Atualizado em

Um dos passeios mais indicados na Chapada dos Guimarães é o Circuito das Cachoeiras. Repleto de paisagens fantásticas, mirantes de tirar o fôlego e cachoeiras que mesmo geladas te convidam para um banho, a trilha é uma das mais legais do Parque Nacional. Nós fizemos o percurso e vamos contar tudo pra vocês!

Circuito das Cachoeiras Chapada dos Guimarães
Trilha para o Circuito das Cachoeiras

Como é o Circuito das Cachoeiras na Chapada dos Guimarães

O Circuito das Cachoeiras fica dentro do Parque Nacional da Chapada dos Guimarães e o seu percurso possui em torno de 7 km de trilha moderada. Ao todo são 6 cachoeiras lindíssimas, onde em muitos pontos o banho é permitido. A trilha dura o dia inteiro, portanto, reserve um dia inteiro para fazê-la. Infelizmente nós não fizemos todas as 6 cachoeiras por conta do nosso horário. Deixamos uma de fora, mas nada que tirasse o encanto do passeio.

Cachoeira Véu de Noiva Chapada dos Guimarães
Muito amor por essa cachoeira

É importante ressaltar que esse circuito é feito somente com a presença de um guia cadastrado. A única exceção é Cachoeira Véu da Noiva que não faz parte do circuito, cujo seu mirante de fácil acesso e gratuito se encontra logo na entrada do Parque Nacional. O valor desse passeio é a partir de 60 reais por pessoa e o nosso guia mais que recomendado por lá foi o Felipe, da Eco Trilhas Chapada.

Trilha Circuito das Cachoeiras Chapada dos Guimarães
Pedacinho da trilha

1 – Cachoeira Véu de Noiva

Embora essa cachoeira não faça parte do Circuito das Cachoeiras, é uma ótima ideia acrescentá-la ao passeio e foi o que o nosso guia fez. Após estacionarmos o carro na entrada do Parque Nacional, seguimos por uma trilha fácil de mais ou menos uns 15 minutos até o mirante da Cachoeira Véu de Noiva.

Veu de Noiva Chapada dos Guimarães
86 metros de queda d’água

A Véu de Noiva é um dos pontos mais visitados da Chapada dos Guimarães e também é a maior queda d’água da região. São 86 metros de altura em meio aos paredões de arenito. Antigamente era possível o banho em seu poço, mas devido a um desmoronamento ele está proibido desde 2008.

2 – Cachoeira Sonrisal

Logo em seguida fizemos uma pequena parada no Centro de Visitantes para ir ao banheiro e reabastecer as garrafas de água. Além de banheiro e bebedouro, por lá também tem lojinha de souvenir e lanchonete.

Centro de Visitantes Parque Nacional da Chapada dos Guimarães
Lanchonete e loja de souvenir

Seguimos em direção à primeira cachoeira do circuito, de fato. Através de uma trilha tranquila chegamos até a Cachoeira Sonrisal ou Hidromassagem, que leva esse nome pelo fato de ter um banco de pedras embaixo da queda d’água, onde você pode sentar e “receber uma massagem”.

Cachoeira Sonrisalna Chapada dos Veadeiros
Vista de uma perda na Cachoeira do Sonrisal

3 – Cachoeira do Pulo

Um pouco mais à frente, a próxima parada foi na Cachoeira do Pulo, que tem esse nome pelo fato de possuir um poço profundo onde é possível pular. Mas não pensem que é algo fácil. Pra ser sincera, achei até bem perigoso e ninguém do nosso grupo pulou.

Cachoeira do Pulo Circuito das Cachoeiras
Essa é a parte onde as pessoal pulam

Para chegar até o poço também não é tão tranquilo. É necessária a ação do guia com o auxílio de uma corda. O Rafael foi até lá, mas eu preferi não me arriscar! (rs)

DICA DE HOSPEDAGEM NA CHAPADA DOS GUIMARÃES

Passamos um fim de semana na Chapada dos Guimarães e ficamos em uma pousada incrível chamada Chateau Camalote. Apesar do valor da diária não ser dos mais econômicos da região, nós achamos que super vale a pena o investimento. Até porque, o lugar é simplesmente maravilho. No entanto, existem outros lugares bem legais e bem em conta. Algumas pousadas com bom custo x benefício são a Pousada Villagio, a Pousada Luz do Jamacá e a Pousada da Gi. Quem curte hostel pode conferir o Di Casa Hostel, o Casa Aldeia e o Hostel Chapada dos Guimarães.

