Atualizado em

Atualizado em Janeiro/2019 — Quem acompanha o blog já sabe que temos um post com 6 dicas para não cair em furada por lá. A partir disso, muita gente entendeu que não havia nada de bom na cidade. Mas, calma, gente! Não é assim! rs… Apesar da cidade não ter nos arrebatado o coração inicialmente, nós vimos coisas bem legais por lá. E é exatamente por isso vamos compartilhar com vocês o que fazer em Montevidéu. Mas já de antemão eu adianto: um dia vamos voltar com mais calma, em uma outra vibe, e tentar ver um lado diferente da capital uruguaia.

O que fazer em Montevidéu
O que fazer em Montevidéu? Pagar de modelo na orla de Pocitos

O que fazer em Montevidéu


1 – Comer uma boa parrilla Uruguaia

Dizem que peixe morre pela boca e embora não sejamos dessa espécie, nós também não ficamos para trás! Começamos nossa lista logo pelo item que mais mexe com nossos corações: a comida.

Parrilla uruguaia
Parrilla uruguaia

A gastronomia é algo bem forte no Uruguai. Por isso, existem inúmeros restaurantes maravilhosos para você escolher com folga. Dentre os itens mais famosos da culinária uruguaia se destacam as famosas parrillas, por exemplo. Acredito que ir em Montevidéu e não comer uma bela carne é como ir ao Rio de Janeiro e não pisar na praia! haha. Claro, a não ser que você seja vegetariano ou então não goste de carne vermelha.

Se você pretende estender a sua viagem até Punta del Este, saiba que o balneário uruguaio não é um dos lugares mais baratos para comer. Aliás, Montevidéu também não é, mas dá pra se virar.  Como estivemos em Punta na alta temporada, ou seja, em pleno carnaval e consequentemente durante o verão, os preços estavam mais caros ainda. Como bons viajantes econômicos que somos, conseguimos achar alguns lugares interessantes e não tão caros para refeições mais completas e também para lanches mais simples. Você pode conferir todos eles em nosso post Verão em Punta del Este: dicas do que fazer e onde comer barato na cidade.

 

2 – Conhecer o Mercado del Puerto

Embora algumas pessoas digam que esse passeio não vale a pena, eu discordo. Eu adoro conhecer mercados municipais, andar pelos corredores e escolher algum restaurante para almoçar. Sei lá, acho que os mercados têm muito da cultura local. Tá, eu sei que isso pode até soar meio turistão, mas quem não é assim de vez em quando? rs. Além do mais, existem muitos mercados pelo mundo que saem completamente da linha tradicional e por isso mesmo são tão interessantes. Apesar desse não ser o caso do Mercado del Puerto, ainda assim eu acho que essa é uma das melhores dicas do que fazer em Montevidéu.

Mercado del Puerto
Entrada do Mercado del Puerto (tá desfocada, né? eu sei. Era a fumaça haha)

O mercado é cheio de restaurantes e lojinhas que vendem desde souvernis até produtos locais. Claro, como em qualquer lugar turístico, os preços são um pouco mais elevados. Mas mesmo assim é um local que merece a sua visita.

El Palenque
El Palenque no Mercado del Puerto, um dos restaurantes mais indicados para comer parrilla

Na maioria dos restaurantes você tem a opção de pedir uma mesa no salão ou então sentar no balcão. Eu achei o balcão dos restaurantes bem quentes, pois costumam ficar de frente para as churrasqueiras. Então siga a minha dica de procurar um lugar no salão e de preferência no ar condicionado, ainda mais se você estiver na cidade durante os meses mais quentes do ano. Nós aproveitamos e almoçamos por lá, no restaurante El Palenque. Pedimos picanha e entrecôte, e ambos estavam maravilhosos! Super recomendo, apesar do precinho não tão camarada.

