Atualizado em

Apesar de ser uma cidade pequena há tanto o que fazer em Praga que dificilmente você ficará entendiado. Desde os museus históricos e castelos às atrações mais simples e gratuitas, tudo é encantador na capital da República Tcheca, principalmente por causa do eterno ar medieval que ainda paira sobre as ruas. Aliás, esse também um dos motivos pelo qual a cidade é uma das mais procuradas do Leste Europeu, justamente porque andar por suas vielas é voltar no tempo. Mas além disso, a cena gastronômica também é muito forte e, inclusive, a cerveja tem bastante fama. Entre tantas coisas para se fazer em Praga, vamos listar as mais imperdíveis para o seu roteiro, e entre elas, várias dicas serão gratuitas!

Curtir o visual da Charles Bridge é uma das principais coisas a se fazer em Praga
Curtir o visual da Charles Bridge é uma das principais coisas a se fazer em Praga

O que fazer em Praga: os passeios gratuitos mais surpreendentes na cidade

1 – Caminhar pela Cidade Velha – Old Town

Além de ser o berço da cidade, a Cidade Velha é coração de Praga. Foi lá onde tudo começou e por isso vários edifícios históricos como a antiga prefeitura, por exemplo, se encontram por ali. Além dela, outros pontos turísticos se destacam. Entre eles a Igreja de São Nicolau, que é protestante, e a Igreja Nossa Senhora de Tyn.

Há ainda outros dois lugares peculiares e que também atraem bastante turistas. O primeiro é a estátua de Jan Hus, que foi um dos críticos da Igreja Católica e serviu de inspiração para a Reforma Protestante, além de ter se tornado um mártir no país. O segundo trata-se de uma das casas mais antigas de Praga, a Stone Bell House. A moradia com o sino pendurado na parede externa já abrigou até mesmo o reeis da Boêmia e hoje em dia é a sede da Galeria da Cidade de Praga.

Vida noturna, bons hotéis e muitos restaurantes

A região da Cidade Velha ainda conta com muitos bares, restaurantes, hotéis e boates. O Hard Rock Café, por exemplo, fica bem pertinho da Praça da Cidade Velha. Desta forma, essa é uma das área mais cheia de Praga. É um vai e vem diário de turistas em praticamente todos os horários do dia. Além do mais, é por aqui que você verá algumas das mais bonitas ruas medievais do lugar. Por todos esses motivos, essa é nossa dica número 1 do que fazer em Praga. É basicamente o bom, bonito e barato! hehe

2 – Assistir a virada de hora no Relógio Astronômico de Praga

De hora em hora a multidão se aglomera em frente ao Relógio Astronômico de Praga. Todos querem ver o pequeno desfile dos 12 apóstolos e demais personagens que acontece assim que a janela do relógio se abre. No entanto, o imperdível aqui não é o espetáculo em si. Mas sim, o fato de um relógio do século XV fazer essa cena, mostrar a posição dos astros, as estações do ano e até mesmo os signos do zodíaco – além de marcar as horas.

Relógio Astronômico de Praga
O Relógio Astronômico parece pequeno, mas não é. Uma pena sua torre estar em obra…

3 – Atravessar a ponte Charles Bridge

Sem dúvidas a ponte mais famosa da cidade não poderia ficar de fora das nossas dicas de Praga! Afinal, ela é um dos principais cartões turísticos locais. Muito provavelmente você vai atravessá-la mais de uma vez ao dia, a depender do seu roteiro. Porém, reserve algum momento para atravessá-la com calma, já que só assim é possível curtir todo o seu esplendor. Ao longo da Charles Bridge há 30 estátuas dispostas em suas laterais, entre elas a de São João Nepomuceno, um dos santos da Boêmia.

Entre tantas lendas que a cidade tem, uma delas diz que se você tocar a parte em bronze da estátua de São João Nepomuneco sendo jogado ao rio você terá sorte e consequentemente, voltara à Praga. Apesar de não termos fotos desse momento, é lógico que fizemos o ritual, né? Pois quem não quer retornar para essa cidade?

