Atualizado em 25 de agosto de 2019

Dizem que Viena é uma das cidades mais clássicas da Europa. E olha, eu concordo. Até porque, a bicha é tão classuda, mas tão classuda, que até mesmo o seu parque de diversões mais famoso tem um quê especial. Aliás, tamanho charme não passa despercebido, já que o Parque Prater tem sido cada vez mais visitado por aqueles que passam pela capital. Mas também, pudera, né? A Wiener Riesenrad, a roda-gigante mais antiga do mundo, se encontra por lá, e dar uma voltinha nela já é por si só um programão daqueles. Nós visitamos o parque, entramos na cabine demos uma voltinha na roda-gigante e contamos tudo aqui pra vocês.

Parque Prater
Em uma das entradas do parque já dá pra ver a roda-gigante

Parque Prater, em Viena: o segundo parque de diversões mais antigo do mundo. Ou seria o primeiro?

Embora inúmeros canais de comunicação digam que o Parque Prater é o segundo parque de diversões mais antigo do mundo aliás, não sei qual seria o primeiro –, o próprio site oficial do lugar o intitula como o mais antigo da história. Bom, verdade seja dita. Não sou eu quem vai tirar essa história à limpo, mas a vida do Prater realmente começou há muitos anos atrás. Localizado no Wien Prater, um parque em Viena aberto ao público em 1766, o Parque Prater foi inaugurado em 1895. Ou seja, o lugar é antigo mesmo!

E o que é que o Parque Prater tem?

Além do parque de diversões com atrações para todos os gostos, o lugar ainda é todo estiloso com seus brinquedos com um certo ar retrô. Dentre tantos super maneiros e interessantes, quem se destaca mesmo Wiener Riesenrad, a roda-gigante mais antiga do mundo e uma das atrações mais famosas não apenas do parque, como também de Viena. (veja aqui o site oficial do brinquedo)

Riesenrad Parque Prater
Olha aí a famosa Risenrad

Mas nem só de roda-gigante vive o Parque Prater. Outras duas atrações bastante procuradas por lá são o Planetário e o Madame Tussauds, a rede de museus de cera que está espalhada mundo afora. O parque é tão legal e completo que tem até lojas e restaurantes. Inclusive, nos indicaram conhecer o Schweizerhaus, um biergarten que dizem ter um joelho de porco incrível. Mas infelizmente era de manhã e por isso tivemos que deixar para uma próxima. Quem curte museus também não fica de fora já que é possível visitar o Pratermuseum e conhecer um pouco da história do lugar.

Wiener Riesenrad, a roda-gigante mais famosa de Viena

A sua fama não é por menos, a Wiener Riesenrad de fato chama atenção e rouba a cena. A começar pelas suas cabines que de simples não têm nada! Elas são todas em formato de vagão de trem e algumas ainda funcionam como salão de festas e restaurante. Quer um jantar à luz de velas com vista para a cidade? Lá tem! Aliás, a visão panorâmica de Viena é que algo que deve ser levado em consideração, uma vez que do alto dos seus mais de 60 metros de altura você terá uma das vistas mais bonitas da capital austríaca.

Wiener Riesenrad
A roda-gigante mais famosa da Áustria

No entanto, nem tudo são flores na trajetória da Wiener Riesenrad. Construída em 1897 para comemorar os 50 anos do Imperador Francisco José, a roda-gigante já passou por poucas e boas, chegando até mesmo a ser destruída pelo fogo durante a Segunda Guerra Mundial. Sua reconstrução veio dois anos depois, mas das 30 cabines existentes, somente 15 foram refeitas. O restante você encontrará em forma de exposição na entrada da atração.