4 -Cachoeira do Degrau

A Cachoeira do Degrau tem esse nome por possuir pedras em formato de degraus, lembrando uma escada. Seu poço é relativamente grande, dá até pra nadar um pouquinho e até mesmo pular em alguns pontos. No canto esquerdo tem uma formação de pedras onde a água cai e fica parecendo uma banheira de água natural. Uma delícia!

5 – Cachoeira da Prainha

O seu nome não é à toa. Assim que você chegará verá que realmente lembra uma prainha. Com um poço bem grande, uma boa faixa de areia e bastante sombra, a Cachoeira da Prainha costuma ser a preferida por aqueles que querem passar o dia. Havia bastante gente por lá e de todas as que visitamos era a que estava mais cheia.

 

6 – Piscina Natural

Seguimos a trilha em direção à Piscina Natural e ao momento pulo ou não pulo?. As águas entre as pedras criaram uma piscina natural onde é possível descer pela trilha e tomar banho ou então pular lá alto mesmo. Eu fiquei no “pulo ou não pulo” e não pulei. Mas o Rafael foi infinitamente mais corajoso e pulou! rs

Piscina Natural No Circuito das Cachoeiras
Parece baixo, mas não é. A galera pula dessa pedra na parte de baixo da foto.

7 – Cachoeira das Andorinhas, a mais bonita do Circuito das Cachoeiras!

Essa é última parada da trilha e no meu ponto de vista, o grand finale. A Cachoeira das Andorinhas é a mais bonita do circuito e impressiona com seus quase 30 metros de queda d’água. A vontade que dava era de ficar ali o restante do dia. Simplesmente linda!

Cachoeira das Andorinhas Circuito das Cachoeiras
A mais linda do circuito!!

O guia Felipe nos levou por uma pequena trilha por lá mesmo que leva até um lindo mirante. Na verdade, é o final da cachoeira que se encerra em um paredão. Algo realmente muito bonito que infelizmente não conseguimos demonstrar na foto (já estávamos cansados, nos perdoem rs).

Cachoeira das Andorinhas Chapada dos Guimarães
Brincando com água hahaha

E os mirantes pelo caminho do Circuito das Cachoeiras

Durante toda a trilha do Circuito das Cachoeiras há inúmeros mirantes onde podemos parar e observar as belezas da Chapada dos Guimarães. Alguns têm vista para a mata, enquanto outros têm os paredões da Chapada como plano de fundo, mas são todos impressionantes. Queríamos parar em vários para tirar fotos, mas se fizéssemos isso terminaríamos a trilha só no dia seguinte! rs

VEJA TAMBÉM:
-Veja todas as dicas do que fazer na Chapada dos Guimarães
-Cidade de Pedra, uma das trilhas mais bonitas da Chapada dos Guimarães
-Conheça também a Chapada dos Veadeiros, em Goiás

Dicas para o passeio:

  • Não há como comprar nada durante a trilha. Portanto, leve bastante água e coisas para comer.
  • Leve repelente! Tem bastante mosquito por lá!
  • O sol vai castigar, então, não esqueça do protetor solar!
  • Faça a trilha com um calçado apropriado, mas leve um chinelo. Alguns percursos entre uma cachoeira e outra são bem curtos e não há a necessidade de voltar a calçar a bota de trilha ou tênis.
  • Se o guia falar que não dá pra pular, não insista! Acidentes acontecem por causa disso.
  • Como em qualquer trilha, respeite os limites do seu corpo. Se não estiver confiante, não o faça!
  • Aproveite!

♦PLANEJE A SUA VIAGEM♦

  • Reserve a sua hospedagem através do Booking e garanta as melhores tarifas. Fique tranquilo porque reservando através do nosso blog você não pagará nenhuma taxa extra. E além disso ainda nos ajuda a mantê-lo no ar, criando cada vez mais conteúdos gratuitos e de qualidade.
  • Reserve seus hostels através do Hostelworld e garanta a sua hospedagem nos melhores hostels do mundo.
  • Reserve um apartamento através do AirBnb e ganhe até 179 reais em crédito na sua primeira reserva pelo site.
  • Compre seu seguro viagem com a Real Seguros e tenha os maiores descontos e as melhores formas de pagamento, inclusive parcelando em várias vezes no cartão de crédito
  • Reserve os melhores passeios e experiências com a Get Your Guide e com a Civitatis.
  • Alugue o seu carro com até 60% de desconto. Parcele no cartão e sem cobrança de IOF pela RentCars. Além disso, todo o valor é gerado em reais.
  • Viaje conectado! Compre seu chip de celular Viaje Conectado da Yes Brasil com internet 4G para usar no exterior.
  • Compre seus ingressos antecipados através da Tiqets e evite filas nas atrações mais famosas do mundo.

