Atualizado em 15 de fevereiro de 2022

Com mais de 100 praias exuberantes, cachoeiras, trilhas e rios, Ilha Grande não decepciona. Completamente cercada pela Mata Atlântica e com uma eterna brisa do mar, a ilha é um dos melhores destinos praianos do Rio de Janeiro. Decidir o que fazer em Ilha Grande é uma tarefa que, por vezes, te fará ficar em dúvida entre uma praia de água cristalina e outra tão perfeita quanto.

Mas uma coisa é certa: com tantas atividades, cenários paradisíacos e experiências únicas, facilmente você sairá apaixonado.

Confira os melhores passeios em Ilha Grande, além de dicas de pousadas, restaurantes e roteiros para você aproveitar ao máximo a sua viagem.

Neste guia você verá (pode clicar diretamente no assunto que mais te interessar):

  1. Ilha Grande: como ir e onde fica
  2. O que fazer em Ilha Grande: os melhores passeios
    2.2 – Passeios de barco
    2.3 – Principais praias em Ilha Grande
    2.4 – Cachoeiras na ilha
    2.5 – Ruínas e museus em Ilha Grande
    2.6 – Mergulho
    2.7 – Trilhas em Ilha Grande
  3. Hospedagem em Ilha Grande
  4. O que fazer em Ilha Grande: gastronomia local
  5. Quando ir para Ilha Grande
  6. Quanto tempo ficar
  7. Roteiro em Ilha Grande
    7.1 – O que fazer em Ilha Grande em 3 dias
    7.2 – O que fazer em Ilha Grande em 2 dias
    7.3 – Ilha Grande em 1 dia
    7.4 – Noite em Ilha Grande: o que fazer
  8. Dicas importantes para a sua viagem
Ilha Grande Angra Dos Reis
Ilha Grande

Como ir e onde fica Ilha Grande, no Rio de Janeiro

Ilha Grande é um arquipélago que pertence ao município de Angra dos Reis, em uma região chamada de Costa Verde.

Como se trata de uma ilha, a única forma de chegar em Ilha Grande é de barco. E para completar, não há circulação de carros em suas ruas.

Os barcos oficiais para Ilha Grande saem de três pontos principais: Mangaratiba, Angra dos Reis e Conceição de Jacareí. Chegar em uma dessas cidades é bem fácil, estando de carro ou não.

Da rodoviária do Rio de Janeiro saem ônibus para os três lugares, enquanto de São Paulo há apenas a opção de ir até Angra dos Reis.

Se você pretende ir de carro saiba que precisará deixá-lo em algum estacionamento pelo tempo em que ficará em Ilha Grande. Há vários espalhados em todas as três cidades, e a não ser que seja altíssima temporada (carnaval, réveillon, etc), não há necessidade de fazer reservas. Confira o passo-a-passo completo de como chegar em Ilha Grande.

Pelo fato de Ilha Grande ser um dos principais destinos com passeios de bate e volta do Rio de Janeiro, também há muitas empresas fazendo o serviço de transfer completo até a ilha, incluindo os trechos de ônibus e a travessia.

Por outro lado, se você pretende viajar em grupo, talvez a melhor opção seja dividir o aluguel de um carro e as diárias do estacionamento. Você pode alugar um carro através da RentCars, onde também poderá pagar parcelado no cartão de crédito ou à vista, em alguns casos com desconto.

O que fazer em Ilha Grande: passeios, praias e mais

Ilha Grande se divide em enseadas e vilarejos, alguns com muita infraestrutura, outros nem tanto. As ensedas da Vila do Abraão e de Araçatiba são as que possuem uma maior rede de apoio ao turista.

Rua na Vila do Abraão Ilha Grande
Rua na Vila do Abraão

Entretanto, a Vila do Abraão ainda ganha muito nesse quesito, já que abriga a maior parte das pousadas, restaurantes e agências de passeios. Além do mais, é a que também recebe a maior parte dos barcos de travessia. Por essas e outras, é sempre a nossa indicação de base de hospedagem se você pretende fazer muitos passeios ou se é a sua primeira vez em Ilha Grande.