4 – Caminhar pela Praça Venceslau – Venceslau Square

Localizada no bairro conhecido como Cidade Nova, a Venceslau Square é um passeio bem interessante na cidade. Com 700 metros de extensão, a praça possui uma enorme avenina que abriga diversas lojas de roupa, cafés, hotéis e edifícios importantes, como o Museu Nacional de Praga, por exemplo. Hoje em dia, ela abriga festas e comemorações importantes em Praga, porém, antigamente o local já foi um Mercado de Cavalos além de também já ter sido palco de muitas manifestações populares.

Venceslau Square
Venceslau Square com o Museu Nacional de Praga em obra lá no fundo

5 – Passar pela Torre da Pólvora – Powder Tower

Em um primeiro momento, essa dica do que fazer em Praga pode até parecer boba, porém, a Torre de Pólvora já teve um simbolismo muito grande para a cidade. Antigamente, ela marcava o início da Rota Real, ou seja, ela era o ponto inicial da cerimônia de coroação dos reis da Boêmia. Tempos depois sua importância se limitou apenas a guardar pólvora e por isso o seu nome. Por outro lado, hoje em dia é possível subi-la e ter uma vista incrível de toda a cidade.

Torre de Pólvora
Torre de Pólvora

6 – Aproveitar uma manhã no Castelo de Vysehrad

O Castelo de Vysehrad já foi muito importante para cidade, chegando a ser conhecido como o segundo castelo de Praga e hoje em dia há um bairro chamado Vysehrad justamente em sua homenagem. A região do castelo é linda, completamente arborizada e com vistas incríveis para diversos pontos de Praga. Nós contamos tudo sobre esse passeio em um post completo sobre o Castelo de Vysehrad.

7 – Busto de Franz Fakfa

Um ponto muito famoso em Praga é o busto de Franz Kafka. Franz foi um famoso escritor tcheco do Século XX, considerado um dos maiores da Literatura Moderna. Uma particularidade sobre a sua história é que embora ele fosse tcheco, toda a sua obra foi escrita em alemão. Sua escultura de 11 metros, 39 toneladas e 42 camadas em movimento é uma obra do artista David Cerny e fica localizada no Quadrio Business Center.

Busto de Franz Kafka (Foto: https://www.prague.eu/)

8 – Se assustar (ou se encantar) com Sigmund Freud, o tal do Homem Pendurado

A estátua pendurada do Pai da Psicanálise também é um dos trabalhos mais famosos de David Cerny. Localizada na rua Husova, ela está pendurada no alto de um prédio e para muitos é tão real que chega até mesmo a assustar.

9 – Conhecer a Ilha de Kampa (Kampa Island)

Do outro lado da ponte Charles Bridge, a Ilha de Kampa é um dos parques mais charmosos da cidade. O pequeno refúgio dentro de Praga é uma área com bastante natureza e além disso, é cheio de restaurantes bonitinhos. Também é nessa região que se encontra o Museu Kampa, uma galeria de arte moderna com muitas obras do país. Inclusive, também é possível ver diversas obras do escultor David Cerny.

10 – Se encantar por Malá Strana

Malá Strana é um dos bairros que sem dúvidas estará em todas as dicas do que fazer em Praga. Considerado com unanimidade como o mais bonito da cidade, é aqui que se encontram muitas opções charmosas e pitorescas de Praga. Antigamente, Malá Strana era o bairro onde a nobreza morava, então, é por isso que ele tem um ar um tanto quanto mais requintado.

Mala Strana
Chegando em Malá Strana, já no finalzinho da Charles Bridge

11 – Tirar uma foto no Muro de John Lennon

Já que o Muro de John Lennon fica pertinho da Ilha de Kampa e de Malá Strana, que dal conhecer um dos cantinhos mais cools de Praga? Apesar de seu nome ter surgido por causa dos grafites presentes no muro em homenagem ao cantor, John Lennon não teve nenhuma participação efetiva em sua construção. Na verdade, o muro todo grafitado foi uma forma da população protestar contra a opressão do governo.

Se você está buscando o que fazer em Praga não deixe de incluir o Muro de John Lennon no seu roteiro
Peace and love no Muro de John Lennon

12 – Respeitar a sinalização da Menor Rua do Mundo

Em Praga há uma rua tão estreita, mas tão estreita, que só passa uma pessoa de cada vez. É claro que para isso é necessário um pouquinho de organização, então, para deixar o tráfego em ordem há um sinal que deve ser respeitado. Do contrário, dificilmente você conseguirá atravessá-la. rs. A história dessa rua é bem interessante, já que antigamente ela foi criada para ser um Corredor de Fogo. Isto é, como a cidade enfrentou um incêndio de grandes proporções no Século XVI, onde mais de 60 casas foram atingidas, esses tipos de passagens (ou corredores) foram criados para que a população tivesse acesso direito ao Rio Vltava e, consequentemente, à água. Hoje em dia a menor rua de Praga dá acesso direito a um restaurante, no entanto, você pode visitá-la e passar por ela independente de comer lá ou não.

