Parque Nacional da Terra do Fogo

Parque Nacional da Terra do Fogo durante o inverno

–Post atualizado em Setembro/2018–
Considerado o mais austral do continente sul-americano, o Parque Nacional da Terra do Fogo foi criado em 1960 e fica a mais ou menos a 12km de Ushuaia. Com mais de 68 mil hectares, o parque também ocupa 6 km do Canal de Beagle e possui inúmeras trilhas e percursos que deixariam qualquer um boquiaberto. Parte desse território faz fronteira com o Chile, o que significa que algumas montanhas que você verá no horizonte são chilenas.

Parque Nacional da Terra do Fogo

Como chegar ao Parque Nacional da Terra do Fogo

Para chegar ao Parque Nacional da Terra do Fogo é necessário seguir pela Ruta Nacional n° 3. As opções são alugar um carro e ir por conta própria, contratar um transfer em Ushuaia ou então contratar algum passeio/excursão.

Caso você alugue um carro, é importante lembrar que no período de inverno é obrigatório o uso de correntes nas rodas. Se escolher uma das inúmeras opções de transfers um dos mais indicados é o Don Alejo. Eles têm página no Facebook e nós usamos o serviço deles para ir até o Centro Invernal Tierra Mayor andar de moto de neve.  Porém, para chegar ao parque nós optamos por contratar um passeio. E como já falei em outros posts, a empresa escolhida e recomendada foi a Brasileiros em Ushuaia.

Nós realizamos os passeios através da Brasileiros em Ushuaia e não tivemos nenhum problema, super indicamos a empresa como uma boa opção em Ushuaia. É possível reservar seu passeio com antecedência, pagar com o cartão de crédito e parcelar em 12x, ainda por cima!

Há uma quarta opção – mais turística – de se chegar até lá. É possível chegar até a entrada do parque através do Trem do Fim do Mundo. Esse era o trem que levava os presos de Ushuaia para trabalhar nos bosques. Nós deixamos passar essa porque não nos interessamos muito com o que lemos na internet antes da viagem. Porém, no nosso grupo, algumas pessoas ficaram na estação do trem para realizar o passeio enquanto nós seguimos com a van. E todos se reencontraram novamente na Estação do Parque Nacional da Terra do Fogo para percorrer os pontos do parque. Para maiores informações entre no site oficial deles.

Só pra registrar mesmo…

O Parque Nacional da Terra do Fogo durante o inverno

Sim! Há atividade durante todo o período de inverno. O cenário muda completamente e você verá neve na maior parte do parque. Alguns circuitos estarão fechados, assim como o correio do fim do mundo. Mas sinceramente? Se você não estiver querendo conhecer o parque justamente por causa dos trekkings não fará diferença alguma. Há circuitos lindíssimos abertos durante esse período e eu não vejo sentido para deixar esse passeio de fora. Enfim, visite-o!

Entrada para um dos circuitos
Veja também: Ushuaia no inverno, onde curtir a neve na cidade

Nosso passeio começou pela manhã e a primeira parada foi na Estação do Trem de Fim do Mundo. Como não fizemos a viagem de trem, ficamos por li um tempo esperando a galera que iria embarcar. Infelizmente não teve solzão nesse dia, mas ainda assim aproveitamos para tirar umas fotos, até porque, a paisagem era incrível de qualquer forma.

Se liguem no visu em frente a Estação do Fim do Mundo
Dica de hospedagem em Ushuaia: ficamos hospedados na Posada del Fin del Mundo e adoramos! Além de não ficar muito longe da Av. San Martin, principal rua da cidade (papo de 15 à 20 min a pé), ela é confortável, com um ótimo café da manhã e ainda oferecia chás, bolos e cafés durante todo o dia. Apesar de Ushuaia ser uma cidade cara no geral, a pousada não pratica preços exorbitantes, ainda mais em relação a outras no mesmo estilo. Para quem quer algo ainda mais econômico, Ushuaia possui bons hostels como o La Posta e o Antarctica Hostel. Por outro lado, se você procura algo mais sofisticado, recomendo que dê uma olhada no Arakur Ushuaia Resort & Spa e Los Cauquenes Resort+Spa+Experiences… são incríveis! Para ver mais opções hospedagens em Ushuaia, confira as opções disponíveis no Booking, pois eles oferecem os melhores estabelecimentos, as melhores tarifas e ainda há a opções de pagar somente quando você chega no local.
O amanhecer estava lindo mesmo nublado
Apaixonante