SIGA AS NOSSAS REDES SOCIAIS E NOS ACOMPANHE EM TEMPO REAL =)
– Instagram: @cariocasemfronteiras
– Facebook: /cariocasemfronteiras

Autor

Carioca de nascimento. Educadora Física de profissão. Viajante de coração. Apaixonada pelas coisas simples da vida e intrigada pelas complexas. Costuma dizer que adora um sol, mas não dispensa os dias nublados.

Comentários

  1. Muito legal esse circuito! Obrigada por explicar tão bem. Nunca fui a Chapada dos Guimarães mas pelas fotos sei o quanto deve ser maravilhoso de perto. Parabéns pelo post! =*

  2. Essa trilha realmente foi fantástica, ainda mais pela galera topíssima que estava lá. Valeu por descrever cada detalhe aqui para nós, fazendo com que relembremos o quão maravilhoso foi este passeio.
    Adoramos conhecer vocês , e esperamos para outras aventuras.

  3. UAU, que fotos incríveis! E essa Cachoeira Veu de Noiva? Genty, que lugar mais sensacional!!!
    E você entrou na cachu de calça e tudo? hahaha adorei! Foi de proposito ou não achou que entraria, e na hora deu vontade? Bjao

  4. Nossa eu sou suspeito para falar por que adoro cachoeiras então seria o passeio perfeito, muito boas as dicas quem sabe a gente não consegue encaixar esse roteiro nas nossas ferias do ano que vem. E a véu da noiva é incrível

  5. Fabiana Diniz Responder

    Amei as dicas e fotos estão top! Como eu e meu marido somos apaixonados por trilhas e cachoeiras, com certeza vamos reservar um tempinho para conhecer esse circuito. Somos loucos para conhecer a Chapada dos Guimarães e esse post vai nos ajudar muito nesse passeio. Obrigada por compartilhar. Abraços.

  6. Caroline Rivera Responder

    Que amor a primeira foto. Adorei a ideia.

    Essa Cachoeira Véu de Noiva é maravilhosa! Que arraso hein. Babando aqui.

    Também não pularia na Cachoeira do Pulo, parece forte e com muita pedra.

    A Cachoeira do Degrau parece boa demais! Super refrescante e boa para recarregar as energias.

    E a Cachoeira da Prainha super tranquila, excelente para relaxar!

    Cachoeira das Andorinhas –> fenomenal! Linda demais.

    Tipo a Janela do Céu em Ibitipoca (meeeeesmo! Pensei a mesma coisa antes de ler).

    Arrasaram no post. Amei.

    Beijokas!

  7. Falam maravilhas sobre a Cachoeira Véu de Noiva, espero em breve poder conhecer. Todas as dicas devidamente anotadas! Obrigada por compartilhar, excelentes fotografias.

  8. Quanto mais eu leio sobre a Chapada, com mais vontade eu fico de ir. Que cachus incríveis!!! Uma benção poder contemplar tudo isso. Beijos!

  9. Que lindo o circuito e a trilha! Fiquei encantada com o post.
    Morro de vontade de fazer passeios assim, mas confesso que agua gelada não é meu forte. Rs

  10. Esse lugar tem uma energia incrível, é surreal!
    As cachoeiras renovam nossas energias e valem cada pedacinho das trilhas.
    Adorei o post, está lindo!
    Abraços!

  11. Demais!! Sou amante das cachoeiras, adorei o post e as dicas. Ainda não conheço a Chapada, ótimas atrações. Obg pelas dicas bjss

  12. Daniela Milagres Responder

    Uau! A vontade é de estar lá, AGORA. A natureza é exuberante, surpreendente e magnifica. Eu que adoro cachoeiras, babei nessas fotos e fiquei morrendo de vontade de conhecer a Chapada. Quando tiver a oportunidade com certeza voltarei nesse post para anotar todas as suas sugestões.

  13. Quero muito conhecer a Chapada dos Guimarães! Seu post foi excelente, me tirou dúvidas e me deixou com mais vontade ainda de conhecer esse lugar lindo!

  14. Após ter conhecido a chapada dos Veadeiros e ter visto as fotos de vocês no Instagram (sigo vocês lá ?), queria muito conhecer. Parece ser incrível !

  15. Pingback: Cidade de Pedra: Chapada dos Guimarães vista do alto. - Blog de Viagem

Deixe um comentário