção especial. Bons exemplos são o Palazzo Thun (ou Palazzo Municipale), datado do Século XVI, e o Palazzo Geremia, do Século XV, localizados um em frente ao outro.

Via Rodolfo Belenzani em Trento
Via Rodolfo Belenzani

5 – Jardins Públicos de Trento

Outra opção de passeio grátis e prazeroso para se fazer em Trento é curtir o dia ao ar livre em algum de seus parques públicos. Uma sugestão interessante é conhecer os Jardins Públicos de Trento, uma praça super arborizada ao lado da estação de trem. Nós passamos por lá a tarde e vimos muitas famílias aproveitando o fim do dia.

Jardins Públicos de Trento
Jardins Públicos de Trento

6 – Museus em Trento: MUSE e MART

Embora não tenhamos tido tempo de conhecer nenhum dos dois, não podemos deixar de indicar os museus MUSE e MART como dicas do que fazer em Trento.

O primeiro é o Museu de Ciências de Trento, enquanto o segundo é o Museu de Artes Modernas e Contemporâneas. As entradas custam €12,50 e €12, respectivamente, e você pode comprá-las nos sites oficiais dos museus.

Muse Trento
Museu de Ciências de Trento – Foto: www.trentino.com

7 – Funivia di Sardagna

Embora seja um teleférico da cidade, a Funivia di Sardagna não é um dos mais turísticos do país, já que é um meio de locomoção para os moradores de Trento. Entretanto, fazemos questão de colocá-lo em nossa lista de passeios na cidade pois muitos turistas o utilizam como forma de ter uma das vistas mais panorâmicas de Trento.

Infelizmente nós não demos uma voltinha nele pois devido aos ventos excessivos se encontrava inoperante nos dois dias em que estivemos por lá. Porém, ele costuma funcionar diariamente, das 7:00 às 22:30. Você pode consultar as tarifas no site oficial.

Funivia di Sardagna
Funivia di Sardagna (www.italyformovies.it)

8 – As ruas de Trento

Durante a sua passagem por Trento reserve um tempinho para se perder sem pressa pelas ruas da cidade. Ande sem rumo, mapa ou preocupações com pontos turísticos, pois te garanto que você encontrará cantinhos muito especiais.

Todas as ruas de Trento possuem um aspecto medieval encantador e são cheias de lojas, restaurantes e cafés charmosos escondidinhos. E ainda digo mais… vez ou outra você encontrará um jardim lindão esperando pela sua visita.

9 – Igreja de Santa Maria Maggiore

Bem pertinho da Catedral de Trento, a Igreja de Santa Maria Maggiore pode até passar despercebida. Porém, basta um olhar um pouco mais atento para perceber que embora ela seja menor, tem o seu charme. Construída no final do Século IV, a igreja passou por reformas ao longo dos anos e também recebeu congregações do Concílio de Trento.

Igreja de Santa Maria Maggiore Trento
Igreja de Santa Maria Maggiore

O que fazer em Trento: passeios nos arredores e bate e voltas por essa região da Itália

Lago di Tenno

Toda essa região do Trentino-Alto Ádige é cheia de lagos incríveis. Durante a nossa viagem pelos Alpes Italianos conhecemos vários e aproveitamos os nossos dias em Trento para conhecer o Lago di Tenno.

Mesmo que o tenhamos visitado após um período de muitas chuvas na Itália, o lago estava lindo, ainda que suas águas não estivessem no tom azul como de costume. Elas estavam verdes, mas belíssimas. Há várias mesas de piquenique no local e um circuito de caminhada em torno do lago.

Lago di Tenno
Lago di Tenno

Riva del Garda

A menos de 1 hora de carro de Trento você pode fazer um bate e volta até Riva del Garda, uma das cidades à beira do Lago di Garda, o maior lago da Itália.

Riva del Garda é encantadora, cheia de montanhas ao redor e com vários esportes aquáticos durante o verão.