Passeios de barco

Em todas as listas sobre o que fazer em Ilha Grande você encontrará os passeios de barco. Sem dúvidas eles são uma das principais atividades na ilha. Afinal, são capazes de te levar para várias praias incríveis em cerca de 5 a 8 horas de tour.

Alguns são feitos em lanchas, enquanto outros são em escunas. E sim, os preços mudam de acordo com o tipo de embarcação e rota percorrida. Você pode ler tudo sobre os melhores passeios de barco em Ilha Grande aqui, mas vamos explicar um pouquinho sobre cada um deles.

Volta completa à ilha

Passeio feito em lancha e que passa pelas praias do Caxadaço, Parnaioca, Aventureiro e Meros. Há uma parada para almoço, mas o local varia de empresa pra empresa. R$200,00 a R$250,00 por pessoa.

Praia do Aventureiro
Praia do Aventureiro

Meia volta à Ilha

Também feito em lancha, passa pelas Lagoas Verde e Azul, Praia do Amor e Praia da Feiticeira. Assim como o anterior, a parada para o almoço muda de acordo com a empresa contratada. R$180,00 a R$220,00 por pessoa.

Super Sul

Passeio em Ilha Grande que pode ser feito tanto em lancha como em escuna. O roteiro inclui a Ilha de Jorge Grego, Praia de Dois Rios, Praia do Caxadaço e Praia de Lopes Mendes. R$120,00 a R$200,00 por pessoa, dependendo da empresa e do tipo de embarcação.

Lagoa Verde Ilha Grande
Lagoa Verde

Ilhas Paradisíacas

Tour em lancha pelas ilhas paradisíacas de Angra dos Reis. Passa pela Lagoa Azul, Ilha de Cataguases, Ilhas Botinas, Praia do Dentista e Praia da Piedade. R$180,00 a R$200,00 por pessoa.

Ilha de Cataguases (Foto: Civitatis)

Gruta do Acaiá

Passeio em flex boat para a gruta de coloração azul mais famosa da ilha. As outras paradas costumam ser as praias de Aripeba, Itaguaçu, Grumixama e a Lagoa Azul. R$160,00 a R$200,00 por pessoa.

Praia de Lopes Mendes

Essa praia é uma das principais dicas do que fazer em Ilha Grande e além do passeio Super Sul, há um outro onde ela é o atrativo principal. O passeio de barco para Lopes Mendes é feito em escuna e geralmente também dá a possibilidade de conhecer as praias de Santo Antônio, Aroreira e Pouso. A partir de R$40,00 por pessoa.

Praia de Lopes Mendes
Lopes Mendes

Principais praias em Ilha Grande

O que fazer em Ilha Grande senão aproveitar as suas belas praias? Embora várias delas só sejam acessíveis após longas trilhas, tantas outras podem ser visitadas a partir de pequenas caminhadas.

As praias mais famosas de Ilha Grande são justamente as que precisam de trilhas mais longas e pra isso existem os passeios de barco. Ou seja, a não ser que você seja totalmente do time trekking e tenha bastante tempo livre, nós recomendamos que escolha pelo menos um desses passeios para encaixar no seu roteiro.

Dentre as nossas preferidas estão Aventureiro, Meros, Lopes Mendes, Parnaioca e Dois Rios. É, eu sei que não existe um passeio de barco incluindo todas elas. E é por esse motivo que Ilha Grande merece muito mais que apenas uma visita.

Praias na Vila do Abraão

Por outro lado, da Vila do Abraão você consegue chegar a pé em algumas praias que também são belíssimas e perfeitas para passar o dia. Uma das opções é o Circuito das Praias de Abraão, que começa na Praia do Canto e passa pelas praias da Julia, Bica, Comprida, Crena, Guaxuma e Abraãozinho. Veja aqui 25 praias em Ilha Grande para você aproveitar!

Outra dica bem legal do que fazer em Ilha Grande para aproveitar o dia é ir até a Praia Preta. Ela faz parte da trilha conhecida como Circuito da Vila do Abraão, que também passa por ruínas e cachoeiras. Mas a parte boa nessa história é que a Praia Preta está logo no início do circuito e o caminho até ela é praticamente plano.

