Atualizado em 28 de março de 2021

Dentro da maior floresta urbana do país, a Cachoeira de Vargem Grande é um dos refrescos da Zona Oeste do Rio. Com acesso fácil e cercada pela Mata Atlântica, seus poços e quedas são pequenos encantos em meio a uma trilha relativamente fácil e segura.

Cachoeira de Vargem Grande
Uma parte da Cachoeira de Vargem Grande

Onde fica e como chegar na Cachoeira de Vargem Grande

A Cachoeira de Vargem Grande fica dentro do Parque Estadual da Pedra Branca, no acesso que existe no bairro de Vargem Grande.

É bem fácil chegar de carro e o caminho mais comum é pela Estrada dos Bandeirantes, seguida da Estrada do Pacuí e depois a Estrada do Mucuíba. Se você jogar no GPS visualizará direitinho essa rota que eu falei.

Parque Estadual da Pedra Branca
Parque Estadual da Pedra Branca

Após passar a Estrada do Mucuíba você pegará uma ruazinha de barro, com muitos buracos, mas nada absurdo. Acredite, nós fomos com nosso carrinho 1.0 e não tivemos problema algum.

Há uma área onde você pode estacionar um pouco antes da cancela do parque. Porém, nem sempre é possível ir com o carro até lá. Como nós chegamos bem cedo, antes das 8 da manhã, conseguimos parar bem pertinho da entrada. Mas recebemos a informação de que às vezes travam o trânsito logo no final da Estrada do Mucuíba, onde há o limite do parque estadual. Nesse caso, você deverá terminar todo o caminho andando mesmo.

Também não há ônibus até a Cachoeira de Vargem Grande, assim como táxi e uber também não são tão presentes. Por outro lado, o serviço de moto táxi é bastante comum e há um ponto no início da Estrada do Pacuí. Ou seja, se você pretende ir de ônibus, combinar os dois pode ser uma opção.

Muita gente também faz esse trajeto de bike, mas como você não pode entrar com elas no parque, deverá deixá-las na entrada.

Trilha da Cachoeira de Vargem Grande

A trilha da Cachoeira de Vargem Grande é considerada bem tranquila. E apesar de algumas partes possuírem mais subidas e pedras, ela não oferece muitas dificuldades. Mas antes de falar da trilha em si, vou explicar melhor sobre a cachoeira.

Ao todo, são quatro poços para banho, sendo que em três deles há pequenas quedas d’água bem refrescantes. A distância entre os poços não é muito grande, de forma que mantendo um bom ritmo você levará cerca de 20 minutos entre eles. Agora, vamos para a trilha?

Cachoeira Vargem Grande

Assim que você entrar no parque deverá percorrer um caminho ainda pavimentado. É uma pequena subida, mas muito tranquila de ser feita. Você chegará em um ponto onde pode pegar um atalho à direita, por uma trilha em meio a mata que te fará cortar um pedaço do caminho, ou pode continuar reto até o início oficial da trilha da Cachoeira de Vargem Grande.

Nós escolhemos a primeira opção e se por acaso você quiser fazer o mesmo, preste bastante atenção nessa foto abaixo. É nesse ponto que você deverá virar à direita. Repare que há uma árvore e um poste, um ao lado do outro.

Parque Estadual da Pedra Branca
Onde você deve entrar para cortar caminho

No entanto, se você decidir pelo caminho original, deverá entrar à direita antes desse pequeno pocinho da foto abaixo. Aliás, muitas famílias com crianças ficam nessa área mesmo, mas como ela é bem pequena, nós recomendamos que você vá pelo menos até o primeiro poço oficial.

A entrada oficial fica antes desse pocinho

A Cachoeira de Vargem Grande

O primeiro poço costuma ser o mais cheio, justamente porque o caminho até ele é bem mais fácil. A minha sugestão é que você deixe para parar aqui na volta.