Lago di Garda em Riva del Garda
Riva del Garda

Bolzano

Junto com Trento, Bolzano é a outra província autônoma do Trentino-Alto Ádige. Cheia de atrações e bem próxima de pontos turísticos das Dolomitas como o Val di Funes e o Lago di Carezza, a cidade se encontra a menos de 1 hora de distância de Trento, se tornando uma boa opção de passeio de bate e volta. Veja todos os passeios de Bolzano aqui.

Lago di Carezza
Lago di Carezza

Rovereto

Rovereto fica a menos de 25 minutos de carro de Trento e é uma cidadezinha que vale um passeio de bate e volta. Por lá não deixe de conhecer o Castelo de Rovereto, responsável por abrigar o Museu de Guerra da Itália. Além disso, a cidade foi palco dos primeiros concertos de Mozart.

Rovereto
Rovereto (www.visitrovereto.it)

O que fazer em Trento no inverno

Madonna di Campiglio

Madonna di Campiglio é uma das maiores e mais importantes estações de esqui da Itália. Além de estar encravada nas montanhas, no meio das Dolomitas, ela possui um diferencial bem grande, já que seus teleféricos saem do centro da cidade e levam diretamente até as pistas. A distância de Trento é de apenas 1h20min de carro. Saiba mais sobre o ski em Madonna di Campiglio aqui.

Madonna di Campiglio
Madonna di Campiglio

Monte Paganella

O Monte Paganella é mais uma dica imperdível do que fazer em Trento no inverno, já que por lá também há uma estação de esqui muito renomada. Distante cerca de 1 hora de Trento, o local possui 50 km de pistas de todos os níveis. Consulte o site oficial da estação de esqui para mais informações.

(www.paganella.net)

Mercado de Natal de Trento, um dos mais famosos da Itália

Os Mercados de Natal são muito tradicionais nessa região do Trentino-Alto Ádige e por isso visitar o Mercado de Natal de Trento é um ótimo passeio para se fazer durante o inverno na cidade. Além de comprar diversas lembrancinhas natalinas, você ainda pode se deliciar com a culinária local. Não deixe de provar o Vin Brulé (vinho quente com especiarias) e aproveite para trazer a caneca onde ele é servido de souvenir.

Mercado de Natal Trentino Alto Adige
Mercado de Natal

Dicas de hotéis: onde ficar em Trento

Nós ficamos hospedados em um apartamento maravilhoso chamado Casa Franceschi que alugamos pelo site Booking. Além de ser enorme, o espaço era completo e todo equipado. Foi uma das melhores hospedagens de toda a viagem.

No entanto, Trento possui hotéis com bom custo x benefício e entre tantos indicamos o B&B White Rose, o Bed & Breakfast Nettuno e a Casa degli Orti. Para uma hospedagem mais luxuosa, confira os estrelados Grand Hotel, Hotel Villa Madruzzo e Relais Vecchio Maso.

Por outro lado, também há muitas opções de apartamentos para alugar no Airbnb e através desse link nós te damos até 179 reais de desconto na sua primeira reserva pela plataforma.

Onde comer em Trento

Como ficamos apenas 2 dias em Trento não conhecemos muitos restaurantes. Pra ser sincera, conhecemos apenas um e como gostamos bastante tanto da comida como do preço, fomos nele duas vezes! Haha

A nossa indicação é o Caffè Portici, localizado bem na Piazza del Duomo mas com preços justos para a sua localização. Comemos massa das duas vezes em que fomos e elas estavam bem gostosas. Os preços das pastas estavam em entre €8 e €13.

Algumas sugestões que nós recebemos de restaurantes em Trento:

Antica Stella: pizzas na faixa de €9 a €11 e demais pratos como grelhados na faixa de €13 a €20, por pessoa.

Tipico: pratos regionais, tipicamente trentinos, entre €11 e €20 por pessoa.

Como chegar em Trento

Nós chegamos em Trento a partir de Milão. Alugamos um carro no aeroporto e seguimos em direção à cidade em uma viagem tranquila que dura cerca de 2h30min. Também há trem e ônibus de Milão para Trento. Se você optar pelo trem deverá fazer uma baldeação em Verona, mas se escolher o ônibus a viagem é direta e dura pouco mais de 3 horas.