El Palenque
Pensem numa carne maravilhosa!!!
-> Dica de hospedagem: em Montevidéu nós ficamos hospedados no bairro de Punta Carretas, que é considerado um dos melhores bairros para se hospedar na cidade. Nossa escolha foi o Hotel Vivaldi, com um ótimo quarto, café da manhã e uma piscina na cobertura que nos salvou do calor no fim da tarde. E ainda por cima, o hotel ficava quase que no bairro de Pocitos, considerado também um ótimo bairro para se hospedar, além de ser perto da praia. Mas também existem ótimas opções no centro histórico com um bom custo x benefício. Caso você queira conferir todas as opções de hotéis disponíveis na cidade, no Booking você tem a opção de cancelamento gratuito, além do fato da sua reserva ser super segura.

3- Caminhar pela Rambla de Montevidéu

Uma das coisas que mais curtimos em Montevidéu foi a rambla da cidade. A avenida à beira-rio possui mais de 20 km e um calçadão ótimo para fazer caminhadas ou para alugar uma bike.

Ramblas Montevidéu
Uma delícia caminhar por aqui!
Praia de Pocitos
Praia de Pocitos, voltaremos para uma segunda vez!

Dizem que o pôr do sol na rambla do rio da Prata também é lindo, mas infelizmente nós não assistimos. Apenas andamos um pouco do famoso letreiro escrito “Montevideo” até um pequeno Parador, onde aproveitamos para sentar e nos refrescar do calor que estava fazendo em fevereiro. Com certeza rolou aquela cervejinha gelada para matar a sede!

-> Veja também:

– Pôr do sol na Casapueblo: vale a pena assistir?

– Roteiro em Buenos Aires: a pé pelo Centro com esticada até Puerto Madero
Praia de Pocitos
Praia logo em frente ao Parador onde estávamos

4 – Praça Independência

Essa é a praça mais importante de Montevidéu e fica bem no limite entre a “ciudad vieja”(cidade velha) e o centro da cidade. É na Praça Independência que se encontra o monumento e o mausoléu do General José Artigas, o herói nacional conhecido pelos uruguaios como o Pai da Pátria. Embora o mausoléu não seja muito grande, acho que vale a pena a visita. Existem vários quadros e painéis contando um pouco da história uruguaia e para finalizar, visitação ainda é gratuita.

Plaza Independencia
Plaza Independencia

No entorno da praça existem diversos edifícios antigos e importantes, como o Palácio Salvo que um dia já foi o prédio mais alto da América do Sul. Já li na internet que é possível visitá-lo por dentro, mas nós optamos por não fazer esse tour.

Palácio Salvo
Palácio Salvo ao fundo
Como tínhamos poucos dias para conhecer o Uruguai, optamos por alugar um carro para termos mais flexibilidade e ganharmos tempo nos deslocamento. Rodamos por Montevidéu e Punta del Este e conhecemos bastante coisa legal das duas cidades. Apesar de termos ficado pouco tempo, conseguimos fazer quase tudo que queríamos. Nós reservamos nosso carro através da RentCars. Como sempre, deu tudo certo! O bom da RentCars é que além deles compararem os preços das melhores locadores de carro do mercado, todo o valor é gerado em reais e sem IOF. E ainda por cima, na maioria das vezes há a opção de parcelamento no cartão de crédito.

5 – Ciudad Vieja

A Ciudad Vieja (Cidade Velha) é o bairro mais antigo de Montevidéu e sua porta de entrada é a Puerta de La Ciudadela. Ela foi a única coisa que sobrou das antigas fortificações que cercavam a antiga cidade. E apesar das nossas fotos estarem bem vazias, não pensem que esse é o normal do lugar. Dizem que sempre há muitos turistas e locais indo e vindo e costuma ser bem difícil fazer uma selfie por lá. Nós demos sorte pois era Carnaval e a cidade estava bem deserta.

Puerta de La Ciudadela
Puerta de La Ciudadela

Também é na Cidade Velha que se encontram algumas outras construções bem antigas, como a Catedral Metropolitana, por exemplo. Infelizmente ela estava fechada nesse dia e por isso não foi possível conhecê-la por dentro. Outro ponto bem famoso da região é a Calle Sarandi, uma rua de pedestres repleta de lojas e comércio no geral.