Caso você tenha um pé atrás com brinquedos desse tipo, fique tranquilo que a Wiener Riesenrad é bastante segura. Inclusive, ela roda tão devagarinho que até eu que estava de ressaca não tive problema algum e até mesmo o Rafael que tem medo de altura achou bem tranquilo. Ou seja, só vai! rs. Infelizmente esse foi o único brinquedo que nós fomos, visto que minha condição não permitia nada muito radical. haha

Riesenrad Prater
Dentro da cabine tem lugar pra sentar numa boa…

Como chegar no Parque Prater, em Viena

Chegar no Parque Prater é a coisa mais tranquila do mundo. Como o transporte público em Viena é excelente e nós tínhamos o Vienna City Card, utilizamos o metrô e chegamos lá rapidinho. Nós pegamos a Linha U1 (vermelha) e descemos na estação Praterstern. Mas também há uma outra opção. Você pode pegar a Linha U2 (roxa) e descer na estação Messi-Prater. Então, veja qual se encontra mais próxima de onde você está hospedado e mete bronca.

DICA DE HOSPEDAGEM EM VIENA:

Nós ficamos hospedados no Hostel Ruthensteiner e adoramos o lugar! Nosso quarto era um estúdio amplo, privado e muito confortável. Além disso, estávamos perto de todos os transportes públicos possíveis. Você pode conferir a nossa experiência aqui no blog. Outros hostels que também são muito bem avaliados são o Wombat’s City Hostel Vienna Naschmarkt, o HousingPlus e o Ch-Hostel. Se você prefere hotéis, confira o Meininger Hotel Wien Downtown Sissi, o Arthotel Ana Adlon Vienna e o Motel One Wien-Staatsoper, todos com um ótimo custo x benefício na cidade. Caso esteja procurando um apartamentoatravés desse link te damos até 179 reais em crédito para a sua primeira reservano Booking também há boas opções disponíveis.

Horário de funcionamento e ingressos

A entrada no Parque Prater (site oficial) é gratuita e ele fica aberto 24 horas por dia, todos os dias da semana. Porém, cada atração tem um horário específico de funcionamento e um valor de ingresso. O funcionamento da Wiener Riesenrad, por exemplo, muda de acordo com o período do ano e você consegue ver tudo detalhado no site oficial da atração. Já o valor para dar uma voltinha na roda-gigante é de 12€ por pessoa, e ainda rola descontinho de 1€ caso você tenha o Vienna City Card. No entanto, em algumas épocas do ano a fila para comprar ingresso pode ser bem grande. Se você não quer correr o risco, o ideal é comprar antecipadamente o seu bilhete.

Para ver mais dicas da cidade, confira nosso post com 10 sugestões imperdíveis do que fazer em Viena! =)

ATENÇÃO! O SEGURO VIAGEM É OBRIGATÓRIO PARA QUEM VISITA A ÁUSTRIA!

Como a Áustria é um dos países que fazem parte do Tratado Schengen (explicamos mais no post Seguro Viagem Europa), é obrigatório que o turista tenha um seguro com apólice de no mínimo 30 mil euros para entrar no país. Além das condições legais, viajar com um seguro te deixará muito mais tranquilo, já que você terá assistência médica e até mesmo no extravio de uma bagagem, por exemplo. Para comprar o seu recomendamos a Seguros Promo ou então a Real Seguros. Ambas são muito confiáveis, possuem ótimas tarifas, é possível parcelar no cartão de crédito e todos os nossos leitores têm descontos especiais. Sempre compramos com eles e nunca tivemos problemas.

Autor

Carioca de nascimento. Educadora Física de profissão. Viajante de coração. Apaixonada pelas coisas simples da vida e intrigada pelas complexas. Costuma dizer que adora um sol, mas não dispensa os dias nublados.

5 Comments

  1. Verdade, que cidade classuda! E o Prater é bem legal, mesmo. Tive a sorte de estar lá durante a Oktoberfest, os galpões de cerveja e barracas de alimentos são montados ao lado do parque, fica a dica pra quem puder ir no final de setembro.

  2. Ruthia Portelinha Responder

    Estivemos aí no Verão mas só andamos na roda gigante. Achei a viagem bem curtinha, por sinal, podia dar mais uma volta 🙂 Rende umas fotos engraçadas, também

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.