Cachoeira de Vargem Grande
Primeiro poço

Continue pela trilha até o segundo poço, que já conta com uma boa queda d’água e uma grande área com pedras para você ficar à toa. Pelo caminho você passará por um riacho, portanto, leve um chinelo. Para chegar até a terceira cachoeira você deverá atravessar essa segunda e pegar uma trilha subindo.

O terceiro poço, que também conta com uma ducha maravilhosa e uma mini caverna atrás dela, é famoso por ter uma pedra de onde as pessoas pulam. Se você quiser pular também, preste atenção na profundidade do local que não é grande.

A quarta e última cachoeira é ainda um tanto quanto desconhecida. Aliás, há pouquíssimos relatos dela na internet porque as pessoas simplesmente não vão até lá. A trilha até ela é meio chatinha, mas nada assustador. Para chegar até o seu poço e a sua queda você deverá descer (e depois subir) grandes pedras. Mas, acredite, te dará mais receio lendo isso aqui do que vendo ao vivo.

Para nós, essa é a queda mais bonita da Cachoeira de Vargem Grande e ainda demos sorte de pegá-la assim, só pra gente!

Cachoeira de Vargem Grande
A queda d’água mais bonita da Cachoeira de Vargem Grande

Quilombo Astrogilda

Uma das coisas mais interessantes sobre a Cachoeira de Vargem Grande é que ela fica dentro da Comunidade Quilombola Cafundá Astrogilda, que existe há mais de 200 anos.

Após visitar a cachoeira você pode aproveitar para conhecer o Museu do Quilombo, o Bar da Nilza ou o Bar e Restaurante To na Boa, ainda dentro da comunidade, mas já quase fora do limite do Parque Estadual da Pedra Branca.

Bar e Restaurante To na Boa em Vargem Grande
Bar e Restaurante To na Boa

Nós conhecemos o To na Boa e adoramos! O ambiente é simples, integrado à natureza, e o pastel é um dos melhores que nós já comemos na vida!

Dicas importantes:

  • Não há qualquer tipo de sinal de celular na Cachoeira de Vargem Grande.
  • Não é permitido entrar com animais domésticos, churrasqueira, bicicletas e garrafas de vidro.
  • Embora haja uma estrada pavimentada logo após a entrada do parque, o acesso de automóveis é permitido somente para moradores do quilombo ou funcionários do local.
  • Não há cobrança de entrada no Parque Estadual da Pedra Branca.
  • Leve repelente. Nós não levamos e estamos com marcas até hoje.

Passeios nos arredores

Você pode aproveitar a sua ida à Cachoeira de Vargem Grande para conhecer outros lugares da Zona Oeste do Rio. O bairro do Recreio dos Bandeirantes fica bem pertinho e oferece belas praias, trilhas, parques naturais e restaurantes de qualidade.

SIGA AS NOSSAS REDES SOCIAIS E NOS ACOMPANHE EM TEMPO REAL =)
– Instagram: @cariocasemfronteiras
– Facebook: /cariocasemfronteiras

♦PLANEJE A SUA VIAGEM♦

Author

Carioca de nascimento. Educadora Física de profissão. Viajante de coração. Apaixonada pelas coisas simples da vida e intrigada pelas complexas. Costuma dizer que adora um sol, mas não dispensa os dias nublados.

5 Comments

  1. Estou completamente encantada com a Cachoeira de Vargem Grande, que lugar mais lindo. Obrigada pelo post super completo, vai ajudar muito.

  2. Roberto Caravieri Reply

    Eu adoro saber desses lugares do Rio de Janeiro, pois quando pensamos, só lembramos da cidade em si. Eu amo uma cachoeira. Quero muito esse pastel!

  3. Cintia Grininger Reply

    O Rio sempre surpreendendo! Quantos lugares lindos essa cidade tem que nunca ouvimos falar…. E adorei os detalhes do post, do jeito que gosto, especialmente quando se trata de trilhas.

  4. A Cachoeira Vargem Grande parece um ótimo passeio para fazer em um fim de semana de verão no Rio, né? Foi pra minha lista! hahaha Fiquei tentada por esse pastel de camarão… Parece delicioso!

Escreva um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.