Aliás, vale ressaltar que se você quer ter o mínimo de esforço possível, escolha as Praias da Julia e a Praia Preta para curtir o dia pois elas são as mais próximas do centrinho da Vila do Abraão. No entanto, apenas na primeira há uma infraestrutura maior, com restaurante no local.

Praia Preta em Ilha Grande
Praia Preta

Em alternativa, da Vila do Abraão saem táxis boats para a maioria das praias de Ilha Grande, incluindo algumas que fazem parte dos passeios de barco. Mas a não ser que você contrate um táxi privativo, o serviço mais comum é para as praias Crena, Guaxuma, Abraãozinho e Lopes Mendes. Com exceção de Lopes Mendes, que é mais cara, o valor costuma ser a partir de R$20,00 por pessoa.

Cachoeiras

Como a ilha está cercada pela Mata Atlântica, há ótimas cachoeiras para você conhecer. A mais popular é a Cachoeira da Feiticeira, e ela costuma estar presente em muitos roteiros sobre o que fazer em Ilha Grande.

Sua queda d’água tem cerca de 15 metros de altura e seu poço para banho é um convite após o tempo percorrido pela trilha. Pois é, péssima notícia para aqueles que não gostam de caminhar. Rs. Para chegar na Cachoeira da Feiticeira é preciso fazer uma trilha de dificuldade moderada, mas que é bem-sinalizada e não precisa de guia. Saindo da Vila do Abraão, o tempo médio de percurso é de 1h30min.

Próximo à Cachoeira da Feiticeira tem a Praia da Feiticeira. Você pode aproveitar a cachoeira e depois encerrar o seu dia na praia ou ao contrário. A Praia da Feiticeira costuma ter táxi-boat, então, outra opção é pegar um táxi-boat da Vila do Abraão até a praia e começar a trilha de cerca de 30 minutos até a cachoeira. Dessa forma, corta um pedaço do caminho, mas gasta um pouco mais.

Outra cachoeira em Ilha Grande que merece a sua visita é a Cachoeira dos Escravos, também conhecida como Poção. Ela se encontra na trilha do Circuito da Vila do Abraão e seu poço para banho é uma delícia. Como o acesso é mais fácil, aos finais de semana e feriados ela costuma ficar um pouco mais cheia.

Poção de Ilha Grande
Poção de Ilha Grande

Ruínas e museus em Ilha Grande

As ruínas históricas de mais fácil acesso em Ilha Grande são o Lazareto e o Aqueduto. O Lazareto fica pertinho da Praia Preta e durante anos funcionou como um hospital de quarentena para imigrantes europeus que chegavam pelas embarcações. Após ficar um tempo desativado, o local se transformou em uma prisão federal, que funcionou até 1954.

Já o Aqueduto, que tem 125 metros de extensão, foi construído em 1893 com pedra e óleo de baleia para abastecer o Lazareto. Uma pequena represa que funciona até hoje abastecendo a Vila do Abraão foi construída acima dele.

Aqueduto de Ilha Grande
Aqueduto

Além desses, a ilha também abriga o Museu do Cárcere. O local é o antigo Presídio de Dois Rios, também conhecido como Colônia Penal Cândido Mendes, que funcionou até 1994. Nele você pode ver toda a história do sistema penitenciário do estado do RJ.

Ele fica na Praia de Dois Rios e você pode chegar por trilha ou pelo passeio de barco Super Sul. Aliás, essa praia é uma dica e tanto do que fazer em Ilha Grande. Ela é linda!

Uma curiosidade sobre o antigo Presídio de Dois Rios é que inicialmente ele abrigava tanto presos comuns como presos políticos. Devido aos intensos conflitos entre eles, os presos comuns foram transferidos para o Lazareto. Além disso, foi nesse presídio que nasceu o Comando Vermelho, a famosa facção criminosa do Rio de Janeiro.

O Museu do Cárcere faz parte do Ecomuseu Ilha Grande, um projeto da Universidade Estadual do Rio de Janeiro também conta com um centro multimídia, o Museu do Meio Ambiente e o Parque Botânico.

Mergulho

O mergulho é mais uma dica imperdível sobre o que fazer em Ilha Grande, ainda mais pelo fato da ilha possuir alguns lugares bem atrativos para esse tipo de atividade.