Para o aluguel de carro recomendamos a RentCars, já que há a possibilidade de parcelamento no cartão de crédito sem a cobrança de IOF.

Outra opção interessante é chegar em Trento a partir de Veneza. Você pode alugar um carro no aeroporto e seguir por 2 horas de carro em boas estradas ou pegar um ônibus direto do aeroporto. No caso do ônibus, o trajeto tem duração de mais ou menos 4 horas. Assim como Milão, o percurso de trem entre Veneza e Trento também conta com uma baldeação em Verona.

Por outro lado, se o seu ponto de partida é Roma, a viagem de carro durará quase 6 horas, enquanto o trem é direto e leva apenas 4 horas até Trento. Nessa situação, o ônibus é a pior das opções, já que você levará 8 horas ou mais para chegar no seu destino.

Para passagem de trem na Itália recomendamos que você compre pelo site oficial da Trenitalia. Para passagem de ônibus, recomendamos a Flixbus, pois já a utilizamos diversas vezes e não tivemos problemas.

Agora que você já sabe o que fazer em Trento, não esqueça o seu seguro viagem para a Itália!

Como o seguro viagem é obrigatório para os turistas brasileiros que visitam a Itália, você terá que contratar um antes de viajar para o país. De qualquer forma, o ideal é que você jamais faça uma viagem internacional sem um seguro viagem internacional, pois caso precise de um atendimento médico de emergência terá cobertura em relação aos custos (que são altíssimos e em euros). Além disso, a maioria dos planos de seguro dão assistência em caso de cancelamento de voo e bagagem extraviada. Sempre contratamos os nossos através da Real Seguros e eles se tornaram parceiros do blog devido às facilidades de pagamentos, descontos e qualidade dos planos oferecidos.

Pegue aqui o seu desconto de seguro viagem e parcele em até 12x no cartão de crédito =)

Outros destinos na Itália para você visitar:

SIGA AS NOSSAS REDES SOCIAIS E NOS ACOMPANHE EM TEMPO REAL =)
Instagram: @cariocasemfronteiras
Facebook: /cariocasemfronteiras

Autor

Carioca de nascimento. Educadora Física de profissão. Viajante de coração. Apaixonada pelas coisas simples da vida e intrigada pelas complexas. Costuma dizer que adora um sol, mas não dispensa os dias nublados.

4 Comments

  1. Encantada com Trento e com tudo o que tem ao redor. Estivemos na Itália há pouco e conhecemos as Dolomitas e Riva Del Garda graças a suas dicas. Precisaremos voltar em breve pois ainda temos muito o que ver por la. Parabéns pelo post, super detalhado e com fotos lindas, como sempre.

    • Acho que precisaríamos de uma vida para aproveitar e conhecer tudo na região dos alpes italianos hahaha… fico muito feliz que vocês tenha curtido um pouquinho desselugar maravilhoso tbm! =)

  2. Ana Cristina Responder

    Olá, estou organizando uma viagem para o meu marido e o meu sogro e eles vão passar dois dias em Trento. Adorei suas dicas, vai ser difícil escolher entre tantos locais interessantes. Queria saber se a chegada de carro é fácil (há alguma restrição de trânsito?) e qual o melhor lugar para se hospedar, se quiserem explorar a cidade a pé. Obrigada!

    • Olá, Ana Cristina! Tudo bem? Trento é uma delícia de cidade e eles irão curtir bastante! Em relação ao trânsito, o centro histórico tem bastante restrição e é bom ficar de olho nas zonas de tráfego limitado, onde os carros não podem trafegar (exceto os permitidos)… mas tem bastante placa indicativa. Para explorar a cidade a pé, o ideal é estar mais próximo da Piazza del Duomo. Nós estávamos a cerca de 30 min andando da Piazza, então parávamos o carro em um dos estacionamentos do centro e fazíamos tudo a pé.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.