Calle Sarandi
Calle Sarandi na Cidade Velha – tudo fechado, que pena!
Apesar de não ser obrigatório para entrar no Uruguai, recomendamos que você não viaje sem o seu seguro saúde. Mesmo que a gente viaje para um país que não o exija, sempre fazemos um seguro pois não sabemos o que pode acontecer. Podemos nos acidentar, comer algo que não nos faça bem, entre tanta outras coisas. Sempre fechamos nossos seguros com a Seguros Promo. Além de comparar todos os seguros disponíveis, eles dão a opção de parcelar em até 12x no cartão. E leitor do Carioca Sem Fronteiras ainda tem desconto utilizando o código CARIOCA5.

6 – Teatro Solis

Inaugurado em 1856, o Teatro Solis é o teatro mais importante da cidade e também é um dos pontos mais visitados de Montevidéu. O local é realmente bem bonito e com uma arquitetura que impressiona. Também é possível fazer uma visita guiada por dentro dele e dizem que realmente vale a pena. Infelizmente ficava completamente fora do nosso roteiro esperar pelo horário da visita, então nos limitamos a conhecer o seu saguão de entrada. Caso vocêtambém não tenha tempo, visitar somente o saguão vale a pena. É lindo! Por isso, se você está procurando o que fazer na cidade, não deixe de incluir esse teatro no seu roteiro. No entanto, se você tem bastante tempo disponível, por que não se programa para assistir um espetáculo por lá? Para maiores informações sobre valores e horários confira aqui no site oficial.

Teatro Solis
Teatro Solis, mais um ponto turístico do centro histórico
Teatro Solis
Saguão de entrada

♦PLANEJE A SUA VIAGEM♦

  • Reserve a sua hospedagem através do Booking e garanta as melhores tarifas. Fique tranquilo porque reservando através do nosso blog você não pagará nenhuma taxa extra. E além disso ainda nos ajuda a mantê-lo no ar, criando cada vez mais conteúdos gratuitos e de qualidade.
  • Alugue o seu carro com até 60% de desconto. Parcele no cartão de crédito sem cobrança de IOF pela RentCars. Além disso, todo o valor é gerado em reais.
  • Ganhe 5% de desconto no seu seguro viagem usando o cupom CARIOCA5 em pagamentos à vista na Seguros Promo. Ou então, parcele em 12 vezes sem juros no cartão de crédito.

Compartilhar
Author

Carioca de nascimento. Educadora Física de profissão. Viajante de coração. Apaixonada pelas coisas simples da vida e intrigada pelas complexas. Costuma dizer que adora um sol, mas não dispensa os dias nublados.

8 Comments

  1. Legal que vocês fizeram um post de contra-ponto, depois daquela polêmica, rs. E olha aí! Tem bastante coisa pra ver em Montevidéu, sem cair em furada!

  2. Que legal Dhebora!
    Me lembro bem da polêmica do outro post – que aliás, eu adorei!
    E esse tá perfeito e cheio de opções bacanas que nos fazem babar por Montevidéu!
    Obs.: esse Palácio Salvo é lindo demais, não?
    Beijos!
    Adorei!!!

  3. Adorei esse post, achei as fotos super lindas, minha mãe foi para Montevideo e não gostou, disse que era feio e tal… não achei isso por esse post, nao!

  4. Ficou excelente o post e essa dupla visão sobre a cidade é sensacional para que os viajantes possam aproveitar o melhor que é oferecido sem suas roubadas! Parabéns!
    PS: essa parrila deu água na boca!

  5. Eu sou completamente apaixonada por Montevidéu! Tudo que você falou aqui assino embaixo, a visita ao teatro é maravilhosa. Tivemos a oportunidade também de assistir a um concerto por lá e foi incrível! O El Palenque é indicadíssimo mesmo, mlehor carne que comemos no Uruguai inteiro! Aiii, já pode voltar pra lá??

  6. Olha você acredita que meu namorado falou muito mal de Montevidéu.. não gostou haha… Mas vendo seu post achei super bacana e interessante. Gostei dos lugares as dicas, me passou outra visão. Parabéns pelo post bjss

Write A Comment