Para quem gosta de mergulhar em naufrágios, há quatro pontos principais:

  • Pinguino: graneleiro de 50 metros que naufragou em 1967 na enseda de Sítio Forte.
  • Manoel Lourenço: cargueiro a vapor de 1889 que encalhou em Dois Rios e naufragou em 1927 durante uma tempestade.
  • Califórnia: vapor de roda de 40 metros que afundou após um ataque pirata na Praia Vermelha.
  • Helicóptero: a aeronave caiu e naufragou em 1998, e está localizado próximo à Lage da Matariz.

Outros pontos interessantes para mergulho são as ilhas Jorge Grego, Meros, Morcego, entre outras.

Trilhas

São 16 trilhas oficiais com diferentes níveis de dificuldade cortando Ilha Grande. Todas saem de uma dessas três enseadas: Abraão, Araçatiba e Bananal. As mais procuradas são:

T01 Circuito Vila do Abraão – trilha fácil e circular com cerca de 2km. Começa no canto esquerdo (de quem está de frente para o mar) da Vila do Abraão. Passa pela Praia Preta, ruínas do Lazareto, Aqueduto e Poção.

T02 Circuito Aqueduto x Saco do Céu – começa no Aqueduto, no final da T01, e tem um desvio até a Cachoeira da Feiticeira. Passa pelas praias Iguaçu, Perequê, de Fora, pelo Manguezal, pelas praias do Galo, de Conrado e chega até o Saco do Céu. Tem cerca de 6km e dificuldade média.

T10 + T11 Abraão x Lopes Mendes – sai da Vila do Abraão e passa pelas praias de Palmas, Mangues e do Pouso (T10). Você pode pegar T11 e seguir da Praia do Pouso até a Praia de Lopes Mendes. O circuito completo dá cerca de 3 horas e tem 8km cada trecho.

Na direção da T10 você pode pegar um desvio para o Circuito de Praias do Abraão, uma trilha tranquila que vai da Praia do Canto até a Praia de Abraãozinho.

T13 Pico do Papagaio – nível pesado e considerada a mais difícil de Ilha Grande. O pico é o segundo mais alto da ilha. É recomendável contratar um guia.

T14 Abraão x Dois Rios – longa e com 7 km de extensão, mas o caminho é quase todo por uma estrada. No entanto, há muitos trechos de subidas. Os atrativos são o Mirante da Curva da Morte, Piscina dos Soldados, Capela Nossa Senhora do Bom Despacho, Museu do Cárcere (antigo presídio) e Praia de Dois Rios.

E para os mais aventureiro…

Trekking de volta à Ilha – dura de 5 a 7 dias e tem cerca de 70 km de extensão. Passa por mais de 20 praias, mirantes e trechos difíceis. Também é recomendável contratar de um guia.

Foto: www.ilhagrande.com.br

Hospedagem em Ilha Grande

A Vila do Abraão é considerada a melhor opção para hospedagem em Ilha Grande. Afinal, é ela quem possui a maior infraestrutura da ilha. Abaixo você podem ver algumas boas opções ou então confiram o nosso post completo com dicas de onde ficar em Ilha Grande e o nosso artigo com os melhores hostels em Ilha Grande.

As hospedagens mais bem avaliadas na Vila do Abraão são a Pousada Rubi (pé na areia e com banheira de hidromassagem), Pedro Rei Hospedagem, Asalem (ambas com quartos com paredes de vidro e vista panorâmica) e O Sítio, na Praia de Abraãozinho.

Já no centrinho da Vila de Abraão, bem avaliadas e com bom custo x benefício, temos as pousadas Horizonte dos Borbas, Recreio da Praia e Albatroz.

No grupo das hospedagens mais baratas, mas com ótimo serviço, a Viva La Vida, Recanto do Sabiá e Arrastão da Ilha são boas opções.

Por outro lado, Ilha Grande também é cheia de hostels e os mais bem avaliados são o Blue Lagoon, Hostel Refúgio e Mahalo Hostel.

Já ne enseada de Araçatiba, a segunda mais bem estruturada na ilha, as melhores opções são as pousadas Mar da Lua, Mar de Sonhos, Tropical Araçatiba e Paraíso Azul Retiro.