Seguimos viagem com a van até a Estação do Parque Nacional. Gente, eu nunca tinha visto tanta neve na minha vida! haha… Enquanto esperávamos a galera chegar fomos nos embrenhando pelos caminhos e avistamos algo que deveria ser uma rua. O acesso estava fechado por conta da quantidade de neve, mas não nos seguramos e andamos por aquele caminho todo. Simplesmente lindo!

A ferrovia, o trem e o que era pra ser uma rua
Reparem nas placas de trânsito da rua rs
-> Apesar de não ser obrigatório para viajar para a Argentina, super recomendamos que você contrate um Seguro Viagem nas suas viagens internacionais, ainda mais se você pretende fazer algum tipo de atividade de ecoturismo ou então esportes de aventura. Nós sempre contratamos o nosso seguros através da Seguros Promo. Para quem não conhece a empresa, eles comparam os melhores seguros do mercado e disponibilizam as melhores opções, preços e premoções vigentes. Caso você queria fazer uma cotação, utilize o cupom de desconto CARIOCA5 e garanta 5% de desconto em todos os seguros oferecidos. Você pode cotar por aqui mesmo se quiser.

A Bahia Lapataia

O passeio seguiu até a Bahia Lapataia e de lá pegamos uma pequena trilha até o mirante. O legal dessa parte é que ela é toda acessível à cadeirantes. Claro, estamos considerando o fato de não estar tudo coberto de neve. Mas ainda assim é um avanço!

Circuito para o mirante

A vista do mirante é linda e rola de ter uns habitantes locais posando para a foto!

Olha aí um habitante local posando pra foto rs

Centro Alakush

Passamos por uma castoreira, mas nessa hora estava chuviscando e resolvemos nem descer. Então seguimos o passeio até o Centro de Visitantes Alakush.

Centro de Visitantes Alakush (Foto: www.centroalakush.com.ar)

O local possui lanchonete, restaurantes, banheiros e loja de souvenir. Há também exposições contando a história das antigas tribos da região e explicando sobre a fauna e flora local. Mas o melhor de tudo é o mirante que tem por lá! Sério, gente! A vista para o Parque Nacional da Terra do Fogo é sensacional!

Vista do mirante do centro de visitantes

Lago Roca

No entanto, o melhor ainda estava por vir. A última parada do passeio foi no lugar mais bonito do Parque Nacional da Terra do Fogo: O Lago Roca! Quando nossa van parou por lá e eu avistei aquele lugar fiquei alguns minutos perplexa com tamanha beleza mesmo em um dia cinza.

Pés felizes!
Espelho…

O Lago Roca, também conhecido como Acigami, é um lago de origem glacial e suas águas são divididas entre a Argentina e o Chile. As montanhas o fundo que você verá nas fotos abaixo já estão em território chileno. Apesar de parecerem estar próximas, a distância até elas é grande.

Que lugar!!

Ficamos por ali um bom tempo apreciando aquele local fantástico! Era incrível como céu e a água se mesclavam de forma perfeita. Sinceramente? Esse foi o ponto mais alto do passeio!

Um beijinho do ponto alto no passeio!

♦PLANEJE A SUA VIAGEM♦

  • Reserve a sua hospedagem através do Booking e garanta as melhores tarifas. Fique tranquilo porque reservando através do nosso blog você não pagará nenhuma taxa extra. E além disso ainda nos ajuda a mantê-lo no ar, criando cada vez mais conteúdos gratuitos e de qualidade.
  • Alugue o seu carro com até 60% de desconto. Parcele no cartão de crédito sem cobrança de IOF pela RentCars. Além disso, todo o valor é gerado em reais.
  • Ganhe 5% de desconto no seu seguro viagem usando o cupom CARIOCA5 em pagamentos à vista na Seguros Promo. Ou então, parcele em 12 vezes sem juros no cartão de crédito.