13 – Conhecer o Parque Letná

Do lado esquerdo do rio Vltava, na colina Letná, se encontra o Parque Letná. A partir dele também é possível se ter uma bela vista de Praga. Aliás, a cidade é cheias de parques maravilhosos nesses estilo e sem dúvidas não deixaremos passar os mais interessantes. O local é enorme, com área para caminhada, para andar de bike e até mesmo alguns brinquedos infantis. Além disso, o parque ainda conta com um beer garden que dizer ser muito interessante. Infelizmente, só tivemos tempo de curtir beer gardens quando estivemos em Berlim, mas é lógico que na próxima não deixarem essa experiência passar.

14 – Curtir o dia ao ar livre no Parque Strelecky Ostrov

O Parque Strelecky Ostrovo foi um achado na cidade e por isso não poderíamos jamais deixar de indic-alo como uma opção para o que fazer em Praga, principalmente se o dia estiver bonito e com céu aberto. Apesar de termos o visitado em dia o nublado, as paisagens ao redor eram tão fantásticas que ficamos fascinados mesmo assim. Como ele fica em uma ilha no meio do Rio Vltava, o parque garante uma vista para ambos os lados da cidade, além de possuir uma enorme área verde, parquinho infantil e um ar bastante acolhedor.

Strelecky Ostrov Park
Me digam se essa vista é ou não é linda?

15 – Visitar o Parque Petrín

Conhecido por ser um dos parque que possui uma vista panorâmica perfeita para toda a cidade, o Parque Petrín é outro parque que não pode ficar de fora do seu roteiro em Praga. Com lindos jardins e muita tranquilidade, o local ainda é um refúgio pouco conhecido pelos turistas. Então, se você busca um lugar para fugir do óbvio, essa é um excelente opção. Além disso, com exceção de sua torre e algumas atrações, ele é totalmente gratuito.

Parque Petrin
Subindo as colinas do Parque Petrin

Subir a Torre Petrín é uma dica diferente do que fazer em Praga

Caso você queira incrementar o seu passeio pelo Parque Petrín, você pode subir a Torre Petrín e se encantar ainda mais com Praga ao vê-la bem do alto. Explicamos tudo sobre a torre e o Parque Petrín em um post bem completo aqui no blog.

16 – Tentar entender a famosa Casa Dançante de Praga

O motivo de seu nome é simples: à primeira vista, seu formato completamente fora do padrão dá a impressão de que o edifício está dançando. A construção que foi inaugurada em 1966 não tem nada de muito e especial em si, mas a sua arquitetura completamente diferente e fora do padrão atrai bastante turistas. A Casa Dançante possui um terraço com um café, onde para visitá-lo você só precisa consumir algo, porém, ela se encontra na nossa lista de passeios gratuitos para se fazer em Praga porque basicamente a maioria das pessoas só a vê por fora, mesmo. Inclusive, nós também só demos uma passadinha.

Casa Dançante
Casa Dançante…

Mais dicas imperdíveis do que fazer em Praga: museus, castelos, cena gastronômica e passeios históricos

1 – Clássica dica do que fazer em Praga: conhecer o Castelo de Praga e a Catedral de São Vito

Conhecer todo complexo do castelo é uma das primeiras dicas de Praga que todo mundo costuma receber. Afinal, ambos são pontos turísticos principais da cidade, além do fato de realmente serem fantásticos.O distrito do Castelo de Praga abriga inúmeras ruas, museus, torres, prédios e casas antigas, igrejas, jardins e o Palácio Real propriamente dito. Entretanto, quem rouba a cena naquele perímetro é a Catedral de São Vito. Aliás, de longe até parece que ela é o tal do palácio do castelo. rs. Vale ressaltar que diversas áreas do complexo são gratuitas, como os jardins, por exemplo. Nós adoramos conhecer o lugar e contamos tudo no post sobre o Castelo de Praga.

Catedral de São Vito
Catedral de São Vito no complexo do Castelo de Praga

Dica de hospedagem em Praga

Ficamos hospedados no Cosmopole Hostel, distante cerca de 15 minutos de caminhada da Praça da Cidade Velha. Apesar de simples, achamos o preço justo e de acordo com o serviço oferecido. Ficamos em um quarto privado, com banheiro compartilhado e nossa diária incluía o café da manhã. Sugerimos também o Hostel Downtown e o Prague Square Hostel, que são super indicados na cidade. No entanto, caso você prefira ficar em hotel, o Ibis Praha Old Town e o Narodni Stay são boas opções – economicamente falando. rs.

Para algo mais exclusivo, dê uma olhada no Ventana Hotel e no Grand Hotel Bohemia. Ah, Praga também tem excelentes apartamentos e você pode ver vários deles -> Apartamentos com bom custo x benefício em Praga. Uma outra opções é alugar um apartamento através do AirBnb. A plataforma é bastante segura e através desse link nós te damos até 179 reais de desconto na sua primeira reserva. Para ver todas as dicas de bairros e hotéis, veja nosso post sobre onde ficar em Praga.

2- Caminhar pelo Bairro Judeu e visitar suas sinagogas históricas

Conhecer Josefov, o bairro judeu de Praga, é um passeio imperdível para quem quer saber um pouquinho mais das histórias dos judeus na cidade. Por isso, entra fácil na nossa lista do que fazer em Praga. Por lá há até mesmo um cemitério judaico que é considerado o mais antigo do mundo e 6 sinagogas. Entre elas, destacam-se a Sinagoga Pinkas, onde há uma parede com mais de 77.200 nomes de judeus que foram mortos e a Sinagoga Velha-Nova, a mais antiga da Europa. Aliás, para quem quer conhecer melhor a região e seus museus, há passeios a pé que incluem a entrada nas sinagogas e no cemitério judeu.

Bairro Judeu em Praga
Sinagoga Velha-Nova: a mais antiga sinagoga da Europa

3 – O que fazer em Praga se você gosta de experimentar doces locais? Coma um Trdelnik… ou vários!

Não tenho palavras para falar desse doce. Sério! Me dá água na boca só de lembrar! Essa é uma das dicas de Praga que vai te conquistar pelo estômago! rs

Esse doce de nome estranho que nós não aprendemos a pronunciar é uma massinha em formato espiral. Tipo a do Pretzel, sabe? Ele é feito em um espeto que fica girando sobre uma brasa e quando pronto, é cortado e salpicado com açúcar e canela. Mas a melhor parte disso tudo é que o Trdelnik pode ser recheado com várias coisas: geleias, chocolate, Nutella, sorvete… gente, que saudade! haha. No entanto, não provem esse preto da foto. É ruim de verdade! haha. Vai no mais tradicional que será sucesso. Sem dúvidas eu voltei pra comer de outro sabor, até porque, não fiquei satisfeita de comer um só. rs

Trdelnik
Trdelnik ainda sem recheio

4 – Aprecie a Cerveja Artesanal do país que mais bebe esse líquido no mundo

É claro que beber cerveja estaria na nossa lista do que fazer em Praga! Afinal, essa é uma das dicas mais clássicas da cidade! A República Tcheca é o país que mais bebe cerveja no mundo e como nós também não ficamos pra trás nesse quesito, é lógico que deixamos um dinheiro por lá gasto com esse líquido maravilhoso. hahaha. O bom é que a cerveja é boa, barata e de verdade. E por isso, é possível beber cerveja boa por 1,50€ (confira mais dicas de onde comer e beber em Praga). Inclusive, há diversos passeios e tours que incluem essa bebida tão tradicional e amada pelos tchecos. Algumas sugestões:

Pivovarsky Dum Praga
Cerveja artesanal na cervejaria Pivovarsky Dum Praga

Não esqueça o Seguro Viagem!

-> O Seguro Viagem é realmente obrigatório para quem visita a Europa? A resposta é sim! Apesar de muita gente não saber, para conhecer grande parte dos países europeus é necessário um seguro com apólice de no mínimo 30 mil euros. Falamos sobre isso e tiramos todas as suas dúvidas no post Seguro Viagem Europa: é necessário? Quanto custa? Como comprar barato?
Nós sempre compramos os nossos através da Real Seguros. Além de praticarem ótimos preços, ainda há a possibilidade de parcelar em 12x no cartão de crédito. Como eles são parceiros do blog, todos os nossos leitores têm desconto em qualquer seguro do site!

Pegue aqui o seu desconto de seguro viagem e parcele em até 12x no cartão de crédito =)

5 – Caminhar à beira do Rio Vltava e fazer um passeio de barco

Há quem discorde, mas quando uma cidade é linda e à beira de um rio, caminhar em sua orla é um passeio que considero imperdível. Como fomos já em época de temperaturas baixas, a maioria dos bares que se encontram no Rio Vltava estavam fechados, mas dizem que no verão eles são o fervo! Entretanto, alguns passeios de barco ainda estavam rolando. Há tanto passeios curtos com apenas 1 hora de duração, quanto cruzeiros com direito ao almoço. Além deles, ainda tem os tours mais sofisticados, que são noturnos e com jantar incluído.

Passeio de Barco em Praga (Foto: Get Your Guide)

6 – Visitar o Museu Kafka

O Museu Kafka é totalmente dedicado à Franz Kafka. Nele há uma grande exposição sobre o autor, incluindo as primeiras edições de seus romances, muitas fotos, documentos e correspondências do escritor. Para maiores informações sobre ingressos e funcionamento, consulte o site oficial.

Museu Franz Kafka (https://kafkamuseum.cz/)

7 – Caminhar pelos subterrâneos de Praga

Se você quer saber mais sobre a história de Praga, que tal fazer um tour pelos seus subterrâneos? Um passeio muito interessante que nós fizemos na cidade foi o passeio pelo Old Town Hall, na antiga prefeitura da cidade. Neste passeio é possível ver de perto o funcionamento do Relógio Astronômico, conhecer a Capela da Virgem Maria, visitar as salas da câmara e passear pelos subterrâneos de Praga, onde de fato a cidade começou. Contamos tudo sobre a visita em um post sobre o Relógio Astronômico de Praga e Old Town Hall.

Old Town Hall
Cenário medieval no subsolo da Old Town Hall

8 – Aproveitar a gastronomia local é uma das dicas mais originais do que fazer em Praga

Aproveitar a gastronomia da cidade é uma dica que vale a pena ser seguida independente do local que você visite, pois esse é um item que diz muito sobre a cultura do lugar. Além de sermos bons de copo, também somos bons de garfo e provamos várias iguais da culinária tcheca. Dentre tantas delícias, o famoso Goulash e a carne de porco se destacam com louvor. Neste post você pode ler as nossas dicas de onde comer em Praga sem gastar muito.

Pivovarsky Dum Praha
Joelhão de porco delicioso

9 – Prove a fada verde

Vocês sabia que além de ser a cidade da cerveja Praga também é a cidade do Absinto? Pois é. Essa forte bebida apelidada carinhosamente de fada verde era muito consumida entre os Séculos XIX e XX. Porém, durante muito tempo ela ficou proibida devido ao seu alto teor alcoólico. Finalmente, em 1990 o Absinto foi novamente liberado e desde então existem até bares na cidade especializados na bebida. Inclusive, existem tours na cidade que garantem absinto ilimitado.

Absintherie, um bar especializado em absinto em Praga (Foto: https://www.absintherie.cz/)

10 – Beba cerveja em um mosteiro

Localizado próximo ao Castelo de Praga há um dos mosteiros mais antigos da cidade. Fundando em 1143, o Mosteiro de Strahov faz parte da ordem dos Mostenses e dentro dele há dois locais que são muito visitados pelos turismos. O primeiro trata-se da Igreja da Assunção da Virgem Maria, enquanto o segundo é uma enorme biblioteca, que na opinião de muitos é uma das mais belas de Praga. Além disso, há ainda uma galeria de arte um passeio bem diferente para se fazer por lá: beber cerveja em um mosteiro. Sim, você não leu errado! A Cervejaria de Strahov funciona junto com o mosteiro e também é tão antiga quanto o lugar. Enfim, um passeio diferente para se fazer na cidade.

11 – Visite alguns museus históricos

Como Praga é um local muito histórico, há vários museus para quem quer curtir esse lado da cidade. Um dos mais indicados é o Museu do Comunismo, onde é contada toda a história da antiga Tchecoslováquia durante a época do regime comunista. Além dele, em Malá Strana há o KGB Museum, com uma enorme coleção sobre espionagem e sobre os antigos integrantes da KGB.

Museu do Comunismo (Foto: https://www.prague.eu/)

12 – Curta a vida noturna de Praga

A vida noturna é bem forte na cidade, por isso, se você é da balada, essa á uma das principais coisas para se fazer em Praga. Há muitas boates e festas, principalmente aos finais de semana. Alguns lugares muito indicados são a boate Roxy, M1 Lounge e para os amantes de rock, o bar Harley’s.

13 – Tem tempo livre? Que tal algum bate e volta?

Tá com tempo livre no seu roteiro em Praga? Então, um bate e volta para alguma cidade próxima pode ser uma boa opção de passeio. Três opções que valem a pena demais são:

  • Cesky Krumlov: uma cidade medieval, daquelas de conto de fadas, distante cerca de 3h30min de Praga.
  • Pilsen: cidade que é terra da Pilsen, um dos estilos de cerveja mais consumidos no mundo. É aqui que se encontra a sede a Pilsner Urquell, a cervejaria responsável pela primeira cerveja Pilsen do mundo.
  • Kutná Hora: considerada Patrimônio da Unesco, a cidade possui uma igreja toda decorada com ossos. Mórbido ou não, além do local ser muito procurado, a cidade também é muito fofa.
Cesky Krumlov (Foto: Get Your Guide)

14 – Saiba mais sobre a Segunda Guerra visitando um campo de concentração

Apesar de não ser tão famoso, há um campo de concentração da segunda guerra mundial a cerca de 60 km de Praga. Trata-se do campo de Terezin, que é dividido em duas partes: a primeira foi um gueto judeu enquanto a segunda foi o campo de concentração em si. Hoje em dia há tours saindo da capital tcheca até lá.

Campo de Concentração Terezin (Foto: Get Your Guide)

E aí? O que mais fazer em Praga? Conta pra gente aqui nos comentários

Veja mais sobre a cidade em: Roteiro em Praga e diferentes passeios em Praga

SIGA AS NOSSAS REDES SOCIAIS E NOS ACOMPANHE EM TEMPO REAL =)
– Instagram: @cariocasemfronteiras
– Facebook: /cariocasemfronteiras

♦PLANEJE A SUA VIAGEM♦

  • Confira a nossa página de descontos ativos e economize agora na sua viagem!
  • Reserve a sua hospedagem através do Booking e garanta as melhores tarifas. Fique tranquilo porque reservando através do nosso blog você não pagará nenhuma taxa extra. E além disso ainda nos ajuda a mantê-lo no ar, criando cada vez mais conteúdos gratuitos e de qualidade.
  • Reserve seus hostels através do Hostelworld e garanta a sua hospedagem nos melhores hostels do mundo.
  • Reserve um apartamento através do AirBnb e ganhe até 179 reais em crédito na sua primeira reserva pelo site.
  • Compre seu seguro viagem com a Real Seguros e tenha os maiores descontos e as melhores formas de pagamento, inclusive parcelando em várias vezes no cartão de crédito
  • Reserve os melhores passeios e experiências com a Get Your Guide e com a Civitatis.
  • Alugue o seu carro com até 60% de desconto. Parcele no cartão e sem cobrança de IOF pela RentCars. Além disso, todo o valor é gerado em reais.
  • Viaje conectado! Compre seu chip de celular Viaje Conectado da Yes Brasil com internet 4G para usar no exterior.
  • Compre seus ingressos antecipados através da Tiqets e evite filas nas atrações mais famosas do mundo.
Author

Carioca de nascimento. Educadora Física de profissão. Viajante de coração. Apaixonada pelas coisas simples da vida e intrigada pelas complexas. Costuma dizer que adora um sol, mas não dispensa os dias nublados.

6 Comments

  1. Muita boas dicas. Gostaria de saber quantos dias deveria me programar pra ficar em Praga em setembro, estou me programando o leste europeu nesta época. e sempre gosto programar uma viagem tranquila sem muita correria para curtir os lugares e povo local.

  2. Curti muito suas dicas!
    Gostaria de saber se da pra aproveitar a cidade mesmo viajando sozinho.

    Obrigado!

Write A Comment