O que fazer em Ilha Grande: gastronomia local

A última indicação imperdível sobre o que fazer em Ilha Grande é aproveitar a gastronomia local. E se você gosta de frutos do mar, não faltam restaurantes especializados no prato! Mas se você não gosta tanto assim, tudo bem, há de tudo um pouco na ilha.

Para se deliciar em algum restaurante pé na areia, as melhores opções são o Lua e Mar, Café do Mar e o Steak ‘n Beach. A má notícia é que todos os três possuem preços um pouco acima da média.

Para comer pizzas, a Pizzaria Fornilha e a Pães & Cia são uma alternativa. Já para gastar pouco, os menus executivos e self-services sem balança do Sabor da Ilha e do Lady Roots são apostas certas.

Vale ressaltar que muita gente acha caro comer em Ilha Grande, mas precisamos levar em consideração que se trata de uma ilha, né? Então, há toda uma logística para que os alimentos cheguem até lá de forma fresca. Porém, também há muitos lugares onde você consegue comer bem e barato. Confira a nossa lista com dicas de 16 restaurantes em Ilha Grande para você experimentar.

Quando ir à Ilha Grande

Ilha Grande vale a pena o ano inteiro, mas se você quer uma época em que a chance de chuva é realmente menor, escolha o outono, de abril até junho. No inverno as chuvas são menos frequentes ainda, mas você terá que lidar com as temperaturas mais baixas, principalmente à noite.

De fato, no verão chove bastante, ainda mais no fim do dia. Mas é uma delícia visitar Ilha Grande nessa época, onde tudo fica mais vibrante. Na primavera o clima também é instável, mas é um período em que as tarifas ainda estão mais baixas e as praias mais vazias.

Já estivemos em Ilha Grande várias vezes e os únicos momentos em que pegamos chuva foram justamente no auge no verão. Mas não nos impediu de fazer os passeios e aproveitar as praias. Até porque, o tempo por lá é coisa de doido de verdade, do tipo que amanhece chovendo e do nada abre um sol daqueles. E vice-versa. Rs.

Quanto tempo ficar em Ilha Grande

Em um final de semana você consegue aproveitar bem Ilha Grande. Dá pra fazer alguma trilha pequena e um passeio de barco – até dois, se você tiver disposição. Mas o ideal é reservar pelo menos uns 4 dias para desfrutar de muitas maravilhas que esse paraíso tem para oferecer.

Roteiro em Ilha Grande

O que fazer em Ilha Grande em 3 dias (ou um final de semana)

  • Primeiro dia: Circuito de Praias do Abraão ou Circuito Vila do Abraão (trilha T01)
  • Segundo dia: Passeio de lancha rápida de volta completa ou meia volta à Ilha
  • Terceiro dia: Passeio de barco Super Sul, Ilhas Paradisíacas ou apenas Lopes Mendes

O que fazer em Ilha Grande em 2 dias

  • Primeiro dia: Circuito de Praias do Abraão ou Circuito Vila do Abraão (trilha T01)
  • Segundo dia: Passeio de lancha rápida de volta completa ou meia volta à Ilha

O que fazer em Ilha Grande em 1 dia apenas

Se você tem apenas 1 dia para conhecer Ilha Grande, a melhor opção do que fazer é conhecer várias praias em algum dos passeios de barco.

O que fazer em Ilha Grande a noite

Se você está procurando o que fazer em Ilha Grande a noite, saiba que com exceção da alta temporada de carnaval e feriados, onde acontecem eventos no centrinho da Vila do Abraão, a ilha não é o suprassumo em termos de agitação noturna.

Se você quer badalar, rolam festinhas no Aquario Hostel e um forró daqueles no Restaurante Pôr do Sol Lonier

Os bares pé na areia também ficam cheios de pessoas em busca de um ambiente com música ao vivo e bons drinks. Além disso, também acontecem luaus em praias e o mais famoso é na Praia de Palmas.

No centro do vilarejo você também encontrará feirinhas, um pequeno centrinho comercial e lojas de artesanatos que são ótimas opções do que fazer a noite se você não quer nenhum tipo de agitação.