Compartilhar

Dhebora Sancho

Carioca de nascimento. Educadora Física de profissão. Viajante de coração. Apaixonada pelas coisas simples da vida e intrigada pelas complexas. Costuma dizer que adora um sol, mas não dispensa os dias nublados.

22 thoughts to “Parque Nacional da Terra do Fogo durante o inverno”

  1. Ushuaia é o meu maior sonho de viagem e quero fazer de carro!
    Nunca havia lindo um post com tantos detalhes, na verdade só conheço o Ushuaia através do meu esposo que fez essa viagem há dez anos atrás e fico fascinada com as histórias e fotos dele (ele foi de troller).
    E agora estou fascinada pelas fotos e pelos relatos de vocês!
    Bela viagem! Parabéns!
    Abraços.

  2. Amei. Esse lugar deve ser sensacional. As fotos estão lindas. E esse Lago Roca? Maravilhoso um lago e montanhas com neve… apaixonante, deve ter rolado “chuva de fotos”. beijao

  3. Que sonho de viagem! Esse lugar é realmente incrível. Amei as fotos gente. O post ficou super completo e muito explicativo. Obrigada pelas dicas! =)

  4. Que passeio e cenário incrível! Amo Parques Nacionais e com seu post dá pra ter uma ideia de como é esse parque que com certeza está na minha lista de desejos de lugares para conhecer. Ótimo relato!

  5. Gente, que post mais incrivel!!! Esse é um dos lugares que sonho conhecer… Com certeza esqueceria do tempo admirando esse lago, com essas montanhas. Um sonho! Adorei as dicas e as lindas fotos. Seu blog está na lista dos meus preferidos. Bjos

  6. Fui para Ushuaia em 2015 com meu noivo e fizemos o passeio para o parque de trem com essa agência, que sempre recomendamos, o atendimento deles foi excelente!
    Nós não fomos no inverno, então a paisagem do parque estava bem diferente das suas fotos! Só tenho uma coisa a dizer: Ushuaia é linda em qualquer estação, eu me apaixonei por lá e voltaria outra vez no inverno com certeza!

  7. A vocês sempre mandando bem nas dicas, já ouvi falar bastante de Ushuaia. Esse é o tipo de roteiro que nos agrada muito, se der para acampar melhor ainda, hahahah brincadeira na NEVE deve ser tenso demais. Vamos ver se a gente se planeja para conhecer também. Um grande Abraco.

  8. O Fim do mundo é um sonho antigo. Lembro que quando eu era pequena, passava uma reportagem chamada “Ushuaia Nature” e alem de ter mostrado Ushuaia, ele captava imagens incríveis da nossa natureza. Na época, lembro ter sonhado em conhecer esse fim do mundo. Hoje, temos as condições para ir ; so falta o tempo. Quanto tempo ficaram la ? Qual época acham mais legal ? Sera que tem urso ?

  9. Uauuu, que lindo. Deu até um friozinho bom!
    Estou babando nas fotos, esse amanhecer é mesmo sensacional!
    Adrei o post, belíssimo destino. Que sonho esse Lago Roca.
    E muito obrigada pelas dicas.
    Beijos

  10. Esse parque é sensacional (aliás, como toda a região da Patagônia). Quando fomos, o visual estava um “pouquinho” diferente do relato e das fotos de vocês, pois fomos no verão. Legal demais poder ver essa diferença.

    Parabéns pelo post e valeu pelas dicas (espero poder voltar lá mais vezes).

  11. Essas paisagens são de uma beleza ímpar. Apesar de não curtir muito frio, esse é um destino que quero muuuuuito conhecer. A natureza é maravilhosa! Adorei o post.

  12. Olá estou adorando suas dicas. Gostaria de saber em qual mês vocês foram e que tipo de calçado você usou nos passeios? Obrigado e parabéns!

    1. Olá, Jacqueline! Que bom que está curtindo! Nós fomos no mês de setembro, pegamos bastante inverno ainda. Usamos botas de trekking o tempo inteiro. A minha é uma da marca Quechua e comprei na loja Decathlon. Em breve vamos lançar um post específico falando sobre como se vestir por lá. Quando você vai?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *