Cachoeira do Cordovil

Cachoeira do Cordovil e Fazenda Volta da Serra, beleza na Chapada dos Veadeiros

Sabe aquelas histórias em que tudo dá errado pra no final dar certo? E que além disso, se tratando de uma viagem, é justamente esse final que faz o dia valer a pena e ser lembrado com carinho? Então, essa é a nossa história com a Cachoeira do Cordovil. O dia tinha sido reservado para fazermos uma trilha no Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, mas como acordamos tarde o limite diário de visitantes já havia se esgotado quando chegamos lá. Ok, vamos para o Plano B. Seguimos em direção a Fazenda Volta da Serra para conhecer os atrativos do santuário e olha… agradeço a cerveja do dia anterior, pois foi graças a ela que esse paraíso entrou em nossas vidas.

Fazenda Volta da Serra
Placa indicativa mostrando que estávamos próximos da Fazenda Volta da Serra

 

A Fazenda Volta da Serra

A Fazenda Volta da Serra está localizada em Alto Paraíso de Goiás, uma das cidades bases para conhecer todos os atrativos turísticos da Chapada dos Veadeiros. Bem no caminho entre Alto Paraíso e a Vila de São Jorge é possível avistar a placa indicativa. Logo em seguida já dá pra ver a porta de entrada da fazenda, que fica na pista sentido Alto Paraíso.

Logo após a entrada uma enorme área verde te recebe de braços abertos e se divide em Camping/chalé, e a sede onde é cobrado o ingresso. Por 25 reais você conhecerá uma das cachoeiras mais bonitas que já vimos até hoje: a Cachoeira do Cordovil. Mas não pensem que só tem ela! A Fazenda Volta da Serra ainda conta com mais três cachoeiras, e a trilha… ah, a trilha! Sem dúvidas foi uma das caminhadas mais gostosas que já fizemos. Até porque, a união de alguns paredões com a vegetação do cerrado combinam de uma forma perfeita. E como se não bastasse, ainda tem o pôr do sol para resultar em um cenário incrível para um fim de dia.

Fazenda Volta da Serra
A maior parte da trilha é descampada e o visual ao redor é lindo!

 

 

-> Veja também: Circuito das Cachoeiras na Chapada dos Guimarães

 

 

Cachoeira do Cordovil: a protagonista dessa história

É certo que o fim de semana na Chapada dos Veadeiros não seria o mesmo sem a Cachoeira do Cordovil. Talvez tenha sido pela grata surpresa de termos sido recebidos com um pequeno arco-íris em suas águas. Ou então pela a sua queda de 44 metros, que embora não seja a maior da região, tem um charme todo especial ao guardar os mais aventureiros que se escondem atrás dela. Ou quem sabe não tenha sido pelo enorme poço com quase 3 metros de profundidade que discretamente reserva um banco de areia – ou seria de pedra? – para aqueles que querem descansar curtindo o visual de pertinho? Talvez tenha sido a mistura disso tudo mesmo que fez com que a gente ficasse um tanto quanto sem palavras.

A verdade é que a Cachoeira do Cordovil realmente nos encantou de tal forma que deu graça até mesmo ao finalzinho da trilha, que é um pouco chato devido a grande quantidade de pedras, porém nada muito absurdo. Mas também não teria como ser muito diferente disso, já que Rio Cordovil está bem ali nos acompanhando durante o trajeto. Ou seja, o cenário é bonito do início ao fim.

Cachoeira do Cordovil
Linda até com o céu nublado

 

 

-> Como se locomover pela Chapada dos Veadeiros? A melhor forma de conhecer todos os atrativos dessa região é alugando um carro. Embora essa alternativa pareça mais cara, na verdade ela é a que tem o melhor custo x benefício. Como as distâncias entre as atrações turísticas são grandes e também não há transporte público que as ligue de forma efetiva, um carro acaba sendo necessário para que você conheça tudo tranquilamente. Como nosso voo saiu do RJ em direção a Brasília, alugamos um carro lá e seguimos em direção a Alto Paraíso, onde nos hospedamos. Uma boa dica é alugar um carro através da RentCars. Estamos acostumados a alugar através deles porque além deles terem ótimos preços, muitas vezes ainda é possível parcelar no cartão crédito. E apesar de muita gente falar que é necessário alugar um 4×4, nós não fizemos isso. Seguimos a dica da Monica e do Fabio do blog Leve Sem Destino e alugamos um Gol 1.6 que super deu conta do recado. Ou seja, não pagamos caro e ainda conseguimos rodar legal. Clique aqui para conferir todos as locadoras e carros disponíveis na RentCars

 

A Fazenda Volta da Serra também tem outras surpresas

Apesar da Cachoeira do Cordovil ter roubado os nossos corações, a Fazenda Volta da Serra possui outras três cachoeiras que também valem demais a sua atenção. Por isso não vá embora sem antes se encontrar com a Cachoeira do Encontro, sem se apaixonar com a composição do cenário da Cachoeira do Rodeador e principalmente sem se banhar nas verdes águas do Poço das Esmeraldas. Aliás, esse último também é um dos queridinhos de quem visita o local, visto que a beleza das suas águas impressiona até mesmo após dias chuvosos, como foram os nossos por lá.

Poço das Esmeraldas
Poço das Esmeraldas e suas águas verdes…
Cachoeira do Rodeador
E esse fim de tarde na Cachoeira do Rodeador?

E acima de tudo, curta ao máximo o pôr do sol durante a trilha de volta. Mesmo com o dia revezando períodos nublados com períodos de sol, tivemos um fim de tarde lindo de presente. Foi realmente incrível ver a mistura de cores no céu. Sem dúvidas foi um dos momentos mais especiais da viagem.

Fazenda Volta da Serra
Entardecer mais que especial

 

 

-> Veja também:
Cachoeira do Label, a maior cachoeira da Chapada dos Veadeiros e de Goiás
Cachoeira Santa Bárbara e Capivara, dobradinha perfeita na Chapada dos Veadeiros

 

Sobre as trilhas até as cachoeiras

As trilhas da Fazenda Volta da Serra não possuem grandes dificuldades. Com exceção da reta final para a Cachoeira do Cordovil, o restante do trajeto é bem tranquilo e não requer muito esforço físico ou atenção redobrada. Na verdade, os percursos também não são muitos longos, uma vez que o máximo que você irá percorrer são os 4.165 metros até a última – e mais linda – cachoeira (preciso falar que é a do Cordovil? rs). Até a Cachoeira do Rodeador são 714 metros, ou seja, bem pertinho do estacionamento, enquanto que até o Poço das Esmeradas, que fica no meio do caminho, são 3.200 metros. A nossa única recomendação é que você passe um protetor solar e não perca as belezas que essa trilha aberta e panorâmica tem a te oferecer. Além disso, um repelente talvez também seja uma boa. rs.

 

Dicas extras:

  • É possível se hospedar na Fazenda Volta da Serra. #jáquero. O Camping custa 45 reais por pessoa e conta com toda a estrutura de banheiros e cozinha. No entanto, se você não curte acampar, é possível alugar um chalé com cozinha completa. Além dessas opções, a fazenda também conta com alguns quartos. Em todos os casos você terá livre acesso a todas as cachoeiras. Caso você se interesse, já pode conferir aqui a disponibilidade e os preços das diárias.
  • É possível fazer o percurso das tilhas de bike pois o local tem aluguel de bicicletas.
  • A fazenda tem estacionamento e dá pra chegar de carro comum até lá.
  • Não saia de lá sem comprar algum dos produtos locais. Talvez um mel ou um café… que tal?
  • Por mais que essa dica seja batida, leve seu lixo com você pois não há lixeira pelo caminho.
  • É provável que você encontre alguns bichinhos pelo caminho. Não os alimente e não os maltrate!

 

 

♦PLANEJE A SUA VIAGEM♦

 

  • Reserve a sua hospedagem através do Booking e garanta as melhores tarifas. Fique tranquilo porque reservando através do nosso blog você não pagará nenhuma taxa extra. E além disso ainda nos ajuda a mantê-lo no ar, criando cada vez mais conteúdos gratuitos e de qualidade.
  • Alugue o seu carro com até 60% de desconto. Parcele no cartão de crédito sem cobrança de IOF pela RentCars. Além disso, todo o valor é gerado em reais.
  • Ganhe 5% de desconto no seu seguro viagem usando o cupom CARIOCA5 em pagamentos à vista na Seguros Promo. Ou então, parcele em 12 vezes sem juros no cartão de crédito.

 

 

Compartilhar

Dhebora Sancho

Carioca de nascimento. Educadora Física de profissão. Viajante de coração. Apaixonada pelas coisas simples da vida e intrigada pelas complexas. Costuma dizer que adora um sol, mas não dispensa os dias nublados.

7 thoughts to “Cachoeira do Cordovil e Fazenda Volta da Serra, beleza na Chapada dos Veadeiros”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

* Checkbox GDPR / Regulamento Geral de Proteção de Dados do Usuário

*

Concordo / I agree