Vila do Abraão
Centrinho comercial em Ilha Grande

Dicas importantes para a sua viagem para Ilha Grande

  • A maioria dos lugares aceita cartões de crédito. Porém, como não há caixa eletrônico em Ilha Grande, leve dinheiro em espécie.
  • Evite levar mala de rodinhas. Muitas ruas são de terra batida e basta chover um pouquinho para elas ficarem empoçadas.
  • Não importa se você fará um passeio de barco ou uma trilha, leve lanches e água. Muitas praias não possuem restaurantes ou qualquer tipo de infraestrutura desse tipo.
  • A internet na ilha é precária em alguns pontos. Não conte com ela para eventos muito importantes.
  • Leve repelente. Leia de novo para não esquecer. Nós já esquecemos e foi tenso haha…
  • Há ambulantes alugando Gopro, snorkel e outros itens de mergulho.
  • É comum faltar luz em Ilha Grande. Se isso é algo que vai te incomodar demais, procure uma hospedagem com gerador.

SIGA AS NOSSAS REDES SOCIAIS E NOS ACOMPANHE EM TEMPO REAL =)
Instagram: @cariocasemfronteiras
Facebook: /cariocasemfronteiras

PLANEJE AGORA A SUA VIAGEM

Author

Carioca de nascimento. Educadora Física de profissão. Viajante de coração. Apaixonada pelas coisas simples da vida e intrigada pelas complexas. Costuma dizer que adora um sol, mas não dispensa os dias nublados.

17 Comments

  1. Fabiana Diniz Reply

    Ah Dhebora já estou viajando com esse post! Planejando a próxima férias e sonhando em conhecer esse paraíso. Lugares como esse me desperta muita vontade de ir correndo. Suas dicas são fundamentais para nossa viagem. Abraços.

  2. Vocês ficaram alguns dias hospedados em Aventureiros? eu vi que colocou o link para solicitar a autorização. A prefeitura responde rápido? há um fiscal em Aventureiros para verificar as autorizações? Eu sempre tive vontade de ficar mais tempo nessa região, mas ainda não tive a oportunidade.

    • Infelizmente ainda não pernoitamos em Aventureiro. Mas a autorização deve ser pega presencialmente… ela sai na hora. Só visitamos Aventureiro durante os passeios de barco, então não sei dizer como é feito, de fato, o controle dentro da ilha para o pernoite.

  3. Luciana Rodrigues Reply

    Há muitos anos fiz o circuito do aqueduto – saco do céu com um guia que era biológo e foi explicando bastante da biodiversidade de Ilha Grande. Foi um passeio muito legal. Será que ainda tem assim?

  4. A ilha Grande deve ser maravilhosa. A Enseada do Aventureiro me convenceu já, quero ir! Que lugar lindo e maravilhoso. Apontei as dicas todas para a minha aventura no Brasil. Posso dormir lá?

  5. Cecilia Beu Reply

    Ah que saudades me deu desse mar de Ilha Grande! Este post está bem completo e tem tudo que fazer em Ilha Grande mesmo. Estou com muita vontade de voltar lá. Como faz muito tempo que fui, vou aproveitar suas dicas para me planejar e ir pra lá no futuro. Obrigada por compartilhar sua experiência.

  6. Sil Mendes Reply

    Viajando com esse seu post ! Acredita que ainda não conheço Ilha Grande? Já planejei essa viagem várias vezes, mas não deu p ir. Espero q ano que vem eu consiga .

  7. Roberto Caravieri Reply

    Ilha grande deve ser incrível. As fotos são maravilhosas! Quero muito visitar quando puder. Obrigado.

  8. Adorei as informações sobre o que fazer em Ilha Grande, fiz uma visita rápida a ilha há alguns anos e fiquei com muita vontade de voltar e visitar todas estas maravilhas. Obrigada por compartilhar.

  9. Ontem mesmo falei pro meu marido sobre ilha grande. Tô louca pra ir. Adorei tuas dicas de o que fazer em Ilha Grande. Anotadas! Obrigada

  10. Imagina que até hoje não conheço Ilha Grande? Adorei o seu super roteiro e já salvei! Fiquei curiosa, lá não circula carros? Como as pessoas se locomovem por lá?

Write A Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.